ASSINE

As últimas notícias sobre coronavírus no ES, no Brasil e no mundo

A doença foi declarada como uma pandemia pela OMS no dia 11 de março. A taxa de letalidade — que compara os casos já confirmados no Brasil com a incidência de mortes — é de 5,3%

Publicado em 15/03/2020 às 12h39
Atualizado em 01/07/2020 às 14h43

17:00

Coronavírus: ES registra 1.692 mortes e passa de 48 mil casos

O Estado atingiu a marca de 48.821 casos e 1.692 mortes por Covid-19 na tarde desta quarta-feira (01). De acordo com as informações do Painel Covid-19, da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), a doença provocada pelo novo coronavírus foi responsável por 45 óbitos e por infectar 1.928 pessoas só nas últimas 24 horas.


16:19

Vitória anuncia o uso de cloroquina e ivermectina

A informação foi formalizada no Diário Oficial da cidade nesta quarta-feira (1). Além da Capital, Aracruz, Cariacica e Itapemirim também fazem o uso dos remédios. Nova Venécia e Colatina também anunciaram na última semana que vão incluir a cloroquina para tratamento da Covid-19. De acordo com a Prefeitura Municipal de Vitória (PMV), a atual gestão está acompanhando a evolução da pandemia pelo Brasil e mundo. 

Cloroquina é um dos medicamentos que estará em kit da Prefeitura de Itapemirim
Cloroquina é um dos medicamentos que estará em kit da Prefeitura de Itapemirim. Crédito: freestocks.org/ Pexels

15:25

EUA compra quase todo estoque mundial de remdesivir em combate à Covid-19

O remédio é apontado por pesquisas recentes como eficaz no tratamento do novo coronavírus. O anúncio foi feito pelo Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS, na sigla em inglês) na última segunda-feira (29). De acordo com o HHS, a administração de Donald Trump fechou um "acordo incrível" com o laboratório Gilead, por 500 mil ciclos do medicamento nos próximos 3 meses. A compra é equivalente a 100% da produção projetada pelo laboratório para julho e 90% do total a ser produzido em agosto e setembro.


14:50

Brasil deve adotar estratégia abrangente contra Covid-19, diz OMS

Diretor executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michael Ryan afirmou nesta quarta-feira que a pandemia da covid-19 é atualmente "um desafio complexo para o Brasil". Questionado durante entrevista coletiva sobre o quadro no País, ele comentou que o Brasil é "grande e diverso", o que dificulta essa tarefa. De qualquer modo, a OMS insistiu nesta quarta na necessidade de que todos adotem uma estratégia abrangente, com as várias medidas já sabidas de sucesso no combate ao problema.


14:23

Número de mortos pelo novo coronavírus no Brasil passa de 60 mil

O Brasil ultrapassou nesta quarta-feira (1º) a marca de 60 mil mortos pela Covid-19. São 60.194 vítimas da doença e 1.426.913 casos confirmados até as 13h, segundo levantamento do consórcio de veículos formado por Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo, G1 e UOL. Dois estados, Rio e São Paulo, já contam mais de 10 mil óbitos cada um. Com mais de 100 mil doentes são quatro: Pará e Ceará, além dos dois do Sudeste.


13:40

Maioria quer Enem em maio de 2021, mas MEC vai consultar faculdades

Metade dos inscritos no Enem que participou de enquete sobre a data para realização do exame prefere fazer as provas em maio do ano que vem. Apesar do resultado, o MEC (Ministério da Educação) ainda vai consultar entidades, universidades e secretarias para a definição oficial. A enquete fora anunciada pelo ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, que resistia a adiar o Enem apesar de pedidos de secretários de Educação, estudantes e especialistas. A interrupção de aulas por causa da pandemia motivou pressão pelo adiamento da prova, prevista inicialmente para novembro.


13:11

Sargento da Política Militar morre vítima do novo coronavírus

A Polícia Militar do Espírito Santo confirmou o falecimento do sargento Adilson Pereira de Souza ocorrido na madrugada desta quarta-feira (1º) após o agravamento do estado de saúde devido à contaminação pela Covid-19. O militar ingressou na corporação no dia 5 de julho de 1989, e estava prestes a completar 31 anos de serviços prestados na PM. Adilson estava lotado no Hospital da Polícia Militar, onde chegou a ficar internado inicialmente com sintomas do coronavírus, mas após piora do quadro clínico foi transferido para o Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves, na Serra.

Adilson de Souza, sargento da Polícia Militar e vítima do novo coronavírus
Adilson de Souza, sargento da Polícia Militar e vítima do novo coronavírus. Crédito: Arquivo pessoal

12:06

Passaporte Coronavírus: saiba como vai funcionar em caso de lockdown no ES

O sistema que vai emitir o chamado Passaporte Coronavírus, que vai permitir a circulação de pessoas em atividades essenciais em caso de lockdown – bloqueio total –, já está finalizado. Em entrevista nesta quarta-feira (1º) à jornalista Fernanda Queiroz, na rádio CBN Vitória, o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, detalhou como funcionará o passaporte no Espírito Santo. O secretário informou que o Passaporte Coronavírus foi criado quando o Estado registrou o período mais crítico de ocupação de leitos da UTI, na segunda quinzena de maio e na primeira semana de junho, quando oscilou entre 86% e 88%. No entanto, o serviço está pronto caso a situação volte a se agrava.


11:50

Aulas presenciais no ES ficam suspensas até o dia 31 de julho

O governo do Estado decidiu manter a suspensão das aulas presenciais até o dia 31 de julho. A medida foi publicada na edição desta quarta-feira (1º) no Diário Oficial do Espírito Santo. De acordo com o documento, o objetivo é contribuir com o isolamento social, evitar aglomerações e conter o avanço do novo coronavírus (Covid-19).  As atividades presenciais na rede pública estão suspensas desde o dia 17 de março. Em abril, a Secretaria de Estado da Educação (Sedu) implantou o Programa Escolar, pelo qual estudantes têm aulas remotas. A partir desta quarta-feira, a frequência às atividades remotas passará a ser contabilizada. 


10:02

Brasil restringe entrada de estrangeiros de qualquer nacionalidade por 30 dias

O governo restringiu, pelos próximos trinta dias, a entrada de estrangeiros de qualquer nacionalidade por qualquer via no Brasil. O anúncio foi feito em edição extra do Diário Oficial da União e dá continuidade a medidas restritivas que passaram a vigorar no fim de março. De acordo com o texto, o governo tomou a decisão com base em recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). As medidas poderão ser prorrogadas, conforme orientação do órgão. As restrições se devem à pandemia de Covid-19, que já matou quase 60 mil pessoas no país.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.