ASSINE

Prefeitura ordena fechamento total do comércio em cidade no Norte do ES

Com uma morte e pelo menos 10 casos confirmados do novo coronavírus (segundo a prefeitura), a administração ordenou que até mesmo setores essenciais como supermercados, farmácias e padarias permaneçam fechados pelos próximos seis dias

Publicado em 15/05/2020 às 13h07
O prefeito de Ecoporanga, Elias Dal'Col, ao centro, comunicou em vídeo o fechamento completo do comércio na cidade
O prefeito de Ecoporanga, Elias Dal'Col, ao centro, comunicou em vídeo o fechamento completo do comércio na cidade. Crédito: Divulgação/Prefeitura de Ecoporanga

A Prefeitura de Ecoporanga, município localizado no Norte do Espírito Santo, endureceu as medidas de isolamento social e ordenou o fechamento completo do comércio na cidade já a partir desta sexta-feira (15), incluindo setores essenciais como supermercados, farmácias e padarias, pelos próximos seis dias.

O anúncio foi feito pelo prefeito Elias Dal'Col na noite desta quinta-feira (14), na companhia dos secretários de finanças e saúde da cidade de pouco mais de 20 mil habitantes (segundo o IBGE). 

No vídeo divulgado nas redes sociais da prefeitura, o prefeito e a equipe municipal explicaram a necessidade do endurecimento na circulação de pessoas pela cidade por conta do cenário do novo coronavírus na cidade. Pela contabilidade municipal, Ecoporanga contabiliza 36 casos notificados, com 10 confirmações e uma morte. Pelo painel da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), são 7 confirmações no município, de acordo com a última atualização.

"É angustiante a medida que venho dar a vocês, mas precisamos que toda a população de Ecoporanga nos ajude a combater esse vírus maldito que está assolando o Brasil, o mundo, e que chegou arrasando Ecoporanga. Estamos com 10 casos confirmados e 16 pessoas suspeitas, por isso estamos fechando o comércio por seis dias", explicou o prefeito no vídeo.

DELIVERY

Para que os munícipes não fiquem desamparados, a equipe da Prefeitura de Ecoporanga orientou os comerciantes e a população a optarem por serviços de entregas em domicílio para evitar a circulação de pessoas nas ruas. Nem mesmo serviços essenciais, como farmácias, padarias e supermercados, foram deixados de fora da medida.

Ecoporanga fica no extremo Norte capixaba e tem pouco mais de 20 mil habitantes segundo o IBGE
Ecoporanga fica no extremo Norte capixaba e tem pouco mais de 20 mil habitantes segundo o IBGE. Crédito: Divulgação/Prefeitura de Ecoporanga

A medida se estende também às feiras livres, o que significa que neste sábado (16), a tradicional que ocorre no mercado municipal não será realizada.

PORTAS FECHADAS

O que se viu na manhã desta sexta-feira foi a adesão em massa dos estabelecimentos da cidade. O decreto oficial para o fechamento do comércio foi divulgado nesta sexta.

Mesmo sem a comunicação oficial por parte da administração pública, praticamente todo o comércio da cidade manteve as portas fechadas no período da manhã, como mostrado nos vídeos enviados à reportagem por moradores de Ecoporanga.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.