ASSINE

OMS diz continuar vendo uma escalada na pandemia em nível global

De acordo com o diretor-geral, a organização está especialmente preocupada sobre o impacto em pessoas que já lutam com o acesso a serviços de saúde

Publicado em 12/06/2020 às 14h15
Atualizado em 12/06/2020 às 14h15
Coronavírus - Covid19
Coronavírus - Covid19 . Crédito: PIRO4D/Pixabay

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou nesta sexta-feira, 12, para o fato de que a entidade continua a ver "uma escalada na pandemia em nível global". A declaração foi dada durante entrevista coletiva da entidade.

Ghebreyesus comentou que a covid-19 "acelera em países de renda baixa e média", o que deixa a OMS "especialmente preocupada sobre o impacto em pessoas que já lutam com o acesso a serviços de saúde - muitas vezes mulheres, crianças e adolescentes".

De acordo com a OMS, as crianças têm um risco "relativamente baixo" de desenvolver quadros graves da doença.

Elas, porém, transmitem a doença e por isso precisam igualmente respeitar medidas de controle, como quarentenas e uso de máscaras, notou a autoridade.

Ghebreyesus afirmou ainda que as mães com suspeita de covid-19 ou mesmo confirmação da doença devem continuar a amamentar, a menos que estejam com quadro grave.

Ele também falou da preocupação na OMS sobre o impacto da pandemia em adolescentes e jovens adultos, com riscos como os de aumento nos casos de depressão.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Coronavírus OMS Mundo Pandemia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.