ASSINE

Bebê de 11 meses com Down morre de Covid-19 em hospital de Vila Velha

Elena Mendes Silva tinha síndrome de Down e completaria um ano no dia 26 de junho. Diagnosticada com o novo coronavírus, ela ficou internada 11 dias na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin), mas não resistiu

Publicado em 09/06/2020 às 11h55
Atualizado em 09/06/2020 às 12h18
Elena Mendes Silva, que completaria um ano no dia 26 de junho, tinha síndrome de down
Elena Mendes Silva, que completaria um ano no dia 26 de junho, tinha síndrome de down. Crédito: Arquivo pessoal

Um bebê de apenas 11 meses morreu nesta segunda-feira (8) com o  novo coronavírus em um hospital particular de Vila Velha. Elena Mendes Silva, que completaria um ano no dia 26 de junho, tinha síndrome de Down . Ela ficou internada 11 dias na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin), mas não resistiu.

Segundo a mãe da criança, a recuperadora de créditos Maria Cristina Mendes Moraes, Elena começou a sentir os sintomas da Covid-19 após ser levada para o hospital depois de passar mal por ter se engasgado com um remédio.

"Aspiraram ela e voltamos para casa. Três dias depois ela começou a ficar cansada, sentir falta de ar na hora de mamar, demorando muito para mamar. Levamos novamente a um hospital e fizeram o teste, que confirmou a Covid-19", contou Maria.

Elena foi levada para o hospital no dia 28 de maio. Foi a última vez que a família esteve ao lado da criança, já que a bebê foi direto para o isolamento na Utin do hospital. Na última quinta-feira (4), a menina chegou a apresentar melhora, mas por pouco tempo.

"Chegaram a me liberar para ficar com ela, mas não deu tempo porque já na sexta ela piorou e tiveram que entubá-la. Fiquei em desespero, mas conversei com Deus e pedi para que fosse feita a vontade dele", comentou a mãe da bebê, que mora com a família na Serra.

A recuperadora de créditos vive um drama muito grande na família. Além de perder a filha, Maria afirma que também está com a mãe – e avó de Elena – internada no hospital.

"A mensagem que quero passar para todo mundo é: pensamos que nunca vai acontecer conosco, mas o vírus está aí e é verdade. Tem que se cuidar mesmo, tem que usar máscara, álcool em gel, tem que tirar a roupa quando chegar da rua, tem que fazer isolamento. Porque, mesmo se cuidando, ainda corremos risco", alerta Maria Moraes.

O Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), mostra que Elena foi a segunda criança de 0 a 4 anos que morreu de Covid-19 no Espírito Santo.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.