Da "gripezinha" ao "e daí?": as falas de Bolsonaro em cada fase da pandemia

Infográfico mostra como Bolsonaro foi montando seu discurso a cada etapa de contágio do novo coronavírus. Postura foi da relativização da Covid-19 a tentativas de se isentar da responsabilidade

Publicado em 05/05/2020 às 15h59
Atualizado em 07/07/2020 às 18h07
Jair Bolsonaro: posicionamento divergentes levaram o presidente a trocar o comando do Ministério da Saúde
Jair Bolsonaro e o ministro Nelson Teich: posicionamentos divergentes levaram o presidente a trocar o comando do Ministério da Saúde. Crédito: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

Antes mesmo do novo coronavírus ter seu primeiro caso registrado no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já era questionado sobre a possibilidade do vírus chegar ao país e os impactos que poderia causar. Apesar da luz de alerta acesa em todo o mundo, o presidente continuou minimizando os efeitos da Covid-19. Mesmo quando foi registrado o primeiro caso no Brasil, Bolsonaro relativizou e disse que a pandemia era uma “fantasia”. O presidente testou positivo para a Covid-19 nesta terça-feira, dia 7 de julho. 

Ignorando recomendações de órgãos de saúde, o presidente cumprimentou apoiadores durante manifestação, quando a orientação era evitar aglomerações, chamou a doença de “gripezinha” e disse que não o afetaria “graças a seu histórico de atleta”. Suas divergências com a pandemia o distanciaram ainda mais do Congresso e de governadores, que adotaram o isolamento social horizontal, como principal medida de prevenção.

Por outro lado, Bolsonaro acusou “exagero” nos Estados e defendeu o uso de um medicamento com eficácia ainda não comprovada cientificamente, a cloroquina. No meio da pandemia, acabou demitindo o então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, por discordar de seus posicionamentos. Com as mortes aumentando e a ocupação dos hospitais a níveis alarmantes, o presidente mudou o tom do discurso e tem buscado se isentar de responsabilidade, algo que não vão, segundo ele, "jogar em seu colo".

A Gazeta preparou um infográfico com as frases mais marcantes de Bolsonaro acompanhando a evolução da pandemia no mundo e no país.

EXAME POSITIVO

Após meses minimizando a gravidade da Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que testou positivo para a doença nesta terça-feira, 7 de julho. Uma cópia do resultado foi divulgada. 

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.