ASSINE

Rafaela Marquezini está com Covid-19 e se afasta da TV Gazeta

Apresentadora do ES1 divulgou diagnóstico nesta terça (9) e se mantém em isolamento, em casa, após exame comprovar infecção pela Covid-19

Publicado em 09/06/2020 às 12h42
Atualizado em 09/06/2020 às 13h14
A apresentadora Rafaela Marquezini, da TV Gazeta
A apresentadora Rafaela Marquezini, da TV Gazeta. Crédito: TV Gazeta/Divulgação

A jornalista Rafaela Marquezini foi diagnosticada com o novo coronavírus na tarde da última quinta-feira (4). A apresentadora do ES1, telejornal da hora do almoço da TV Gazeta, começou a apresentar os sintomas da doença no último dia 30 e atualmente se encontra em casa. Por esse motivo, se afastou de suas atividades profissionais.

O diagnóstico foi divulgado na edição do ES1 desta terça-feira (9), que ela apresenta com Philipe Lemos.  Rafaela relata que ela e a filha, que também foi contaminada, estão se sentindo bem.

"Eu sumi, desapareci, como num passe de mágica, da TV. Ninguém me viu porque estou isolada num quarto da minha casa, eu e Sofia. Isto porque a gente foi infectada pelo coronavírus. Peguei na semana passada", explicou Rafaela, sobre o motivo de não estar apresentando o telejornal nos últimos dias.

Sem saber onde pegou a doença, a apresentadora falou que teve sintomas leves e logo foi fazer os exames. "Graças a Deus, os sintomas foram leves. Os nossos sintomas foram diferentes. Tive coriza, dor no corpo e de cabeça. Já a Sofia teve dor de cabeça e febre. Foi tão leve que não pensei que fosse coronavírus. Só me toquei que poderia ser Covid-19 no terceiro dia após o teste pois não sentia o cheiro nem o gosto da comida", detalha.

Isolada, ela está passando o tempo com a filha: "Os meninos da casa, o Vinícius e Lorenzo ficaram negativo. Eles que fazem a comida para gente (risos). Estou no quarto com a Sofia, e a gente fica vendo TV, lendo, estudando, esperando o tempo passar e o vírus sair".

Rafaela usa o caso como um exemplo para a população ficar atenta: "Um ponto de alerta: se tiver coriza e começar a espirrar, fique em casa e faça o teste. Você pode estar com o vírus e estar transmitindo para as pessoas".

Questionada pela reportagem do Divirta-se sobre o tratamento a que está se submetendo, Rafaela disse que não está tomando nada específico: "Não tomei nada, o médico disse que, no meu caso, não era necessário porque os sintomas foram leves. Só estou tomando dipirona ou paracetamol quando tenho dor de cabeça".

Este vídeo pode te interessar

A jornalista deve ficar afastada da TV Gazeta, ao menos, até o fim desta semana, segundo orientações médicas. Em cem dias desde a primeira notificação, o Espírito Santo conta com mais de 20 mil casos da doença registrados.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Rede Gazeta TV Gazeta Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 espírito santo rafaela marquezini Isolamento social

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.