Comércio em Cachoeiro ficará fechado aos sábados

Estabelecimentos comerciais, exceto os essenciais, funcionarão de segunda a sexta; aos sábados, só por meio de entregas; medidas valem a partir de segunda (25) e serão publicadas em decreto

Publicado em 22/05/2020 às 17h47
Atualizado em 22/05/2020 às 20h15
Comércio de Cachoeiro abre as portas depois de um mês
Comércio de Cachoeiro passa a abrir portas somente de segunda a sexta. Crédito: TV Gazeta Sul

A partir da próxima segunda-feira (25), o comércio em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, passa a ter mais restrições. Aos sábados, as lojas poderão funcionar somente por meio de delivery. Segundo a prefeitura, um decreto será publicado neste fim de semana, com as novas regras para funcionamento das atividades econômicas do município.

A prefeitura justifica as mudanças porque o município saiu do risco baixo para moderado na Matriz de Risco que o governo estadual estabelece com base nas ameaças e vulnerabilidades das cidades capixabas, frente à pandemia do novo coronavírus.

Com a mudança, lojas de eletrodomésticos, eletroeletrônicos, departamentos, materiais para construção e assemelhados (vidraçaria, material elétrico, tintas e demais produtos que servem para reforma e construção), móveis, informática e óticas especializadas poderão funcionar apenas de segunda a sexta, com horário diferente: das 9h às 17h.

Lojas de confecções, aviamentos, tecidos, calçados e acessórios, perfumarias, joalherias, papelarias e demais atividades de comércio funcionarão apenas de segunda a sexta-feira, mantendo o horário das 10h às 18h.

Atividades no interior de shopping centers, galerias e centros comerciais (incluindo praças de alimentação), não poderão funcionar aos domingos e, de segunda a sábado, terão o horário reduzido para seis horas diárias.

Já os restaurantes, pizzarias, lojas de conveniência, lanchonetes, casas de lanches noturnas e similares não poderão funcionar com atendimento presencial aos sábados e domingos – apenas com delivery e retirada de produtos (drive thru), aos sábados.

As atividades consideradas essenciais, como supermercados, hipermercados, mercados e hortifrútis, não poderão funcionar aos domingos – as farmácias seguirão o regime de plantão, normalmente.

O decreto também vai ampliar, de 1,5 metro para 2 metros, o distanciamento mínimo entre as pessoas no interior dos estabelecimentos, que terão que continuar restringindo o atendimento presencial a 40% de sua capacidade.

Novas regras para comércio valem a partir de segunda (25)
Novas regras para comércio valem a partir de segunda (25). Crédito: Divulgação/PMCI

TRANSMISSÃO

Segundo o prefeito Victor Coelho, o decreto também trará as medidas a serem tomadas caso o município seja classificado como risco alto. “Apesar das medidas de enfrentamento que implementamos, infelizmente, os casos de Covid-19 têm crescido rapidamente no nosso município e, neste mês, registramos os primeiros óbitos. Muita gente ainda não se deu conta da gravidade da situação, o que é demonstrado, principalmente, pelo baixo índice de isolamento social em Cachoeiro. Nesse cenário, migramos para a classificação de risco moderado e teremos de adotar medidas mais rígidas para conter o avanço da doença”, ressalta o prefeito.

Cachoeiro de Itapemirim chegou a 157 casos positivos nesta sexta-feira (22), segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Desses, 44 estão curados e quatro pessoas morreram pela doença. 

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.