ASSINE

Os casos de polícia que chocaram o Espírito Santo em 2019

Chama a atenção  a quantidade de feminicídios e outras violências contra mulheres. Em um dos casos, um empresário foi preso acusado de estuprar ao menos oito vítimas com requintes de crueldade na Grande Vitória

Publicado em 31/12/2019 às 09h29
Atualizado em 31/12/2019 às 10h13
Jane Cherubim, Maikelly Rodrigues, Karolini Vitória e Thamires Lourençoni foram vítimas de crimes marcantes no ES em 2019. Crédito: Montagem | A Gazeta
Jane Cherubim, Maikelly Rodrigues, Karolini Vitória e Thamires Lourençoni foram vítimas de crimes marcantes no ES em 2019. Crédito: Montagem | A Gazeta

Mais um ano se encerra marcado por crimes e ocorrências policiais que chocaram o Espírito Santo. O que chama a atenção, desta vez, é a quantidade de feminicídios e outras violências contra mulheres: os casos de Jane Cherubim, Maikelly Rodrigues e Karolini Vitória são alguns exemplos. Outro caso que repercutiu foi de um empresário acusado de estuprar ao menos oito mulheres com requintes de crueldade na Grande Vitória. A reportagem de A Gazeta preparou uma lista e um breve resumo de ao menos 80 casos. Confira.

JANEIRO

1 — Mulher é encontrada morta sem roupas na própria cama em Cariacica

No dia 1 de janeiro deste ano, uma mulher foi encontrada morta e despida na própria cama por volta das 14h no bairro Moxuara, em Cariacica. Quem encontrou o corpo foi o irmão da vítima, que entrou no local à procura da mulher, que trabalhava como empregada doméstica. A vítima foi estrangulada e asfixiada dentro de casa. O acusado pelo crime foi Adriano Moisés Mendes, de 37 anos, marido da doméstica. Ele chegou a fugir, mas acabou preso na noite da mesma data, em Viana. Cristina de Azevedo, de 32 anos, entrou para as estatísticas às 4 horas do dia 1 de janeiro.

2 — Com a mão no peito, cliente é baleado e escapa da morte em pizzaria do ES

Uma ida a uma pizzaria de Guriri, balneário de São Mateus, quase acabou em tragédia para uma família no dia 2 de janeiro. Um homem de 57 anos foi ferido na mão após um criminoso atirar durante um assalto a clientes no final da noite. O bandido conseguiu fugir e a vítima foi levada para um hospital do município.

3 — Padrasto é preso após estuprar e engravidar menina de 11 anos

No dia 2 de janeiro, um homem foi preso em Cariacica acusado de estuprar e engravidar a enteada, de 11 anos. Este foi um caso qualificado como “extremamente grave e cruel, que demonstra a frieza do acusado” pelo então delegado Lorenzo Pazolini, hoje deputado, que tomou a frente das investigações. O homem foi interrogado por duas vezes e negou a prática criminosa, disse que "jamais faria uma coisa dessas" e que tinha muito carinho e apreço pela criança. "Na terceira vez, apresentamos um laudo de DNA e ele veio a confessar o crime, e falou que efetivamente mantinha relações com a própria enteada há mais de seis meses", informou Pazolini.

4 — Deputado é levado para delegacia após sair de motel com menor

No dia 4 de janeiro, o deputado estadual do Espírito Santo Luiz Durão (PDT) foi levado à delegacia após ser flagrado saindo de um motel na Serra acompanhado de uma adolescente de 17 anos. Naquela data, Luiz Durão foi conduzido para a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Vitória, onde prestou esclarecimentos sobre o caso. A adolescente foi encaminhada para o Departamento Médico Legal (DML) para realizar exame de corpo de delito. O deputado foi solto após uma decisão judicial. Em outubro, foi absolvido em primeira instância

5 — Adolescente planeja a morte do pai após ser proibida de namorar no ES

Em 10 de janeiro, uma adolescente de 16 anos planejou a morte do próprio pai e acabou detida pela Polícia Civil, na Serra. A acusada contou com a ajuda do namorado e de mais dois amigos dele, segundo as investigações. A trama não deu certo e o pai sobreviveu.

6 — Três mortos e dois feridos em noite de terror em morro de Vitória

14 de janeiro deste ano teve uma noite de terror para os moradores dos morros do Moscoso e da Piedade, em Vitória. Um tiroteio resultou em três mortos e dois feridos naquela segunda-feira no Morro do Moscoso, no limite com a Piedade, em Vitória. Os disparos começaram por volta das 20h45 em uma praça do bairro, onde os moradores costumam se reunir. O local foi alvo de um ataque de bandidos. Dentre os feridos, uma adolescente de 15 anos. Ela estava na praça do bairro com o namorado quando tentou protegê-lo e acabou atingida duas vezes. O namorado morreu no local.

7 — Menino de 10 anos é abandonado em avenida pelo pai no Norte do ES

Ainda em 14 de janeiro, um menino de 10 anos foi abandonado pelo próprio pai em uma avenida do bairro Santo Antônio, em São Mateus, região Norte do Estado. Sozinha e assustada, a criança foi resgatada pela Polícia Militar e pelo Conselho Tutelar. De acordo com a PM, os policiais se deslocaram até a Avenida Dom José Dalvit logo cedo para atenderem uma ocorrência de abandono de incapaz. No local, encontraram o menino sozinho. Ele contou que foi deixado pelo pai no dia anterior. O homem chegou com o filho de moto no local e apenas teria dito: “Vai, desça da moto”. Em seguida, ele foi embora e abandonou a criança. A vítima também revelou aos militares que era constantemente agredida pelo pai. A PM acionou o Conselho Tutelar de São Mateus, que abrigou a criança. Procurada, uma conselheira explicou que informações sobre o menino não poderiam ser passadas porque eram sigilosas.

8 — Polícia prende homem acusado de estuprar a filha por oito anos

Um homem suspeito de abusar sexualmente da filha desde os seis anos de idade foi preso naquele dia 18 de janeiro pela Polícia Civil. A menina tinha 14 anos e os crimes ocorriam na residência da família. De acordo com o então  delegado Lorenzo Pazolini, responsável pela Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), o suspeito já havia sido preso por abusar sexualmente de outra filha e também pelo crime de porte ilegal de arma. 

Pazolini, hoje deputado, informou, ainda, que foi a mãe da adolescente que procurou a delegacia para realizar a ocorrência. "Ela notou que a menina estava com comportamento diferente. Ela se automutilava, tinha alucinações, além de mostrar desinteresse pelas atividades escolares", afirmou à época.

9 — Filho mata a mãe e atira contra o irmão em Linhares

Um desentendimento entre irmãos por causa de uma namorada provocou uma tragédia em uma família de Linhares, na região Norte do Estado. Um entregador de 31 anos matou a própria mãe com um tiro no peito e ainda atirou contra o irmão. O crime aconteceu no bairro Interlagos, por volta das 22h30 de 22 de janeiro deste ano.

10 — Dono de pousada é morto e assassino deixa recado com sangue

Um empresário, dono de uma pousada localizada em Nossa Senhora do Carmo, no distrito de Aracê, em Domingos Martins, foi morto com uma pancada na cabeça dentro da própria casa. De acordo com informações da Polícia Civil, Gerson João Modolo foi encontrado morto na manhã de 23 de janeiro e, ao lado do corpo, o autor do crime deixou uma mensagem escrita com sangue. Ao lado do corpo da vítima, o assassino escreveu, com sangue, a frase: "Se você não pode me pagar em dinheiro, me paga com a vida". De acordo com a Polícia Civil, o caso segue sob investigação, na Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Venda Nova do Imigrante.

11 — Marido dá tesourada na esposa e sai para beber com amigos em Vila Velha

Uma mulher de 41 anos foi golpeada pelo companheiro enquanto dormia. O caso aconteceu por volta das 3h10 de 26 de janeiro no bairro Chácara do Conde, em Vila Velha. Após ferir a esposa, o acusado, de 45 anos, saiu de casa e foi para um bar beber com amigos. Para a polícia, a vítima contou que estava dormindo quando o marido chegou em casa e iniciou as agressões. Em uma tentativa de se defender, a mulher pegou uma tesoura e atingiu o marido no rosto. Nesse momento, ainda segundo informações da polícia, o homem teria tomado a tesoura da mulher e, para responder à agressão, a golpeou na barriga. A vítima foi encaminhada para o Hospital Estadual Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha. A Polícia Civil informou que o conduzido foi autuado por lesão corporal e ameaça na forma da Lei Maria da Penha.

FEVEREIRO

12 — Mulher de eletricista é presa suspeita de mandar matar o marido na Serra

A mulher do eletricista Luiz Carlos Devens, 49 anos, assassinado a tiros no bairro Parque Residencial Nova Almeida, na Serra, foi presa na manhã de 20 de fevereiro na casa dos pais, no bairro Jesus de Nazareth, em Vitória, suspeita de planejar a morte do marido. O crime aconteceu no dia 10 de janeiro. Após ser detida durante um cumprimento de mandado de prisão temporária, Iraci Bezerra Miranda, de 41 anos, foi encaminhada para a sede da delegacia em Vitória, onde prestou depoimento. Logo após o crime, a polícia recebeu diversas denúncias de que a Iraci seria a mandante do crime.

MARÇO

13 — Jane Cherubim: espancada e largada na estrada, mais uma mulher agredida

A vítima, a vendedora Jane Cherubim de 36 anos, saiu por volta das 3h da madrugada de uma cervejaria, onde trabalhava no carnaval com o namorado Jonas Amaral, de 34 anos. Os dois estavam juntos há pouco mais de um ano. O crime aconteceu dia 4 de março deste ano. Depois de muita procura, ela foi encontrada pelos irmãos perto de uma curva, desmaiada e torturada, na estrada que dá acesso ao Parque Nacional do Caparaó pelo Estado.

Jane chegou a ficar, temporariamente, sem falar e enxergar. Ela apresentava marcas por todo o corpo. Jonas foi encontrado morto em uma plantação de café próximo ao local do crime 19 dias após ter agredido a então namorada . A Polícia Civil divulgou o laudo do exame cadavérico que apontou suicídio como causa da morte.

14 — Maikelly Rodrigues, morta com cinco tiros, nua e ainda estuprada

A jovem Maikelly Rodrigues da Silva, de 28 anos, foi amarrada e assassinada com cinco tiros na cabeça às margens da Rodovia Audifax Barcelos, na Serra, no dia 2 de março. O corpo dela foi encontrado por pescadores, próximo à Lagoa Juara, na manhã de domingo (03). Também naquela manhã, a cerca de 500 metros do local onde a mulher foi achada, os policiais encontraram uma ossada que aparentava ser de um homem.

Uma das pessoas que convivia com Maikelly conversou com a reportagem de A Gazeta è época. “Não foi só uma morte, ela foi violentada. Acho que ela foi violentada mais por ser lésbica. Ela não suportava homens desde a adolescência", afirmou.

Maikelly Rodrigues, encontrada morta com cinco tiros na Serra. Crédito: Facebook | Reprodução
Maikelly Rodrigues, encontrada morta com cinco tiros na Serra. Crédito: Facebook | Reprodução

ABRIL

15 — Cabeça humana é encontrada pela polícia no Rio Jucu, em Cariacica

Uma cabeça humana foi encontrada no Rio Jucu, na região do Caçaroca, em Cariacica, na tarde de 9 de abril. O local é o mesmo onde foi encontrado um tronco de um homem, com membros superiores e inferiores um dia antes.

16 — Mãe abandona filho em terminal de Cariacica: "Me cansei dele"

Cansou de cuidar do filho. Essa foi a justificativa de uma mãe, de 26 anos, que abandonou uma criança de 8 anos, no Terminal de Itacibá, em Cariacica, na noite de 19 de abril. Era por volta das 19 horas, quando a Polícia Militar foi acionada. Um segurança que trabalhava no terminal contou à polícia que viu quando a mãe embarcou em um ônibus, com o filho de 10 anos, deixando a outra criança de oito anos para trás. Diante da situação, o profissional pediu ao motorista que parasse o veículo para a mulher descer.

A criança chorava muito e estava com frio, já que estava sem camiseta, pois a mãe pediu para que ele tirasse e desse para o outro filho não passar frio. Questionada por qual motivo ela abandonou a criança, a mãe disse que se cansou do filho e que iria deixá-lo no terminal, "que depois pegaria ele no Conselho Tutelar ou o encontraria morto".

17 — Pai é procurado pela polícia após fugir com filho de 10 meses no ES

No dia 18 de abril uma dona de casa de 27 anos, de Santa Maria de Jetibá, Região Serrana do Estado, viveu por 5 dias em busca de pistas que levassem ao paradeiro do filho, de apenas 10 meses. O pai, de 38 anos, e ex-companheiro da mãe, raptou a criança e fugiu para São Paulo. Depois de um relacionamento conturbado, a mãe possuía uma medida protetiva contra o ex-companheiro, impedindo que ele se aproximasse dela. Porém, durante a manhã, como era costume, o pai visitou a criança, sob os cuidados da avó materna do menino, do lado de fora da casa.

O ex-companheiro aproveitou o momento, acionou um táxi e viajou com o menino até a rodoviária de Vitória e de lá, ele seguiu, segundo informações de familiares dele, para São Paulo. Ele deixou um bilhete para a mãe da criança dizendo que não se conformaria de ver o filho “às vezes”. A criança foi encontrada somente dia 30 daquele mês em São Paulo. Um vídeo divulgado pela Polícia Civil de lá mostra o momento exato do resgate do menino Ravi Pietro, de 10 meses de idade. O pai, Rodrigo de Carvalho Pinho, foi preso.

Ravi Pietro de Carvalho nos braços da mãe Patrícia Paula Bull, 27 anos. O menino foi resgatado após ter sido raptado pelo Rodrigo de Carvalho Pinho, 37 anos. Crédito: Carlos Alberto Silva
Ravi Pietro de Carvalho nos braços da mãe Patrícia Paula Bull, 27 anos. O menino foi resgatado após ter sido raptado pelo Rodrigo de Carvalho Pinho, 37 anos. Crédito: Carlos Alberto Silva

18 — Corpo é achado concretado em obra na Praia da Costa

Um cadáver foi encontrado concretado em uma obra próxima a uma academia, na Rua Gastão Roubach, na Praia da Costa, em Vila Velha no dia 10 de abril. O corpo da vítima, uma mulher, foi encaminhado ao Departamento Médico Legal (DML) para identificação. O corpo foi reconhecido somente no dia 17 daquele mês. Lorena da Silva Pereira Martins, de 17 anos, era moradora de Morada da Barra, em Vila Velha, mas passava muito tempo nas ruas devido ao vício em drogas, que teve início há dois anos durante uma depressão pela perda do filho. O acusado, o pedreiro Lucas Raphael dos Santos Silva, foi preso em Minas Gerais somente no dia 15 de julho e confessou o crime. De acordo com ele, a vítima foi morta porque teria furtado uma nota de R$ 50 do acusado.

19 — Grávida é agredida pelo ex com socos e pontapés na barriga no ES

Vizinhos conseguiram evitar uma tragédia em Conceição da Barra, no Norte do Estado. Na manhã de 28 de abril, um homem de 20 anos desferiu socos e pontapés na barriga da ex-companheira de 26 anos, que estava grávida. Além das agressões, ele também tentou matá-la com uma faca de cozinha. Sentindo fortes dores na região abdominal, a vítima foi levada pelos policiais para o pronto-socorro da unidade do distrito de Braço do Rio. De lá, ela foi encaminhada com urgência para atendimento especializado no Hospital Roberto Arnizaut Silvares, em São Mateus, outra cidade do Norte do Estado. O estado de saúde dela e do bebê não foram informados.

20 — Mulher é morta pelo marido enquanto trocava fralda do filho em Vila Velha

No dia 30 de maio, uma ajudante de cozinha de 24 anos foi morta a tiros pelo marido Antônio Leandro Bispo de Oliveira, de 21 anos. Iure dos Santos levou dois tiros na cabeça enquanto trocava a fralda do filho mais novo. A polícia encontrou a mulher morta sobre a cama, com o filho de seis meses entre as pernas. O filho mais velho de Iure, um menino de 5 anos, fruto de outro relacionamento, presenciou o crime e denunciou Antônio Leandro para familiares, que moram no mesmo quintal, nos fundos da casa do casal.

Um primo de Iure contou à polícia que não chegou a escutar os tiros, mas se assustou ao escutar o menino chorando muito e foi até a residência da prima para ver o que estava acontecendo. Ao chegar ao local, o rapaz encontrou a criança na sala, gritando "o Leandro atirou na mamãe". Após cometer o crime, Antônio Leandro foi para casa de um irmão. Lá, o criminoso revelou tudo o que havia acontecido e alegou que o tiro teria sido acidental. O irmão, por sua vez, convenceu o rapaz a se entregar. Horas depois ele se apresentou na 2ª Delegacia Regional de Vila Velha.

MAIO

21 — Homem mata colega e enterra corpo no quintal da própria casa em Vila Velha

Era 10 de maio de 2019 quando um morador de 38 anos de Jabaeté, em Vila Velha, se entregou à polícia confessando que matou um idoso em janeiro de 2018 e enterrou o corpo em sua própria casa, um sítio da região. O Corpo de Bombeiros foi na residência e localizou a ossada. O acusado foi levado à Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para prestar esclarecimentos.

A Polícia Militar conta que foi acionada pelo próprio acusado naquela manhã. Ele justificou que matou o idoso porque constantemente ele invadia o terreno do acusado com outras pessoas para fazer uso de bebidas alcoólicas e drogas. Para a PM, o homem falou que no dia do crime foi surpreendido pela vítima, que chutou a porta do acusado. Irritado, o morador pegou a espingarda que tinha em casa e deu um tiro na vítima.

22 — Mulher seminua é encontrada morta a tiros em casa abandonada na Serra

Uma mulher com idade entre 50 e 60 anos foi encontrada morta com três tiros em uma casa abandonada na Rua Quetzal, no bairro Novo Horizonte, na Serra, na noite de 13 de maio. Segundo informações da polícia, a mulher vestia apenas blusa e calcinha, e o corpo foi localizado por moradores da região. Em 15 de agosto, a polícia solucionou a execução da idosa, identificada como Ocilia de Aquino Batista, de 70 anos. Ela havia contratado os criminosos para matar pessoas que acreditava ter tirado a vida do filho dela, há mais de dois anos. Como não cumpriram o prometido, passaram a ser cobrados. Irritados, decidiram matá-la.

Maxsuel dos Santos Nascimento, de 18 anos, foi preso. Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, auxiliaram no crime. Maxsuel foi autuado por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. Ele foi preso e a pena corria o risco de ser aumentada pela idade avançada da vítima. Os menores respondem por ato infracional do mesmo crime e foram internados.

23 — Jovem é abandonada no mato após ter rosto desfigurado pelo marido no ES

Uma jovem de 25 anos teve o maxilar quebrado e ficou com o rosto desfigurado depois de ser agredida pelo marido, em Sooretama, região Norte do Estado, no dia 13 de maio. A diarista Rauliane Souza Silva estava na casa da sogra quando tudo aconteceu. Ela ficou internada em Linhares e foi transferida para um hospital de Colatina, onde passou por cirurgia. Os três filhos da vítima presenciaram toda a violência.

Segundo uma parente de Rauliane, que pediu para não ser identificada, a agressão aconteceu após uma briga do casal. “Ela mora em Vitória e veio para cá por conta da festa de Dia das Mães, foi direto para a casa da sogra em Sooretama. No sábado ela também ficou por lá, não foi para a casa da mãe dela. Por volta de 21 horas, aconteceu a briga. O marido espancou a Rauliane até deixá-la desacordada e depois jogou ela no meio do mato”, contou à reportagem na época. Joelson da Silva dos Santos foi preso dias depois.

 Rauliane Souza Silva teve o rosto desfigurado após ser agredida pelo marido. Crédito: Divulgação | Arquivo pessoal
Rauliane Souza Silva teve o rosto desfigurado após ser agredida pelo marido. Crédito: Divulgação | Arquivo pessoal

24 — Homem que cortou partes íntimas da companheira com caco de vidro é preso

O Dia das Mães de uma faxineira de 23 anos era para ter sido comemorado durante todo o dia. A programação já estava até preparada e um churrasco seria realizado, mas acabou sendo interrompida após ser torturada pelo companheiro, de 34 anos, na frente do filho de 3 anos. O caso aconteceu no domingo, 12 de maio, por volta das 7h30, em Cariacica. Essa foi mais uma das inúmeras agressões que deixam marcas por todo o corpo da vítima. Desta vez, o agressor usou caco de vidro para ferir todo o seu corpo, inclusive as partes íntimas. O material também foi usado para cortar o cabelo dela, que carregava por todo o tempo enquanto prestava denúncia contra ele no Plantão Especializado da Mulher (PEM).

25 — Dona de creche é autuada por maus-tratos após agredir bebê em Vitória

Após receber vídeos de agressões contra uma criança de apenas cinco meses, a Polícia Civil autuou por maus-tratos a mulher de 66 anos, dona de uma creche particular localizada no bairro Maria Ortiz, em Vitória, e a ajudante dela, de 29 anos. As duas foram flagradas agredindo um bebê de cinco meses com um celular. O crime aconteceu no dia 14 de maio.

26 — Mulher é encontrada morta enrolada em rede de pesca no ES

corpo de uma mulher foi encontrado enrolado em uma rede de pesca no dia 20 de maio, por moradores de Vila Poranga, distrito de Barra de São Francisco, no Noroeste do Espírito Santo. De acordo com conhecidos de Marinalva de Oliveira, de 28 anos, ela teria saído da casa em Córrego Palmital para pescar, no dia anterior, e não retornou mais à residência.

27 — Racha entre carros mata duas pessoas na Terceira Ponte

Um racha na Terceira Ponte no dia 22 de maio foi de grande repercussão em todo o Espírito Santo. A batida envolveu um Audi A1 e um Toyota Etios, além de uma moto. O casal que seguia na motocicleta morreu. Os jovens que estavam na moto foram identificados como Kelvin Gonçalves dos Santos, 23 anos, e a namorada, Brunielly Oliveira, de 17 anos. 

Brunielly Oliveira e Kelvin Gonçalves morreram depois que tiveram a moto atingida na Terceira Ponte. Crédito: Reprodução | Facebook
Brunielly Oliveira e Kelvin Gonçalves morreram depois que tiveram a moto atingida na Terceira Ponte. Crédito: Reprodução | Facebook

Os motoristas Ivomar Rodrigues Gomes Junior e Oswaldo Venturini Neto foram indiciados pela Polícia Civil, cada um, por duplo homicídio com dolo eventual e por participar de corrida ou exibição em veículo automotor em via pública. As penas para os crimes, em caso de condenação, variam de seis meses a 20 anos de cadeia para cada um. Eles chegaram a ser presos, mas foram soltos, e aguardam o processo em liberdade.

O estudante de Engenharia Oswaldo Venturini Neto (à esquerda) e o advogado Ivomar Rodrigues Gomes Júnior . Crédito: Reprodução
O estudante de Engenharia Oswaldo Venturini Neto (à esquerda) e o advogado Ivomar Rodrigues Gomes Júnior . Crédito: Reprodução

28 — Equipe de TV é ameaçada de morte durante transmissão ao vivo em Vitória

Um repórter e um cinegrafista da TV Vitória foram ameaçados de morte durante uma transmissão ao vivo por volta das 18h50 de 30 de maio no bairro Santos Dumont, em Vitória.

JUNHO

29 — Tio é internado por cortar pescoço e orelha da própria sobrinha em Guarapari

Um homem de 33 anos que sofre de esquizofrenia cortou o pescoço e a orelha da própria sobrinha no bairro Ipiranga, em Guarapari, no dia 2 de junho. De acordo com informações da Polícia Militar, ele teve um surto quando a adolescente, que tem 14 anos, acompanhada da mãe, estava conversando com a avó do lado de fora da casa onde ela mora. A família contou que o homem já tem histórico de surtos e já agrediu outros membros da família. A PM informou que ele proibiu que outros familiares fossem à casa dele, onde mora apenas com a mãe. Naquela tarde, a irmã dele passava do lado de fora da casa com a sobrinha, quando a adolescente afirmou que queria falar com a avó porque estava sentindo saudades.

Ao chegar perto da casa, a avó da menina foi para o lado de fora. Momentos depois, o homem saiu já jogando cacos de vidro contra a irmã e a sobrinha, que atingiram principalmente o pescoço e a orelha da adolescente. A menina de 14 anos foi socorrida e levada para um Pronto Atendimento, onde recebeu os atendimentos e foi liberada. Segundo a polícia, o homem fugiu logo após agredir a sobrinha e a irmã. A família procurou e conseguiu encontrá-lo depois. A informação é que ele voltaria para uma clínica para fazer tratamento e não foi preso.

30 — Idoso é detido acusado de fazer sexo com cães em Vila Velha

Um idoso, de 82 anos, foi detido na manhã de 6 de junho, depois de ser denunciado por uma moradora de que ele estaria fazendo sexo com dois cães, além de estar envenenando outros animais da região. O caso aconteceu no bairro Alvorada, em Vila Velha.

31 — "Deus, me perdoa. Vou morrer", disse jovem morto em feira gastronômica

"Deus, me perdoa! Me perdoa, Deus… Vou morrer! Cadê o meu pai?". O presbítero Alex Sandro Coutinho Nunes, 49 anos, disse que essas foram as últimas palavras ditas pelo filho dele, o jovem Herick Costa Nunes, 21 anos, que foi assassinado após discutir com um homem durante uma feira gastronômica, em Vila Velha, na noite de 7 de junho. Herick foi morto a tiros na Rua Minas Gerais, em Ponta da Fruta, por volta das 22h. O suspeito do crime Ivanildo Santos da Cruz, 39 anos, foi perseguido e agredido por pessoas que estavam no local. Por causa dos ferimentos, ele foi encaminhado para o Hospital São Lucas, em Vitória.

32 — Bloco de granito levado por carreta cai sobre carro e mata família no ES

Um acidente na BR 101, na Serra, próximo a Chapada Grande, vitimou quatro pessoas da mesma família — um casal e os dois filhos — no dia 10 de junho. O caminhão que Rodrigo Girardi dirigia carregava um bloco de granito que se soltou e caiu no veículo em que a família estava. O pai, a mãe e um bebê de 4 meses morreram no local. Um menino de 11 anos chegou a ser socorrido com vida, mas acabou falecendo no hospital. Rodrigo foi preso e o dono da carreta continua foragido.

Família morta em acidente voltava de viagem de férias. Crédito: Redes sociais
Família morta em acidente voltava de viagem de férias. Crédito: Redes sociais

33 — Bebê é encontrado dentro de gaveta em matagal de Marataízes

Uma bebê recém-nascida foi encontrada no dia 9 de junho em Marataízes, Litoral Sul do Estado, em meio a um matagal na altura da região da praia do Xodó. Segundo a Polícia Militar, o Conselho Tutelar do município foi acionado e a criança ficou internada no hospital Menino Jesus em Itaipava, Itapemirim.

34 — Estudante é morta com tiro na nuca em assalto a supermercado da Serra

Uma adolescente de 16 anos foi morta com um tiro na nuca durante um assalto que aconteceu dentro de um supermercado no bairro Jardim Juara, na Serra, em 15 de junho. De acordo com investigadores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), era por volta das 21h quando a vítima, identificada como Ketelin Costa Sampaio, foi ao supermercado com um casal de padrinhos. A vítima, que era moradora de São Diogo, também na Serra, foi ao bairro unicamente para acompanhar os padrinhos nas compras.

Em 21 de agosto, a polícia identificou três suspeitos de participar da morte da adolescente. Inicialmente, a Polícia Civil informou que Davidson Santos Mota, de 22 anos, era o suspeito de atirar na menina. Diego Felipe de Souza Carvalho, de 28 anos, teria dirigido o carro que deu fuga aos bandidos e Pedro Henrique Ribeiro da Silva, de 20 anos, participou roubando celulares e dinheiro no comércio. Porém, no dia 27 de agosto, após a prisão de Pedro Henrique, a polícia corrigiu a informação e disse que Pedro foi o autor dos disparos e Davidson quem recolheu celular e dinheiro no supermercado.

35 — Ossada humana é encontrada em Castelo

No dia 17 de junho, vários ossos humanos foram encontrados em um terreno baldio no bairro Garagem, por populares, que acionaram a Polícia Militar. Na época, o delegado informou que traçou duas linhas de investigação, mas que detalhes não poderiam ser repassados para não atrapalhar as ações da Polícia Civil. Havia vestígios de roupas ao lado da ossada.

36 — Avó é suspeita de tentar envenenar os três netos em São Mateus

avó de três crianças foi dada como suspeita de ter tentado envenenar os netos por causa de desavenças com a nora, mãe dos meninos. O caso foi registrado pela Polícia Militar no dia 19 de junho, em São Mateus, no Norte do Estado. Por volta das 17h30, uma das crianças passou mal e precisou ser levada para o Hospital Roberto Arnizaut Silvares depois de comer um cereal dado pela avó.

37 — Corpos são encontrados amordaçados em estrada de Pinheiros

Três corpos foram encontrados na manhã do dia 7 de julho na zona rural de Pinheiros, norte do Espírito Santo. As vítimas estavam todas amordaçadas e com as mãos amarradas. Os homens tinham perfurações por arma de fogo na cabeça. Eles foram identificados como Junior Dias Matos, de 25 anos, Vanilso de Souza dos Santos, de 34 anos e Gilvanio Marcos, de 54 anos, que era motorista de Vanilso.

JULHO

38 — Jogador de futebol é morto a tiros ao intervir em briga na saída de boate

O jogador de futebol Pedro Ícaro Nunes de Souza, de 21 anos, foi morto a tiros ao intervir em uma briga, na saída de uma boate, em Coqueiral de Itaparica, em Vila Velha, por volta das 5h do dia 7 de julho. O irmão mais novo de Pedro viu quando ele foi atingido pelos tiros, tentou socorrê-lo, mas o jogador não resistiu e acabou morrendo nos braços do jovem, de 18 anos.

39 — Preso suspeito de torturar ex e divulgar vídeo da mulher nua em Cariacica

Um ajudante de pedreiro, de 19 anos, foi preso na manhã de 9 de julho no bairro Boa Sorte, em Cariacica, acusado de torturar, manter em cárcere privado, ameaçar e divulgar vídeo da ex-namorada nua, de cabeça e sobrancelhas raspadas. De acordo com a vítima, uma estudante de 18 anos, ela namorou Keuly Vinicius dos Santos Oliveira, 19 anos, por um ano e meio, e os dois chegaram a morar juntos. O casal terminou em maio de 2019, mas o acusado recusou-se a entregar pertences da vítima, como documentos e roupas. Keuly confessou apenas que raspou o cabelo e a sobrancelha na vítima, além de fazer o vídeo, negando as outras acusações. Ele foi autuado por tortura, lesão corporal, ameaça e divulgação de vídeo contendo nudez sem consentimento. 

40 — Jovem não cumpre medida protetiva, se aproxima de ex e rapta bebê no ES

Um jovem de 18 anos foi preso no dia 14 de julho após não cumprir medida protetiva, se aproximar da ex-mulher e ainda raptar o filho do casal, um bebê de apenas 3 meses. O caso aconteceu no bairro Cobraice, em Conceição da Barra. À Polícia Militar, a jovem, que também tem 18 anos, contou que manteve um relacionamento por oito meses com o acusado. No entanto, ele era muito violento, a agrediu diversas vezes, inclusive quando ela estava grávida. Segundo a vítima, quando estava com sete meses de gestação, foi agredida pelo suspeito com pauladas na barriga.

Naquela data, ela passeava na praça do bairro com o filho do casal quando foi surpreendida pelo acusado, que tirou a criança dos braços da mãe e fugiu. Os policiais realizaram buscas na região e encontraram o suspeito com o bebê. A criança foi devolvida à mãe e o pai foi conduzido para a 18ª Delegacia Regional de São Mateus. Elton Silva Santos foi autuado em flagrante por descumprimento de medida protetiva e foi encaminhado à audiência de custódia.

41 — Jovem com bebê no colo é morta pelo namorado no meio da rua na Serra

Uma jovem de 25 anos foi assassinada com um golpe de canivete no peito durante uma briga com o namorado, 28 anos, na madrugada de 17 de julho, no bairro São Marcos, na Serra. Carla Cristina Rangel Rodrigues foi assassinada no meio da rua, na frente do filho do casal. A mãe do acusado confirmou para a polícia que o filho, identificado como Wiliam, matou Carla. A mulher disse que presenciou a briga do casal e o momento em que ele golpeou a namorada no peito.

42 — Mulher mata animais de estimação a tiros em Itapemirim, sul do ES

Uma mulher foi levada para a delegacia depois de matar a tiros os cães e um pássaro em Itapemirim, Litoral Sul do Estado. O caso aconteceu na noite de 20 de julho. Em nota, a polícia informou que mulher assinou um termo circunstanciado por crime ambiental continuado. A arma utilizada no crime estava regular e foi apreendida, junto com as munições e encaminhada para exame de balística.

43 — Velejadora capixaba é assaltada e agredida por piratas na Bahia

Uma velejadora capixaba — que morou em Valparaíso, na Serra, por 18 anos — foi assaltada e agredida por piratas (bandidos que atuam em alto-mar) em Camamu, no litoral da Bahia, no dia 24 de julho. Nas redes sociais, Maria Augusta Favarato fez um desabafo e contou como tudo aconteceu. Ela relata que, em cinco minutos, viveu cenas de terror e foi muito agredida pelos bandidos, que chegaram em uma canoa e levaram cerca de R$ 1,2 mil.

44 — Seguranças do ES são sequestrados por criminosos e torturados no RJ

Três seguranças que saíram do Espírito Santo, com destino a Cabo Frio, no Rio de Janeiro, foram sequestrados e torturados por uma facção criminosa, no dia 27 de julho. A Polícia Civil acreditava inicialmente que os profissionais, que faziam segurança de casas no Bairro Parque Bule, no Estado carioca, foram confundidos com milicianos.

45 — Empresário e esposa são encontrados mortos dentro de casa em Linhares

Um crime bárbaro chocou moradores do bairro Novo Horizonte, em Linhares, no Norte do Estado, na madrugada de 31 de julho. Um empresário e a esposa foram encontrados mortos dentro do quarto, em casa. A suspeita é de que Alan Zanoteli, de 41 anos, tenha matado a esposa, Fernanda Ferreira Zanoteli, de 38 anos, e depois se matado. Ainda de acordo com a PM, em contato com a reportagem da TV Gazeta, os vizinhos contaram que a filha do casal de 18 anos estava em casa, ouviu o barulho dos tiros e chamou a polícia. Quando chegaram ao local, os policiais precisaram arrombar a porta do quarto onde estava o casal. Alan e Fernanda já estavam mortos.

Allan Zanotelli, de 41 anos, teria matado a esposa, Fernanda Ferreira Zanotelli, e depois tirado a própria vida. Crédito: Redes sociais
Allan Zanotelli, de 41 anos, teria matado a esposa, Fernanda Ferreira Zanotelli, e depois tirado a própria vida. Crédito: Redes sociais

AGOSTO

46 — Criança é levada morta e com sinais de violência para UPA de Carapina

Uma menina de 3 anos identificada como Pyetra dos Santos Reis foi levada morta para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Carapina, na Serra, na madrugada de 1º de agosto. Ela foi levada à unidade hospitalar pela mãe e uma tia com a ajuda de vizinhos. A criança tinha sinais de violência no corpo, segundo a polícia. Pyetra deu entrada na UPA de Carapina às 3h18. De acordo com a Polícia Militar, a mãe da criança informou que a menina tinha falecido 15 minutos antes de dar entrada no hospital. Contudo, os médicos que atenderam a criança relataram que ela apresentava rigidez cadavérica e manchas no rosto, o que indicava que ela tinha morrido há mais tempo.

47 — "O almoço está pronto?", perguntou jovem após matar a ex na Serra

"O almoço está pronto?". Demonstrando frieza e nenhum arrependimento, essa foi uma das primeiras frases ditas por um jovem de 18 anos após matar a ex-namorada, uma adolescente de 15 anos. O crime aconteceu em Santo Antônio, na Serra, em setembro de 2018. Já o acusado, foi apreendido pela polícia no dia 7 de agosto em São Patrício, mesmo município, durante uma operação da Polícia Civil, que marca os "13 anos da Lei Maria da Penha".

48 — Homem é preso acusado de espancar cão até a morte em Piúma

Um vigilante foi preso em 9 de agosto depois de ter sido denunciado por populares por ter espancado um cachorro até a morte. O caso aconteceu durante a madrugada de 22 de agosto em uma rua do bairro Portinho em Piúma, Litoral Sul, e chocou os moradores. O suspeito disse na delegacia que o cão avançou contra ele. Pepe, como era chamado o animal, foi agredido com chutes e socos. Populares contaram que o cão ainda foi jogado para o alto e morreu no local após a queda. Após o crime, o suspeito foi para casa. Após denúncias, o suspeito foi levado para a delegacia e preso em flagrante, segundo informou o delegado David Santana.

49 — Advogadas escreviam cartas com recados de bandidos para facções no ES

Duas advogadas foram presas em 20 de agosto na operação Ponto Cego, do Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas e Corrupção (Nuroc), da Secretaria da Segurança Pública (Sesp) do Espírito Santo. A operação investigou a ação de advogados que auxiliaram facções criminosas, ao passar informações de dentro dos presídios para bandidos que estão soltos e atuam na Grande Vitória.

50 — Mulher é espancada com pé de cabra pelo ex-namorado em Vila Velha

Uma mulher de 34 anos foi espancada pelo ex-namorado na tarde de 23 de agosto no bairro Araçás, em Vila Velha, com um pé de cabra (barra de ferro com pontas). De acordo com a mãe da vítima, a filha chegava em casa para almoçar e o agressor já aguardava pela chegada da mulher do lado de fora do imóvel. O crime teria sido cometido por ciúmes. Um dia depois, Cícero Caboclo Silva Neto acabou se entregando. Ele não sabia que, contra ele, já havia um mandado de prisão aberto por tentativa de homicídio. Ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.

51 — Pai flagra filha sendo esfaqueada, luta com agressor e ajuda na prisão

Um pai flagrou a filha sendo esfaqueada pelo ex-marido dentro de casa, salvou a jovem e ajudou a Polícia Militar a prender o agressor no quintal do imóvel, localizado em Itacibá, Cariacica, por volta das 17h de 27 de agosto. O pai da jovem flagrou o ataque, entrou em luta corporal e imobilizou o acusado até a chegada dos policiais militares. A mulher foi socorrida para um hospital particular do município. O acusado foi preso e encaminhado para o Plantão Especializado da Mulher (PEM), em Vitória.

52 — Grávida de três meses é espancada pelo marido em Cariacica

Uma mulher, grávida de três meses, foi espancada pelo marido na manhã de 28 de agosto em Cariacica. De acordo com a Polícia Militar, que foi acionada por vizinhos, a vítima relatou não ter interesse em representar contra o agressor. O homem não foi localizado e a mulher foi socorrida por uma ambulância do Corpo de Bombeiros.

53 — Pais são presos acusados de matar bebê no ES

Um casal foi preso na manhã de 30 de agosto após matar o próprio filho recém-nascido com requintes de crueldade em Vila Pavão, na Região Noroeste do Espírito Santo. O crime tinha acontecido no dia 6 de acordo. Alguns dias depois, o corpo foi encontrado em uma mata e a mãe alegou que havia sofrido um aborto e decidiu enterrar o feto. No entanto, durante as investigações, a Polícia Civil descobriu que o bebê, um menino, nasceu saudável e foi assassinado pelos pais.

SETEMBRO

54 — Condomínio Ourimar: morador torturado teve rosto cortado com faca

O morador de 68 anos que foi torturado dentro de um apartamento do Condomínio Ourimar, na Serra, na manhã de 4 de setembro, foi alvo de muitas facadas no rosto. O crime aconteceu por volta das 10h30. Além dos golpes de faca, ele foi agredido com pauladas e também deve um dos dedos da mão esquerda decepado. A vítima precisou ser internada no Hospital Jayme Santos Neves, em Morada de Laranjeiras, e o estado de saúde dele é grave.

55 — Mulher é achada morta com filho de 3 anos vivo ao lado dela em Aracruz

Uma mulher foi encontrada morta dentro de casa, em Barra do Riacho, Aracruz, na noite de 3 de setembro. Ao lado do corpo estava o filho dela, de 3 anos, com vida. 

56 — Bandido rouba casa e estupra idosa em Aracruz

Um crime bárbaro chocou os moradores de Vila do Riacho, distrito de Aracruz, Região Norte do Estado, na madrugada de 1º de setembro. Um bandido entrou na casa de uma idosa de 78 anos, roubou televisão e dinheiro, e depois ainda estuprou a vítima. A família ficou horrorizada com o que aconteceu.

57 — Bandido invade casa e estupra morador em Nova Venécia

Não bastasse invadir a casa de uma família para assaltar, um criminoso ainda estuprou um homem que possui deficiência física e mental, enquanto o pai dele estava trancado em outro cômodo. O caso chocante aconteceu durante a tarde de 2 de setembro, no bairro Bethânia, em Nova Venécia, no Noroeste do Espírito Santo.

58 — Professor suspeito de matar cachorro em São Mateus é indiciado

O inquérito que investiga o caso de um cachorro que foi morto a tiros em São Mateus, Região Norte do Estado, no dia 22 de agosto, foi concluído em 10 de setembro e o suspeito do crime, o professor universitário Wellington Gonçalves, foi indiciado pela Polícia Civil. O professor universitário negou ter matado o cachorro a tiros. A fala foi feita durante a sessão da CPI dos Maus-Tratos Aos Animais. Ele alegou que no dia e horário do crime foi buscar sua filha na escola a pé e que não tinha certeza se o carro que aparece nas imagens pertencia a ele. O animal andava pela rua quando foi atingido por um disparo de arma de fogo desferido de dentro de um automóvel igual ao do acusado.

59 — Morador de rua é baleado na barriga enquanto dormia em calçada no ES

Um morador de rua de 35 anos foi baleado na barriga enquanto estava deitado na calçada em Cariacica, na noite de 11 de setembro. O crime foi registrado por uma câmera de videomonitoramento no bairro Vila Capixaba.

60 — Recém-nascida tem crânio afundado após levar soco do próprio pai

A Polícia Militar foi chamada ao Pronto Atendimento da Upa de Carapina, na Serra, após uma recém-nascida dar entrada no hospital no dia 15 de setembro com o crânio afundado. O bebê ficou ferido por um soco do próprio pai, que tentava bater na mulher quando acertou a criança. Ninguém foi detido.

61 — Namorado diz que matou estudante no ES por causa de mensagens no celular

O corpo de uma adolescente de 15 anos, identificada como Karolini Vitória, foi encontrado às margens da Rodovia Serafim Derenzi no dia 23 de setembro deste ano. Karolini tinha duas perfurações de bala e estava com as mãos amarradas. Um adolescente foi detido suspeito de matar a adolescente, que era sua namorada. Ele foi encontrado pela Delegacia de Proteção à Mulher (DHPM) na manhã de 15 de outubro, em mandado de busca e apreensão.

62 — Mecânico invade casa, mata o filho da ex e fere três em Cariacica

Dois homens armados com uma faca e um facão invadiram uma casa, mataram um estudante, Eric Souza Casati, 17 anos, e feriram a mãe dele, a auxiliar de lavanderia, Rosiani Souza Gregório, 32 anos, e a avó materna do rapaz - uma aposentada de 54 anos - na madrugada de 26 de setembro no bairro Santa Luzia, em Cariacica. A Polícia Civil identificou dois suspeitos de assassinarem o adolescente Eric Souza Casati. Felipe Ted Christo Caleffi, 32 anos, e Diego Mendes Quaresma, vulgo Nego, 36 anos.

OUTUBRO

63 — Homem mata e esquarteja amigo com quem morava em Vitória

Um homem foi preso após espancar e esquartejar o colega com quem morava no bairro Mário Cypreste, em Vitória, na noite de 5 de outubro. Para a polícia, Joventino Augusto dos Santos, 53 anos, contou que cometeu o crime porque era agredido constantemente pela vítima. Joventino foi autuado por homicídio qualificado por motivo fútil e destruição de cadáver. Ele foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana. Segundo a polícia, ele já foi preso por estupro e também homicídio. O corpo da vítima, que foi encontrado em sacos, foi encaminhado para o Departamento Médio Legal (DML), em Vitória.

64 — Dono de agência é preso acusado de estuprar modelos no ES

O empresário Moacir Pereira Junior, de 31 anos, dono da agência de modelos Ego MGTM, com sede em Vila Velha, foi detido por meio de mandado de prisão preventiva, no dia 7 de outubro, acusado de estupro com aumento de pena por ter vínculo empregatício com as vítimas. Ele foi denunciado por algumas modelos da agência. Moacir foi encaminhado à Penitenciária Estadual de Vila Velha 5. O mandado foi expedido no dia 2 daquele mês, pela 2ª Vara Criminal de Vitória. Na época, o advogado Daniel Leal informou que entraria com pedido de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que o cliente responda ao processo em liberdade.

65 — Homem é amarrado em árvore e torturado até a morte em Cariacica

Um homem morreu após ser amarrado em uma árvore e torturado em área de mata na tarde de 14 de outubro no bairro Oriente, em Cariacica. De acordo com a Polícia Militar, populares fizeram o acionamento naquele dia, pois o homem estava sendo agredido no meio da rua. Ao chegar ao local, a polícia constatou que a vítima estava amarrada em uma árvore. O homem tinha uma lesão na cabeça e estava com os braços quebrados, com marcas nas pernas e nas costas.

No dia 16, a polícia prendeu dois suspeitos pelo crime. Em depoimento, eles informaram que a vítima estava sentada próxima a um muro se masturbando, tentando atrair crianças. Um dos homens presos foi Paulo Roberto, de 31 anos, que foi detido em casa, no mesmo bairro, e não tentou resistir à prisão. O outro detido, o técnico de informática identificado como Patrick Fabrete, de 21 anos, disse que estava na Barra do Jucu quando viu uma viatura da Polícia Militar e resolveu se entregar.

66 — Polícia investiga morte de jovem e internação de mais de 10 pessoas após rave em Guarapari

Um jovem identificado como Filippe Siqueira Krohling passou mal e morreu após uso de drogas em uma rave em Guarapari em 12 de outubro. A suspeita inicial levantada pela Polícia Civil era de que a morte teria acontecido após uso da droga de origem mexicana mescalina, misturada ao ecstasy. Após meses de investigação, a polícia informou que no sangue do universitário foram encontrados princípio ativo do ecstasy, maconha e álcool. Entre as suspeitas da morte estão overdose ou uma possível mistura com outras drogas ainda não identificadas dentro do comprimido de ecstasy. Além dele, outras pessoas ficaram internadas após o uso da substância.

67 — Polícia prende suspeito de estuprar oito mulheres no ES

Glaupiherle é suspeito de cometer oito estupros na Grande Vitória. Crédito: Reprodução
Glaupiherle é suspeito de cometer oito estupros na Grande Vitória. Crédito: Reprodução

O microempresário do ramo da construção civil Glaupiherle Grasielo Rocha, 36 anos, foi preso por suspeita de ter estuprado oito mulheres na Grande Vitória. Glaupiherle foi detido em casa na manhã de 24 de outubro no bairro São Francisco, em Cariacica. Com uma arma, ele ameaçava de morte, obrigava elas a entrarem no veículo e, na maioria dos casos, levava as mulheres para um local ermo às margens da Rodovia do Contorno à noite. Segundo informações da polícia, ele introduzia arma, pedaços de madeira e barras de ferro nas vítimas. No dia 24, policiais foram à casa do suspeito, no bairro São Francisco, em Cariacica. O microempresário estava sozinho em casa quando foi preso. À polícia, ele negou ter praticado os crimes. Orientado pelo seu advogado de defesa, preferiu não se manifestar.

68 — Armado com faca, jovem invade escola e faz criança refém em Vila Velha

Um jovem de 17 anos, armado com uma faca, invadiu uma escola municipal em Terra Vermelha, em Vila Velha, e fez uma criança refém na tarde de 30 de outubro. A ação aconteceu na Unidade Municipal de Ensino Fundamental (Umef) Prof. Paulo César Vinha, escola conhecida na região como Caic de Terra Vermelha. A criança foi liberada após uma hora e meia e o jovem detido. Ele é ex-aluno da escola. Ninguém ficou ferido.

69 — Acidente grave deixa mortos e feridos na Avenida Dante Michelini, em Vitória

Duas pessoas morreram e três ficaram feridas após um acidente de trânsito na noite de 29 de outubro na Avenida Dante Michelini, na orla de Camburi, em Vitória. De acordo com informações da Polícia Militar, um Audi A3 preto seguia sentido Serra - Vitória, com quatro pessoas. 

Matheus Nunes Fardin e Gustavo Fracarolli morreram em um acidente na Dante Michelini. Crédito: Reprodução
Matheus Nunes Fardin e Gustavo Fracarolli morreram em um acidente na Dante Michelini. Crédito: Reprodução

O Audi era guiado por Augusto César Bento Perim Filho, 26 anos. Ao lado dele, estava o estudante universitário Caio Perim Furlan, 27 anos. No banco do passageiro, estavam o bacharel em Direito Gustavo Fracarolli Corrêa, 27 anos, e o estudante universitário Matheus Nunes Fardin, 26 anos. De acordo com a Polícia Civil, o caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito. Devido á complexidade do caso, os laudos periciais ainda não foram concluídos.

70 — Família presa no ES é suspeita de fazer linguiça com carne de cachorro

Três integrantes da mesma família foram presos no dia 18 de outubro acusados de comercializar carne de cachorro na feira de Guarapari. Segundo a polícia, na residência, totalmente insalubre, foram encontrados mais de 50 animais, sendo eles 10 gatos, um papagaio, e o restante cachorros. A polícia afirma que os cachorros sofriam maus-tratos, eram abatidos e depois vendidos. A família também é suspeita de fazer linguiça com as carnes dos animais mortos. A família foi encaminhada à Delegacia de Guarapari. O delegado pontuou na época que, em seguida, seriam encaminhados ao Centro de Detenção Provisória de Guarapari.

NOVEMBRO

71 — "Me levou até o fogão e disse que ia queimar meu rosto porque queria me ver feia"

Socos, chutes, tentativas de estrangulamento, uma cadeirada na cabeça e ameaças de morte. Por uma hora e meia, uma mulher de 45 anos ficou refém dessas agressões e outras torturas praticadas pelo namorado, com quem ela se relacionava há três meses. O caso aconteceu dentro do apartamento da vítima, em Jardim da Penha, Vitória, no dia 28 de outubro. O homem foi preso no dia 31 de outubro.

72 — Mulher é morta a tiros em Vargem Alta

Uma agricultora de 27 anos foi morta a tiros na tarde de 30 de novembro durante um assalto, na rodovia ES-164, em Vargem Alta, Região Serrana do Estado. A vítima, Thamires Lorençoni, estava no caminhão com o marido quando foram abordados por um carro na estrada, na altura do trevo que dá acesso para a localidade de Santana, na zona rural de Vargem Alta. As polícias civil e militar de Vargem Alta prenderam no dia 5 de dezembro Sula Almeida e Flávia Almeida. Elas são apontadas como mandantes do crime. O delegado, responsável pelo caso, Rafael Almeida, preferiu não dar detalhes do caso para não atrapalhar as investigações.

Thamires Mendes, agricultora assassinada em Vargem Alta. Crédito: Arquivo da família
Thamires Mendes, agricultora assassinada em Vargem Alta. Crédito: Arquivo da família

DEZEMBRO

73 — "Sou burro", diz agressor após matar a mulher na frente das filhas

"Sou burro. Nada justifica o que eu fiz. Não tem explicação. Não sei o que aconteceu." Com essas palavras, Eduardo Cruz da Silva tentava explicar como foi capaz de matar a esposa, Cristina Melo do Rosário, de 34 anos, na frente das duas filhas, de 8 e 11 anos de idade. O crime acontece na madrugada de 1º de dezembro, em Porto de Santana, Cariacica, e teria sido motivado por ciúme. Populares conseguiram segurar o agressor até a chegada da polícia. Ele foi levado para o Departamento Especializado em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Vitória, onde prestou depoimento. Além das duas filhas que presenciaram o crime, Cristina era mãe de uma outra jovem, de 17 anos, de outro relacionamento.

74 — Adolescente de 14 anos é espancado e leva tiro nas mãos na Serra

Um adolescente de 14 anos teve um dos braços quebrados e foi atingido por um tiro em cada uma de suas mãos após ter sido flagrado roubando nas ruas de Bairro de Fátima, na Serra. O caso aconteceu no dia 2 de dezembro e foi registrado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

75 — Mulher chamou a polícia antes de ser morta pelo marido em casa no ES

Data: 05/12/2019. Ângela Maria Gomes dos Santos, mãe de Genaína Gomes dos Santos, morta pelo marido em Cariacica. Crédito: Caique Verli
Data: 05/12/2019. Ângela Maria Gomes dos Santos, mãe de Genaína Gomes dos Santos, morta pelo marido em Cariacica. Crédito: Caique Verli

Genaína Gomes dos Santos, morta pelo marido na frente dos filhos na madrugada de 5 de dezembro, em Cariacica, vivia em um relacionamento conturbado. Horas antes de ser assassinada, a camareira chegou a chamar a Polícia Militar após ser ameaçada pelo companheiro, de acordo com relato de familiares. Insatisfeita com o relacionamento abusivo, pedia ao marido que saísse de casa. O suspeito de cometer o crime, Antônio Junior Cruz da Silva, fugiu. A família de Genaína relatou na época que ele era usuário de drogas, bebia bastante e já tinha agredido fisicamente a esposa, com quem vivia junto havia mais de 10 anos.

76 — Sem aceitar separação, marido dá facada no rosto de mulher na Serra

Intolerância, agressividade e falta de respeito. Essa combinação resultou em um novo caso de violência doméstica na Grande Vitória. Irritado por não aceitar o fim do relacionamento, um marido deu uma facada no rosto da mulher durante uma discussão em 12 de dezembro. Após ferir a mulher, ele fugiu. O agressor ainda não foi localizado pela polícia. A mulher foi levada para o Hospital Jayme Santos Neves, no mesmo município. O caso foi registrado como tentativa de feminicídio e será investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Mulher (DHPM).

77 — Mulher é presa suspeita de mandar matar e ocultar cadáver do marido

Uma mulher foi presa suspeita de ter mandado matar o próprio marido, Jocimar Geraldo Grossi, de 58 anos. A detenção de Kelhiane Silva, de 35 anos, aconteceu no dia 15 de dezembro, após o corpo do homem ter sido encontrado na Zona Rural de Baixo Guandu, no Noroeste do Estado. Por meio de nota, a Polícia Civil informou que Kelhiane Silva foi autuada em flagrante por dois crimes: ocultação de cadáver e falsidade ideológica. Em seguida, ela foi encaminhada ao sistema prisional.

78 — Homem é morto em confronto com a PM em Andorinhas

Um homem identificado como Gabriel Ferreira morreu durante uma abordagem da Polícia Militar no bairro Andorinhas, em Vitória, no dia 14 de dezembro. Ele estava em um beco do bairro e foi morto após ser atingido por disparos. A PM afirma que o jovem teria apontado uma arma para a equipe, que reagiu. Familiares dizem que o jovem se rendeu no momento da abordagem. O governador Renato Casagrande disse ter entrado em contato diretamente com o Secretário Estadual de Segurança, Roberto Sá, e com o comandante da Polícia Militar, Márcio Sartório, pedindo uma apuração detalhada do ocorrido.

79 — Comerciantes são presos por arrancar olhos de jovem antes de matá-lo na Serra

Dois comerciantes foram presos acusados de assassinar o auxiliar de almoxarifado Cleiton Mendes de Souza, 29 anos, em Jardim Carapina, na Serra. De acordo com a polícia, os acusados arrancaram os olhos da vítima ainda viva e depois deram dois tiros na cabeça dela. O crime aconteceu no dia 19 de dezembro.

80 — Mecânico bate na mulher e é esfaqueado por ela em churrasco de Natal na Serra

Um mecânico de 27 anos foi esfaqueado pela mulher depois de tê-la agredido. Segundo testemunhas, ele também agrediu a tia dela e deixou o próprio filho cair do colo, em Jardim Tropical, na Serra. A confusão aconteceu durante um churrasco de Natal, na noite de 25 de Natal. O mecânico foi levado para o hospital. O caso foi registrado na Polícia Civil como lesão corporal. Em nota, a PC informou que o crime de lesão corporal e ameaça depende da manifestação por parte da vítima, realizada através da representação criminal, para que seja investigado. Caso a vítima registre o Boletim de Ocorrência e manifeste interesse na representação, o caso será investigado.

81 — Criança é baleada enquanto brincava na varanda de casa em Vila Velha

Uma criança de 10 anos foi baleada enquanto brincava na varanda de casa no bairro Santa Rita, em Vila Velha, na tarde de 25 de dezembro. Familiares do menino afirmam que ele foi vítima de bala perdida por volta das 14 horas. Ele brincava com a irmã e um primo na residência de uma tia quando foi atingido na cabeça. O menino precisou passar uma cirurgia para retirada da bala, que estava alojada na cabeça. Segundo a família informou à reportagem da TV Gazeta, o menino está bem e conversando. 

Espírito Santo Grande Vitória crime espírito santo polícia civil

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.