ASSINE

Polícia prende suspeito de estuprar oito mulheres no ES

Com uma arma, ele ameaçava de morte, obrigava as vítimas a entrarem no veículo e, na maioria dos casos, levava as mulheres para um local ermo às margens da Rodovia do Contorno

Publicado em 25/10/2019 às 11h42
Glaupiherle Grasielo Rocha foi preso acusando de oito estupros. Crédito: Reprodução
Glaupiherle Grasielo Rocha foi preso acusando de oito estupros. Crédito: Reprodução

O microempresário do ramo da construção civil Glaupiherle Grasielo Rocha, 36 anos, foi preso por suspeita de ter estuprado oito mulheres na Grande Vitória. Glaupiherle foi detido em casa na manhã desta quinta-feira (24) no bairro São Francisco, em Cariacica

A imagem do homem preso foi postada na página dele em uma rede social e foi confirmada pela chefe da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), delegada Claudia Dematté, em coletiva à imprensa, nesta sexta-feira (25). Ela pediu à imprensa para divulgar a foto para ver se novas vítimas denunciam.

Segundo Dematté e a titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Cariacica, delegada Fernanda Diniz, o suspeito atacava mulheres em ruas da SerraVitóriaCariacica e Vila Velha. Ele abordava as vítimas em uma picape Saveiro de cor branca.

Com uma arma, ele ameaçava de morte, obrigava elas a entrarem no veículo e, na maioria dos casos, levava as mulheres para um local ermo às margens da Rodovia do Contorno, na maioria das vezes, à noite. Segundo informações da polícia, ele introduzia arma, pedaços de madeira e barras de ferro nas vítimas.

Delegada Fernanda Diniz

Titular da Deam de Cariacica

"Elas eram ameaçadas com arma de fogo e, diante dessa ameaça, eram obrigadas a fazer o que ele pedia. Na maioria das vezes, os crimes eram praticados no interior do veículo. Ele estava completamente certo da impunidade. Em um dos casos, a vítima conseguiu fugir. Ele efetuou disparos, mas ela fugiu e não foi atingida"

Prisão de suspeito de estuprar 8 mulheres no ES

Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES
Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES. Divulgação/Polícia Civil
Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES
Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES. Divulgação/Polícia Civil
Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES
Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES. Divulgação/Polícia Civil
Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES
Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES. Divulgação/Polícia Civil
Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES
Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES
Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES
Imagens da casa do suspeito de estuprar oito mulheres no ES

INVESTIGAÇÃO

De acordo com a Polícia Civil, as investigações tiveram início após uma mulher ter sido encontrada agredida e com sinais de violência sexual na Rodovia do Contorno, em Cariacica, no último dia 14. A vítima foi socorrida pelo Samu e levada para o Hospital Santa Casa de Vitória.

De acordo com o tenente Grassi, do 7º Batalhão da Polícia Militar, em Cariacica, policiais militares foram à unidade hospitalar e, após conversas com profissionais da saúde, identificaram que outras mulheres deram entrada no hospital com características que indicavam que tinham sido abordadas pelo mesmo criminoso. As informações foram encaminhadas ao Plantão Especializado da Mulher (PEM).

PRISÃO

Com base nas informações das vítimas, as Polícias Civil e Militar identificaram e localizaram o suspeito. A Justiça expediu mandado de prisão e de busca e apreensão contra o microempresário do ramo da construção civil Glaupiherle Grasielo Rocha, 36 anos. Na manhã desta quinta-feira (24), os policiais foram à casa do suspeito, no bairro São Francisco, em Cariacica.

A titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Cariacica, delegada Fernanda Diniz, disse que a operação foi realizada em conjunto com a Polícia Militar. O microempresário estava sozinho em casa quando foi preso. À polícia, ele negou ter praticado os crimes. Orientado pelo seu advogado de defesa, preferiu não se manifestar.

Delegada Fernanda Diniz. Crédito: Isaac Ribeiro
Delegada Fernanda Diniz. Crédito: Isaac Ribeiro

Na casa, foram apreendidos 15 pássaros silvestres e uma moto com placa adulterada. A arma que teria sido utilizada não foi localizada pela polícia. Glaupiherle foi autuado em flagrante por maus tratos aos animais e por receptação. De acordo com a delegada Fernanda Diniz, ele será indiciado por quatro estupros.

“Após a prisão dele ontem (quinta-feira), quatro vítimas foram à delegacia e reconheceram que foram vítimas dele. Até o momento, a partir das informações e relatos coletados, investigamos que ele seja o autor de oito casos de estupros”, explicou a titular da Deam Cariacica.

CRIMES CHOCARAM ATÉ MESMO A POLÍCIA

Ao revelar informações sobre a prisão do microempresário Glaupiherle Grasielo Rocha, 36 anos, suspeito de praticar oito estupros na Grande Vitória, a chefe da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), delegada Claudia Dematté, caracterizou o caso como extremamente violento.

Ela ressaltou que as mulheres eram abordadas na rua, rendidas, ameaçadas com possível arma de fogo, obrigadas a entrar em um picape Saveiro, agredidas e violentadas. Segundo ela, o autor dos estupros introduzia nas vítimas a arma, madeiras, barras de ferro e diversos objetos cortantes. De acordo com Dematté, o modo como o suspeito agia chocou os policiais que investigam esse tipo de crime.

SEGUNDO DEFESA, ACUSADO NEGA OS CRIMES

Apesar de já ter sido reconhecido por quatro vítimas, o suspeito de realizar estupros em séries na Grande Vitória, Glaupiherle Grasielo Rocha, negou os crimes. O microempresário, preso na última quinta-feira (25), disse que pode ter sido confundido com outra pessoa, segundo o advogado de defesa dele, Hugo Weyn.

A Gazeta integra o

Saiba mais
cariacica crime estupro pm (polícia militar) polícia civil

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.