ASSINE

Suspeito de estuprar oito mulheres no ES nega crime, diz defesa

Para advogado, Glaupiherle negou os crimes e disse que vítimas podem ter se confundido, já que saem com outros homens

Publicado em 25/10/2019 às 17h40
Glaupiherle é suspeito de cometer oito estupros na Grande Vitória. Crédito: Reprodução Facebook
Glaupiherle é suspeito de cometer oito estupros na Grande Vitória. Crédito: Reprodução Facebook

Apesar de já ter sido reconhecido por quatro vítimas, o suspeito de realizar estupros em séries na Grande Vitória, Glaupiherle Grasielo Rocha, negou os crimes. O microempresário, preso na última quinta-feira (25), disse que pode ter sido confundido com outra pessoa, segundo o advogado de defesa dele, Hugo Weyn. Glaupiherle é acusado de render mulheres com uma arma,  levá-las até locais ermos e introduzir objetos nas vítimas. Até o momento, oito estupros foram identificados pela polícia

O advogado Hugo Weyn disse que conversou com o suspeito na delegacia. Weyn afirmou que ainda não teve tempo de analisar as provas contra o cliente, mas que o fato dele ter sido reconhecido por vítimas não pode ser analisado de forma isolada.

Hugo Weyn

Advogado

"Ele negou todas as acusações, disse que de forma alguma ele cometeu os crimes. Estas mulheres, que também saem com outros homens, podem estar confundindo ele com outra pessoa. É algo que precisa ser apurado"

Weyn também disse que não teve tempo de analisar todas as provas contra Glaupiherle. O microempresário passou por auditoria de custódia na tarde desta sexta-feira (25) e foi encaminhado ao Complexto de Xuri.  Ele está cumprindo prisão temporária pelo crime de estupro. 

"Preciso analisar todo o inquérito para saber qual o caminho seguir, se vou pedir revogação, se entro com pedido de habeas corpus. Ainda não consegui ver todas as provas para definir o que será feito", finalizou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
cariacica crime estupro grande vitória

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.