ASSINE

ES sobe valor pago por leito de UTI para ter mais vagas para Covid-19

Diária sobe de R$ 1.600 para R$ 2.100 para vaga intensiva; mudança foi anunciada pelo governador Renato Casagrande neste sábado (27)

Publicado em 27/03/2021 às 16h27
ES espera ampliar a oferta de leitos de UTI para pacientes com Covid nas próximas semanas
Neste sábado (27), o Espírito Santo tem 867 leitos de UTI, dos quais mais de 92% estão ocupados. Crédito: Hélio Filho/Secom-ES

Governo do Espírito Santo aumentou o valor pago por cada vaga aberta em hospitais particulares e filantrópicos para tratar pacientes graves com a Covid-19. Para as novas contratualizações, o valor da diária será de R$ 2.100 por leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O valor por leito de enfermaria continua R$ 715.

Os valores foram anunciados pelo governador Renato Casagrande, na tarde deste sábado (27), por meio das redes sociais. O objetivo é aumentar o número de vagas na rede pública estadual e garantir atendimento a todos os capixabas. Segundo ele, os seguimentos já se comprometeram em buscar ampliações nas próximas duas semanas.

Atualmente, o Espírito Santo conta com 867 leitos de UTI para tratamento exclusivo de casos graves do novo coronavírus. Desse total, 801 já estão ocupados – o que equivale a uma taxa de ocupação de 92,39%. Nas enfermarias, são 840 vagas abertas, das quais 688 estão em uso. Ou seja, 81,9% delas têm pacientes.

Apesar dos novos valores, autoridades do Estado afirmaram diversas vezes que a rede hospitalar filantrópica e particular também estavam próximas do limite de expansão no Espírito Santo. No pronunciamento do último dia 16, o governador chegou a dizer que a situação seria até mais grave que do setor público.

Renato Casagrande

Governador do Espírito Santo em 16/03/2021

"Eu não tenho dados da rede particular, mas sei que está, antes de nós, com dificuldade, porque já solicitaram leitos do Sistema Único de Saúde (SUS)"

Nesta sexta-feira (26), o secretário de saúde Nésio Fernandes afirmou que o cronograma de entrega de leitos permanecia o mesmo, apesar do ritmo de internações seguir maior que o da abertura. Em outras palavras, isso significa que a expectativa é chegar em 900 leitos de UTI até meados de abril.

O QUE DIZ A SESA

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) informou que o reajuste será destacado em portaria específica em edição especial do Diário Oficial, prevista para sair neste final de semana e que o pagamento diário garantido fixo por leito de UTI é de R$ 1.600 "conforme Portaria nº 082-R, vigente desde 13 de maio de 2020".

"Ao ser ocupado, um valor adicional de R$1.500,00 por diária é autorizado por internação, sendo que é feito o pagamento em separado caso haja necessidade de realizar terapia renal substitutiva no paciente. Em relação às enfermarias, o repasse é de R$ 715,00 por leito. Nos hospitais próprios, o valor está inserido no custeio total de funcionamento da unidade", esclareceu.

Este vídeo pode te interessar

Atualização

27 de Março de 2021 às 18:47

A matéria foi atualizada com as informações enviadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.