ASSINE

Carnaval de rua: as cidades que liberaram ou cancelaram festas no ES

Vitória cancelou a apresentação de blocos, mas mantém o tradicional desfile das escolas de samba no Sambão do Povo, que será em abril. Veja as definições de outras cidades

Tempo de leitura: 4min
Publicado em 07/01/2022 às 08h38
Data: 23/02/2020 - ES - Vitória - Bloco Regional da Nair - Editoria: Cidades - Foto: Ricardo Medeiros - GZ
Bloco Regional da Nair agita multidão na avenida Beira-Mar, em Vitória. Crédito: Ricardo Medeiros

Em um cenário marcado por uma epidemia de gripe combinada com o avanço da variante Ômicron do coronavírus no Espírito Santo, apenas duas cidades decidiram manter programação de festas de rua neste carnaval. A maioria das cidades litorâneas capixabas estabeleceu que não vai liberar show e comemorações em área pública.

A decisão de Marataízes por permitir eventos em vias do município ocorreu nesta semana. Já as outras cidades, resolveram manter o mesmo posicionamento desde o início do mês.

Na Grande Vitória, cancelaram o carnaval ainda no início do mês Serra e Vitória. Na última quarta-feira (23), Vila Velha proibiu os bloquinhos de rua.

Este vídeo pode te interessar

Festas em vias públicas e blocos estão proibidos por decreto até o dia 6 de março em Cariacica. A norma entrou em vigência no dia 19 de fevereiro.

Fora da Região Metropolitana, Presidente Kennedy, Anchieta e Aracruz estão entre os municípios que não vão autorizar aglomerações.

Bloco AfroKizomba é o primeiro Carnaval 'afro' de Vitória
Bloco Afrokizomba se apresenta no Centro de Vitória em 2020. Crédito: Ricardo Medeiros

CANCELARAM O CARNAVAL DE RUA

Vitória

A Prefeitura de Vitória não vai autorizar a realização de festas de rua. Já os desfiles das escolas de samba no Sambão do Povo serão liberados para pessoas  vacinadas e que apresentem teste negativo de Covid-19. Entretanto, o Executivo municipal decidiu adiar a realização dos desfiles programados entre os dias 17 e 19 de fevereiro. As apresentações agora têm novas datas: 7, 8 e 9 de abril deste ano.

Serra

Guarapari

Prefeitura de Guarapari não vai realizar atividades de carnaval 2022. Nos eventos particulares em casas noturnas, nas feiras, parques, cinema e similares, é obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação na portaria.

"Caso haja descumprimento, os responsáveis pelos eventos e os estabelecimentos comerciais serão notificados e poderão ter seu alvará de funcionamento cassado", reforça o comunicado enviado pela prefeitura.

Praia do Morro, em Guarapari, estava lotada na manhã deste sábado (26)
Praia do Morro, em Guarapari. Crédito: Reprodução / TV Gazeta

Fundão

O município não fará programação de carnaval e afirmou que eventos particulares não poderão ser realizados em espaços públicos. Quanto aos espaços particulares, a prefeitura seguirá as orientações da Secretaria de Estado de Saúde.

Linhares

Prefeitura de Linhares anunciou, no dia 10 de fevereiro, que decidiu cancelar as festividades e os shows no Carnaval devido ao avanço da pandemia da Covid-19 e da variante Ômicron. A programação estava prevista para acontecer entre os dias 25 de fevereiro e 1° de março, nas praias de Pontal do Ipiranga, Regência e Povoação.

Conceição da Barra

Em razão do aumento de casos de Covid-19, a prefeitura decidiu cancelar as festas de Carnaval no município. O decreto que proíbe os eventos e shows que seriam realizados pela prefeitura foi publicado em 10 de fevereiro.

Anchieta

Não haverá Carnaval. Entre outras medidas, a Prefeitura de Anchieta também anunciou a proibição de blocos carnavalescos em qualquer espaço público ou privado e a realização de shows artísticos, incluindo marchinhas, matinês, batucadas, desfiles e música ao vivo.

Aracruz

Prefeitura de Aracruz anunciou, em 21 de janeiro, o cancelamento das programações previstas para o carnaval no município devido ao aumento de casos da Covid-19 e de Influenza registrados nas últimas semanas na cidade.

Piúma

A Prefeitura de Piúma decidiu cancelar a programação de carnaval de rua no município. Dessa forma, estão suspensos desfiles de blocos carnavalescos e shows artísticos.

Presidente Kennedy

A Prefeitura de Presidente Kennedy cancelou todas programações artísticas previstas para o Carnaval 2022.

Vila Velha

Blocos de rua e festas em espaços públicos estão proibidos no município. Festas particulares estão permitidas, desde que sigam as normas da matriz de risco do governo do estado.

Cariacica

Festas em vias públicas e blocos estão proibidos por decreto até o dia 6 de março em Cariacica. A norma entrou em vigência no dia 19 de fevereiro.

Itapemirim

Prefeitura de Itapemirim publicou um decreto, no final de janeiro, proibindo a realização de shows – incluindo marchinhas, matinês, batucadas e desfiles, previstos em carnaval de rua – e o uso de amplificadores de som nas praias do município, localizado no Sul do Espírito Santo.

NÃO CANCELARAM O CARNAVAL DE RUA

Marataízes

O município de Marataízes, mesmo no risco moderado para a transmissão da Covid-19, segundo o mapa de risco do governo do Espírito Santo, terá programação de carnaval. A prefeitura do balneário espera receber 30 mil pessoas durante o fim de semana de festividades.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.