ASSINE

Ao lado de Magno Malta, Bolsonaro confirma roteiro de visita ao ES

Em vídeo publicado em rede social do ex-senador, são citadas as cidades de São Mateus, Serra, Vila Velha e Vitória

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 01/06/2021 às 14h18
Magno Malta e Jair Bolsonaro, presidente da República, em vídeo publicado no Instagram
Magno Malta e Jair Bolsonaro, presidente da República, em vídeo publicado no Instagram. Crédito: Reprodução/Instagram

Em vídeo publicado nas redes sociais do ex-senador Magno Malta (PL), na noite de segunda-feira (31), o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), confirmou a agenda de visitas ao Espírito Santo no dia 11 de junho. O chefe do Executivo federal afirma que vai participar de uma inauguração em São Mateus e, em seguida, encontrar apoiadores na Praça do Papa, em Vitória.

Na gravação, a agenda é detalhada por Magno Malta. Segundo o ex-parlamentar, o presidente também vai sobrevoar as obras do contorno do Mestre Álvaro, na Serra, e seguir para a Prainha, em Vila Velha, de onde vai sair com apoiadores em um passeio de moto, como fez no Rio de Janeiro no último dia 23, até a Praça do Papa, na Capital.

"Olá, amigos do Espírito Santo. Estou aqui com nosso querido Magno Malta, dia 11 estaremos aí no Espírito Santo, onde conversaremos sobre muitos assuntos", diz o presidente.

O presidente também citou a agenda enquanto conversava com apoiadores no Palácio da Alvorada, também na segunda-feira. No vídeo publicado em um canal bolsonarista, Bolsonaro cita que vai estar em Vitória no dia 11 e, no dia seguinte, em São Paulo para uma "motociata". 

A viagem foi marcada após A Gazeta noticiar que o Espírito Santo é o único Estado que não recebeu uma visita de Bolsonaro desde o início do mandato, em janeiro de 2019. Na eleição de 2018, o então candidato à Presidência da República teve uma votação expressiva no Estado, com 63% dos votos no segundo turno.

Em ritmo de campanha eleitoral, o chefe do Executivo tem se dedicado a agendas em inaugurações e eventos em diferentes Estados, principalmente devido ao desgaste com o agravamento do cenário de pandemia de Covid-19, a pouca oferta de vacinas e os trabalhos na CPI da Covid.

Longe das terras capixabas há três anos, o presidente passou a ser pressionado por aliados. Os deputados governistas Neucimar Fraga (PSD), Soraya Manato (PSL) e Evair de Melo (PP), e o ex-deputado Carlos Manato (sem partido) publicaram vídeos "convidando" e "cobrando" a visita. Na noite de segunda, foi a vez de Magno Malta.

Aliado fiel de Bolsonaro, Magno está sem cargo público desde que não se reelegeu ao Senado, em 2018. Ele e Bolsonaro têm se reaproximado e, nas palavras do cantor evangélico, orado juntos todos os dias "após três anos sem uma palavra sequer"

Em São Mateus, Bolsonaro vai participar da inauguração de 434 casas do extinto programa Minha Casa Minha Vida, rebatizado de Casa Verde e Amarela, no bairro Aroeira. Depois, deve sobrevoar as obras do contorno do Mestre Álvaro, na Serra, e seguir para Prainha, em Vila Velha.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.