ASSINE

Menina de 10 anos que engravidou após estupro no ES tem alta de hospital

A saída da criança do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam) foi confirmada nesta quarta-feira (19)

Publicado em 19/08/2020 às 09h42
Atualizado em 19/08/2020 às 11h47
RECIFE, PE, 17.08.2020 - Uma menina de 10 anos que engravidou após ter sido estuprada pelo tio, no estado do Espirito Santo, foi transferida para Pernambuco a fim de interromper a gestação após a justiça do ES autorizar o procedimento. (Foto: Paulo Paiva/DP Foto/Folhapress)
Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros, onde foi realizado o procedimento. Crédito: Paulo Paiva/DP Foto/Folhapress

A menina de 10 anos, que engravidou depois de ser estuprada em São Mateus, na Região Norte do Espírito Santo, teve alta do hospital em que estava internada no Recife, em Pernambuco, onde passou por um procedimento para interromper a gravidez.

A saída da criança do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam) foi confirmada nesta quarta-feira (19) pela diretoria da maternidade. Mas a data e horário da alta e o destino da menina não foram divulgados. O tio dela, suspeito do crime, está preso.

SUSPEITO JÁ ESTÁ EM PRESÍDIO

Ele deu entrada no sistema prisional capixaba por volta das 19h desta terça-feira (18). O suspeito ficará detido em uma unidade destinada à custódia de autores de crimes sexuais, na Penitenciária de Vila Velha V, que faz parte do Complexo de Xuri.

O caso ficou conhecido no último dia 7 de agosto, quando a menina se dirigiu a um hospital estadual em São Mateus. Grávida devido aos estupros, a vítima contou que era abusada há quatro anosLevada para o município de Recife (PE), a criança teve a gravidez interrompida no último domingo (16).

Com informações da TV Globo

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo São Mateus Recife (PE) Abuso em São Mateus espírito santo estupro estupro de vulnerável são mateus

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.