ASSINE

Tio suspeito de estuprar menina de 10 anos no ES continua foragido

O mandado de prisão preventiva foi expedido no dia 12 de agosto pela 3ª Vara Criminal de São Mateus, mas o homem de 33 anos ainda não foi localizado

Publicado em 17/08/2020 às 09h47
Atualizado em 19/08/2020 às 11h57
O suspeito foi detido e encaminhado para a Delegacia Regional de São Mateus
O caso foi investigado pela Polícia Civil e o suspeito indiciado pela prática dos crimes de ameaça e estupro de vulnerável. Crédito: Luiz Zardini / TV Gazeta Norte

Continua foragido o principal suspeito de estuprar e engravidar uma menina de 10 anos, em São Mateus, na Região Norte do Espírito Santo. O homem, que segundo a polícia é tio da vítima, é considerado foragido desde o dia 12 de agosto e pode ser preso a qualquer momento. A criança está no Recife (PE), onde realiza o procedimento de interrupção da gravidez. O nome do suspeito não será divulgado para preservar a identidade da criança.

Neste domingo (16), a Polícia Civil foi procurada pela TV Gazeta para informar se o suspeito já havia sido encontrado. Por nota, a informação repassada era de que o homem ainda não tinha sido localizado, mas que a reportagem deveria buscar a informação em outros órgãos de segurança do Estado.

A recomendação é dada já que o mandado de prisão preventiva expedido pela 3ª Vara Criminal de São Mateus pode ser cumprido tanto pela Polícia Civil e Polícia Militar quanto pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), além da Polícia Federal (PF).

Por nota, a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) informou, no início da manhã desta segunda-feira (17), que o suspeito não deu entrada no sistema prisional do Espírito Santo.

Justiça determina prisão preventiva de suspeito de estuprar e engravidar criança de 10 anos no ES
Justiça determina prisão preventiva de suspeito de estuprar e engravidar criança de 10 anos no ES. Crédito: Reprodução

MANDADO DE PRISÃO

No último dia 12 de agosto, o juiz da 3ª Vara Criminal de São Mateus, Região Norte do ES, determinou a prisão preventiva do principal suspeito de estuprar e engravidar uma criança de 10 anos.

A reportagem de A Gazeta teve acesso ao mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. Com a medida, o suspeito passa a ser considerado foragido e pode ser preso a qualquer momento. O processo que apura o caso tramita em segredo de Justiça por envolver menor de idade.

INQUÉRITO POLICIAL

O suspeito de abusar e engravidar uma sobrinha foi indiciado, pela Polícia Civil, pela prática dos crimes de ameaça e estupro de vulnerável, ambos praticados de forma continuada. Segundo a polícia, o inquérito foi concluído e remetido ao Ministério Público do Espírito Santo (MPES).

De acordo com o chefe da 18ª Delegacia Regional de São Mateus, delegado Leonardo Malacarne, responsável pelo caso, o suspeito estava sendo monitorado desde o início das investigações e as equipes já estavam verificando todas as denúncias que recebiam acerca do paradeiro dele.

Na manhã da última quinta-feira (13), as equipes da polícia, de posse do mandado, se deslocaram a um município da Bahia, local onde o suspeito tem parentes. No entanto, ele não foi localizado. “Os policiais foram informados que o suspeito fugiu do município para destino ignorado, em razão da divulgação do caso e da foto do acusado pelas redes sociais”, disse o delegado na ocasião. O homem continua sendo procurado pela polícia.

Com informações de Dani Carla, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.