ASSINE

Whindersson Nunes oferece ajuda psicológica para menina vítima de estupro no ES

Segundo a polícia, a menina de 10 anos era estuprada pelo tio desde os 6 anos. A criança foi levada para o Recife, onde realiza o procedimento de interrupção da gravidez

Publicado em 17/08/2020 às 08h44
Atualizado em 19/08/2020 às 11h58
O humorista Whindersson Nunes
O humorista Whindersson Nunes. Crédito: Reprodução/Instagram @whinderssonnunes

O humorista Whindersson Nunes utilizou uma rede social, neste domingo (16), para oferecer ajuda psicológica para a criança de 10 anos que engravidou após ser vítima de estupro em São Mateus, no Norte do Espírito Santo. Segundo a polícia, o principal suspeito de cometer o crime é o tio da vítima, que continua foragido.

Na publicação, o humorista disse estar preocupado com a repercussão do caso e com os comentários feitos na internet sobre o procedimento realizado na menina para interromper a gravidez. “A terra devia estar em paz com tantos Jesus nas redes sociais, tantos imaculados. Me preocupa o tanto de atrocidades q essa criança vai ouvir no decorrer da vida”, escreveu.

O humorista ainda pediu que algum familiar faça contato com ele, para que seja ofertada toda assistência psicológica até que a menina complete 18 anos de idade.

Em outra publicação, Whindersson seguiu falando do assunto: “É uma situação que nem consigo falar 'e se fosse sua filha' pq ninguém merece isso, ninguém, nem pai, nem mãe, nem vc, principalmente essa criança, tudo nessa história tão horrível, 10 anos, meu Deus do céu”, comentou.

REPERCUSSÃO

Além de Whindersson Nunes, outros famosos, como Felipe Neto e Bruna Marquezine, também usaram as redes sociais para comentar o caso, envolvendo a criança que engravidou após ser vítima de estupro no Espírito Santo. Em uma das publicações, Neto se ofereceu para pagar os estudos da menina.

Já a atriz Bruna Marquezine, que inclusive compartilhou uma publicação de Felipe Neto, expressou sua revolta com o crime. “Estamos falando de uma criança de 10 anos. Isso não é ser pró-vida, isso é ser ignorante, limitado e CRUEL", escreveu.

PROCEDIMENTO NO RECIFE

A menina de 10 anos que foi vítima de estupro praticado, segundo a polícia pelo próprio tio, deixou o Espírito Santo na manhã deste domingo (16), para realizar o aborto em um hospital do Recife.

O procedimento, que foi autorizado pela Justiça, seria realizado no Estado, mas a equipe médica do Programa de Atendimento as Vítimas de Violência Sexual (Pavivi), no Hucam, se recusou a realizar o procedimento.

A equipe médica do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros, no Recife (PE), concluiu a primeira parte do procedimento de interrupção da gravidez da criança. Segundo o médico Olimpio Barbosa de Morais Filho, responsável pelo procedimento, a criança deve retornar ao Espírito Santo na quarta-feira (19).

São Mateus
O Conselho Tutelar de São Mateus está acompanhando o caso da criança grávida na cidade. Crédito: Reprodução/Google Maps

RELEMBRE O CASO

O crime de estupro de vulnerável foi descoberto no dia 8 de agosto, no município de São Mateus, na Região Norte do Espírito Santo. Segundo o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, a criança chegou ao hospital acompanhada por uma tia e afirmou aos médicos que achava que estava grávida.

Os profissionais da unidade notaram que a barriga da criança apresentava um volume e foi realizado um exame de sangue (Beta HCG). O resultado do teste comprovou a gravidez e indicou que a menor já estava grávida há cerca de três meses. Posteriormente, foi constatado que a menina estava grávida de 22 semanas. 

Questionada pelos médicos e pela assistente social, a criança contou que era abusada pelo tio desde os 6 anos de idade e mantinha o silêncio porque era ameaçada de morte por ele.

O Conselho Tutelar foi acionado e esteve no hospital. A criança foi ouvida, recebeu uma medida protetiva e foi encaminhada para um abrigo. A Polícia Civil investigou o caso e indiciou o suspeito pela prática dos crimes de ameaça e estupro de vulnerável, ambos praticados de forma continuada.

A Gazeta integra o

Saiba mais
São Mateus Abuso em São Mateus estupro de vulnerável são mateus whindersson nunes ES Norte

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.