ASSINE

Coronavírus: cidades da Grande Vitória terão barreiras sanitárias

Prefeituras vão definir locais onde estruturas serão montadas nesta semana juntamente com o governo Estado. Postos vão medir temperatura e dar orientações sobre a Covid-19

Publicado em 19/04/2020 às 22h05
Atualizado em 20/04/2020 às 15h06
Motoristas são abordados em barreiras sanitárias montadas no ES
Barreira sanitária montada no Sul do ES faz abordagem a motoristas. Crédito: Reprodução | TV Gazeta

Classificada como região de alto risco de contágio de coronavírus, em função da maior incidência de casos da Covid-19, a Grande Vitória terá barreiras sanitárias em seus limites para evitar a propagação do vírus. A determinação foi feita pelo governo do Espírito Santo no sábado (18) e será executada a partir dessa semana juntamente com as prefeituras.

Os municípios irão decidir juntamente com o governo em quais locais elas serão instaladas. No sábado, o governador Renato Casagrande disse que elas ficarão nas entradas das cidades, em pontos estratégicos, e que vão elas vão começar a funcionar a partir de quarta (22).

Estão na área de alto risco VitóriaVila VelhaSerraCariacica Viana, na Grande Vitória, cidades que somam quase 90% dos casos de coronavírus no Estado; além do município de Alfredo Chaves, que possui a maior incidência de casos de acordo a população.

"Essas cidades terão barreiras sanitárias nos limites municipais. O Estado vai fazer junto com os municípios nas entradas de cada uma dando orientações e medindo temperatura, a partir de quarta", afirmou Renato Casagrande durante a coletiva de imprensa em que foi anunciada a flexibilização da abertura do comércio para 72 municípios do Espírito Santo.

O governo do Estado já instalou barreiras sanitárias assim nas divisas do Estado e no Aeroporto de Vitória. Nos casos das barreiras nos limites dos municípios, o controle será mais rigoroso e contará com autoridades dos municípios (Guardas Municipais) e do Estado (Polícia Militar), com o apoio das Forças Armadas. Também terão que ser feitas estruturas nas rodoviárias.

A reportagem de A Gazeta questionou as prefeituras da Grande Vitória sobre os pontos que terão barreiras e outras medidas de restrição que serão tomadas para evitar a propagação do vírus.

CARIACICA

A Prefeitura de Cariacica informou está analisando o decreto do governador e que, em relação às barreiras sanitárias, definirá em conjunto, com o governo do Estado. "Os pontos levarão em consideração a posição territorial da cidade, que faz limite com outros municípios da Grande Vitória. Na próxima semana, haverá uma reunião entre o governador e os prefeitos da Grande Vitória, onde serão alinhadas essas questões".

Sobre medidas extras, o município irá exigir que os feirantes assinem um termo, se comprometendo a seguir as orientações das autoridades sanitárias e já previstas em decreto municipal, como uso de máscaras, utilização do álcool em gel, distanciamento de 1,5 metros entre as barracas entre outros. O não cumprimento acarretará no cancelamento da licença para trabalhar em feiras na cidade, segundo a prefeitura.

VITÓRIA

O prefeito de Vitória, Luciano Rezende, avaliou a classificação de risco do governo do Estado como positiva e afirmou através da assessoria que a maior parte das medidas apontadas já está sendo tomada no município, algumas inclusive indo além das que foram propostas, como a suspensão das feiras livres. A lista com todas as medidas já adotadas na Capital pode ser consultada no site da PMV.

Luciano Rezende

Prefeito de Vitória

"Nós vamos estudar todas as situações para ver se tem alguma coisa para adequar. Mas o decreto estadual não impede que o município seja mais restritivo, caso ele decida, assim, de acordo com sua visão de risco. Nós vamos harmonizar essa atuação da prefeitura com o governo do Estado e concordamos, na reunião, com todo o procedimento que vai dar segurança, ao mesmo tempo que permite as atividades econômicas mínimas e, diante de um quadro de piora, fecha-se, restringe-se novamente"

Luciano disse ainda que concorda com o uso de máscaras: “Eu defendo o uso da máscara para todos há um mês, antes mesmo do Ministério da Saúde preconizar. Agora o uso das máscaras está consolidado e virou um caminho a ser seguido por todos. Em Vitória já determinei, por meio de decreto municipal, o estímulo ao uso de máscaras caseiras pela população. Carros de som e Guarda Municipal já estão emitindo o alerta nas ruas aconselhando as pessoas a usarem", disse através de nota.

Coronavírus: idosos vão à feira livre em Vitória

Movimento na feira livre de Jardim Penha
Movimento na feira livre de Jardim Penha . Elis Carvalho
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha. Elis Carvalho
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha. Elis Carvalho
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha. Elis Carvalho
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha. Elis Carvalho
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha
Idosos frequentam a feira livre de Jardim da Penha

VIANA

A Prefeitura de Viana informou que as novas determinações solicitadas pelo governo do Estado para contenção da Covid-19 no município serão definidas nesta terça-feira (21).

A administração municipal acrescentou que desde o início da pandemia do novo coronavírus adotou medidas de prevenção estabelecidas no decreto de situação de emergência.

SERRA

A Prefeitura da Serra informou que o município está atento e alinhado com todos os protocolos do Ministério da Saúde e do governo do Estado. "Aguardamos a publicação do decreto para implementar as novas ações que se fizerem necessárias".

VILA VELHA

A Prefeitura de Vila Velha afirmou que aguarda o resultado de uma reunião entre governo do Estado e municípios que ocorre na tarde desta segunda no Palácio Anchieta, na qual o governador vai explicar a adoção da medida, sob o comando da autoridade estadual, para que o município possa adequar suas ações no combate à pandemia.

CLASSIFICAÇÃO DE RISCO DOS MUNICÍPIOS DO ES

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.