ASSINE

Auxílio de R$ 600: 2ª parcela só cai um mês após a primeira

Inicialmente, devido ao atraso para concessão do benefício, a Caixa informou que as pessoas poderiam receber duas ou até três parcelas de uma só vez

Publicado em 19/05/2020 às 18h03
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa-Família. Crédito: Vitor Jubini

Pelo menos 8,3 milhões de brasileiros começaram a receber a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 nesta terça-feira (19), seguindo o mês de nascimento. Mas para que a segunda caia na conta dos novos aprovados, eles terão que esperar mais 30 dias. Para receber a terceira, outros 30 dias. 

Depois de uma longa espera, essas pessoas tiveram o cadastro aprovado na semana passada. Muitas viram o benefício ser negado por dados inconclusivos ou por que havia dados errados no sistema do Dataprev, empresa que analisa a concessão dos benefícios.

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, em uma transmissão na rede social do banco, quem receber a primeira parcela agora precisará esperar um mês para receber a segunda e outro mês para receber a terceira.

Inicialmente, devido ao atraso para concessão do benefício, a Caixa informou que as pessoas poderiam receber duas ou até três parcelas de uma só vez. Mas, por determinação do Ministério da Cidadania, isso não será mais possível.

Até esta terça-feira (19), de acordo com dados da Caixa, 54,8 milhões de pessoas receberam o auxílio emergencial. Ao todo foram pagos R$ 39,2 bilhões.

As inscrições para receber o benefício vão até o dia 02 de julho. De acordo com a Caxa, passada a data, o site e o aplicativo serão utilizados apenas para acompanhar o pagamento do benefício ou o processamento do pedido. Todas as pessoas que tiverem o cadastro aprovado, independentemente da data, receberão três parcelas do auxílio.

O problema é que ainda existe uma grande parcela da população que tem direito ao valor, mas que teve o benefício negado por dados inconclusivos ou erros do próprio sistema. Em alguns casos, mesmo após novos dados serem processados, eles ainda continuam tendo o pedido negado pelo mesmo motivo. 

A  segunda parcela do benefício começou a ser paga na última segunda-feira (18) para quem recebe Bolsa-Família. No caso dos demais, o novo cronograma terá início nesta quarta-feira (20). Os pagamentos serão executados seguindo o mês de nascimento do beneficiário.

Porém, desta vez, esse crédito será feito em uma conta poupança digital da Caixa e será permitido somente o seu uso para pagar contas, pelo aplicativo da Caixa. Quem quiser sacar o dinheiro em espécie ou fazer transferências precisará aguardar uma nova rodada de pagamento, que começa no dia 30 de maio e termina em 13 de junho. A ordem de pagamento também seguirá o mês de nascimento do beneficiário. A medida não afeta o Bolsa-Família. 

As medidas são para evitar as grandes aglomerações causadas pelas extensas filas para receber o auxílio. Outro motivo é a falta de cédulas para realizar os pagamentos, isso porque 90% dos R$ 35,5 bilhões que foram pagos foram sacados em espécie. Com o comércio fechado e a formação de reservas financeiras,  esse dinheiro não retornou para a economia, o que equilibraria a demanda pela moeda.

VEJA QUANDO SERÁ O PAGAMENTO

Para quem ainda vai receber a primeira parcela do auxílio emergencial

As datas dos pagamentos da primeira parcela, de acordo com o mês de nascimento do beneficiário, são: 

  • Janeiro: 19/05 
  • Fevereiro: 20/05 
  • Março: 21/05 
  • Abril: 22/05 
  • Maio: 23/05 (sábado) 
  • Junho: 23/05 (sábado) 
  • Julho: 23/05 (sábado) 
  • Agosto: 25/05 
  • Setembro: 26/05 
  • Outubro: 27/05
  • Novembro: 28/05 
  • Dezembro: 29/05

De acordo com a Caixa, para o público que começou a receber a primeira parcela depois do dia 30 de abril, as datas de liberação da segunda parcela do benefício serão divulgadas posteriormente pelo Ministério da Cidadania.

Para quem vai receber a segunda parcela do auxílio emergencial

A segunda parcela do auxílio emergencial, para quem já havia sido aprovado e recebeu a primeira, também está sendo feita esta semana. Já começaram a receber os beneficiários que fazem parte do programa Bolsa-Família. 

Já nesta quarta-feira (20) começam a receber as pessoas nascidas em janeiro e fevereiro, por meio da conta digital.

Calendário de pagamento do auxílio da Caixa
Calendário de pagamento do auxílio da Caixa. Crédito: Reprodução/Diário Oficial

O saque dos valores só estará disponível a partir do dia 30 de maio.

Calendário de pagamento do auxílio da Caixa
Calendário de pagamento do auxílio da Caixa. Crédito: Reprodução/Diário Oficial

(Com informações de Giordany Bozzato)

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.