ASSINE

Pagamento da segunda parcela de R$ 600 começa sem filas, diz Caixa

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, o movimento nas agências foi tranquilo, ao contrário do visto durante o pagamento da primeira parcela

Publicado em 18/05/2020 às 19h23
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Aglomeração foram registradas durante o pagamento da primeira parcela. Crédito: Vitor Jubini

O calendário de pagamentos da segunda parcela do auxílio emergencial começou nesta segunda (18), para beneficiários do Bolsa Família com o número do NIS final 1. São cerca de 1,8 milhões de pessoas que já podem sacar o dinheiro.

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, o movimento nas agências foi tranquilo, ao contrário do visto durante o pagamento da primeira parcela. Guimarães atribui a melhora ao escalonamento de pagamentos.

Para evitar as longas filas do mês passado, a Caixa ampliou o cronograma de pagamentos, reduzindo o número de beneficiários por dia nas agências. Além de separar o pagamento pelo número do NIS, o calendário obedece o mês de nascimento dos inscritos no auxílio emergencial.

Segundo Guimarães, são esperadas nos próximos dias cerca de 750 mil pessoas do Bolsa Família e mais 750 mil inscritos pelo aplicativo ou site por dia nas agências para o resgate do auxílio emergencial.

Nesta terça (19), vão receber os beneficiários do Bolsa Família com número NIS final 2 e os novos aprovados para o auxílio emergencial nascidos em janeiro. Já quarta-feira (20), começa a ser feito o depósito da verba para beneficiários que não estão no Bolsa Família.

Até o momento, mais de 60 milhões de trabalhadores foram aprovados para receber as três parcelas de R$ 600 ou R$ 1.200. Número três vezes maior do que a estimativa inicial do governo Bolsonaro.

A prioridade, afirma o banco em nota, ainda é manter o atendimento digital. "Dessa forma, reforça a orientação para que os recursos do auxílio sejam movimentados por meio do Caixa Tem a fim de evitar filas e aglomerações."

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.