ASSINE

Segunda parcela dos R$ 600 não pode ser transferida para outros bancos

Os recursos estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual

Publicado em 16/05/2020 às 06h00
Atualizado em 16/05/2020 às 06h00
Fila na agência da Caixa da Avenida Aracruz, em Itaparica, Vila Velha
Fila na agência da Caixa da Avenida Aracruz, em Itaparica, Vila Velha. Crédito: Carlos Alberto Silva

A segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 pago pelo governo federal não poderá ser transferida da Caixa para outros bancos. De acordo com a Portaria número 386, publicada na quinta-feira (14), “os recursos estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual”.

Durante os pagamentos feitos da primeira parcela, em abril, havia também a possibilidade de transferência, sem custos, do auxílio para outras instituições bancárias.

A Portaria 386 é a mesma que define as datas para pagamento da segunda parcela do benefício, que terá início na quarta-feira (20) para os cadastrados no aplicativo ou site da Caixa. Assim como aconteceu na primeira parcela, primeiro o pagamento será feito por meio digital. O saque físico dos valores estará disponíveis a partir de segunda (18) para os membros do Bolsa Família e a partir do dia 30 de maio para os demais públicos.

Calendário de pagamento do auxílio da Caixa
Calendário de pagamento do auxílio da Caixa. Crédito: Reprodução/Diário Oficial
Calendário de pagamento do auxílio da Caixa
Calendário de pagamento do auxílio da Caixa. Crédito: Reprodução/Diário Oficial

AGÊNCIAS FICAM FECHADAS NESTE FINAL DE SEMANA

As agências da Caixa não estarão abertas neste sábado (16), para o atendimento dos beneficiários do auxílio emergencial que está sendo pago pelo governo federal. “A Caixa tem ampliado o horário de funcionamento e investiu em diversas atualizações do aplicativo para os beneficiários do auxílio, mas, neste sábado, não teremos expediente, as agências não vão abrir”, informou o Superintendente de Rede da Caixa Econômica Federal no Espírito Santo, Denis Matias, em entrevista à rádio CBN Vitória, nesta sexta-feira, 15. Os caixas eletrônicos, no entanto, funcionam normalmente.

“Este é um momento em que os colaboradores do banco têm tido dias bastante intensos e eles precisam descansar para que a gente retome com carga total na próxima semana, já iniciando o pagamento da segunda parcela”, acrescentou o representante da Caixa.

MÃES MENORES DE 18 ANOS VÃO RECEBER O AUXÍLIO

As mães adolescentes também vão passar a receber o auxílio emergencial liberado pelo governo federal. A inclusão delas entre os beneficiários do programa foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (15). A partir de agora, as mães menores de 18 anos podem se cadastrar no site ou no aplicativo da Caixa para receber a ajuda financeira.

A proposta aprovada por deputados federais e senadores também estendia o auxílio para profissionais informais que não estão inscritos no Cadastro Único – beneficiando motoristas de aplicativos, vendedores porta a porta e ambulantes –, mas esse trecho do texto foi vetado pelo presidente Jair Bolsonaro. Os vetos ainda serão avaliados pelo Congresso. Eles podem ser mantidos ou derrubados.

O presidente justificou o veto afirmando que a proposta iria privilegiar algumas profissões em detrimento de outras. Além disso, o Congresso não especificou qual seria a origem da verba, nem o impacto do aumento das despesas nas contas públicas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.