ASSINE

Mapa de Risco: número de cidades em risco extremo sobe para 42 no ES

Mais cinco municípios passam a integrar o maior nível de risco de transmissão da Covid-19 no Estado e, assim, também terão novas restrições em atividades

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 09/04/2021 às 20h08
Mapa de risco: comparativo semanal de 9/4
Comparativo do mapa: em uma semana, mais cinco municípios entraram no risco extremo. Crédito: Divulgação/Governo do ES

O novo mapa de transmissão da Covid-19 no Espírito Santo, com vigência a partir de segunda-feira (12), traz 42 municípios em risco extremo - cinco a mais do que na última semana. Pedro Canário, Domingos MartinsEcoporangaMimoso do Sul Santa Teresa passam a integrar o maior nível de risco de disseminação da doença no Estado. 

Essas cidades migraram do risco alto que, agora, tem 34 municípios sob essa classificação. O mapa fecha com dois que se mantiveram em risco moderado - Conceição da Barra e Ibitirama - que, neste caso, tem vigência de sete dias. 

A nova classificação foi apresentada na noite desta sexta-feira (9), em pronunciamento do governador Renato Casagrande.

Para os municípios que são classificados em risco alto e extremo, o mapa tem vigência de 14 dias. As cidades que assim foram classificadas na última sexta-feira (2), ainda têm pelo menos uma semana para cumprir as restrições impostas para cada nível, segundo a assessoria do governo. Já os cinco municípios que agora apresentam uma escala mais grave de transmissão da Covid-19, vão precisar contar duas semanas, a partir de segunda. 

"Vejam que os municípios maiores ainda estão em risco extremo, como é o caso da Região Metropolitana, ou municípios-polo, com exceção de São Mateus, que também continuam em risco extremo. A situação de pandemia ainda é de muita gravidade no Estado do Espírito Santo", ressalta o governador. 

RESTRIÇÕES

No risco extremo, entre outras medidas, o funcionamento do comércio fica restrito a três dias da semana - quartas, quintas e sextas-feiras - e com horário limitado. Nas lojas de rua, das 10 às 18 horas, e, nos shoppings, do meio-dia às 20 horas. Bares permanecem fechados, enquanto os restaurantes só podem abrir das 10 às 16 horas. 

As escolas estão autorizadas a funcionar apenas com atividades remotas e os bancos só têm atendimento presencial para o pagamento de benefícios do governo. Supermercados podem funcionar apenas até as 20 horas, e, em domingos e feriados, devem permanecer fechados. As lotéricas que, a princípio, estavam com funcionamento restrito a alguns dias da semana, agora podem funcionar de segunda a sábado, até as 20h. 

Nos municípios classificados com risco alto para a transmissão da Covid-19, não há limitação de dias de semana para funcionamento do comércio, mas os horários são restritos como os das cidades de risco extremo. Bares também não podem funcionar e as escolas devem seguir com atividades remotas. 

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.