ASSINE

#FiquemEmCasa: leitores fazem apelo para conter coronavírus

O risco de que o Brasil tenha uma sobrecarga nos hospitais tem aumentado a adesão das pessoas ao isolamento social

Publicado em 20/03/2020 às 13h39
Isolamento social é uma das medidas para evitar contágio por Covid-19. Crédito: Congerdesign/ Pixabay
Isolamento social é uma das medidas para evitar contágio por Covid-19. Crédito: Congerdesign/ Pixabay

O número de mortes por coronavírus no mundo ultrapassou a marca de 10 mil pessoas nesta semana e diversos países, entre eles o Brasil, enfrentam medidas drásticas para conter a pandemia. No Espírito Santo, o governador Renato Casagrande decretou o fechamento de cinemas, teatrosacademias e shoppings, entre outros estabelecimentos. 

A população está se adaptando à quarentena, diante do forte apelo dos especialistas para que se evite ao máximo sair de casa.  Muitos trabalhadores foram dispensados para atuar de casa, enquanto outros tiveram férias antecipadas. Profissionais de diversas categorias, especialmente dos serviços essenciais, como segurança, transporte e alimentação, têm que continuar com a rotina normal. Na linha de frente da batalha contra o vírus, os profissionais de saúde têm recebido homenagens.

O risco de que o Brasil tenha uma sobrecarga nos hospitais tem aumentado a adesão das pessoas ao isolamento social, que tem sido amenizado com o crescimento dos serviços de delivery e a criação de diversos conteúdos online, como festivais de música. Esses e outros aspectos da pandemia foram debatidos pelos leitores de A Gazeta nas redes sociais. Confira:

Este vídeo pode te interessar

Passou da hora de os brasileiros entenderem a situação de guerra. Fiquem em casa, o Brasil tem que parar… (Nilton Marques)

Se todos não ajudarem, vão morrer muitas pessoas como foi na Itália. E a responsabilidade, fica como? Cada um cuida de si para, no final, todos terem saúde. (Rose Carvalho)

Pessoal, não é só idosos que adoecem, não! Nos EUA, 35 % dos internados e entubados são jovens ou pessoas fora do grupo de risco, entre 20 e 55 anos! Vamos nos prevenir! Para quem não sabe, quando o vírus começa a dar falta aguda de ar na pessoa, internam e ela fica entubada, respirando com ajuda de aparelhos! A coisa é séria ! #fiqueemcasa quem puder! (Cleiton Nogueira)

O mundo está desesperado. Me dá tristeza pensar quando esse vírus atingir nossa população do SUS... Aí o tombo será grande, porque infelizmente não temos um passado próspero, com grandes hospitais e centros de reabilitações… (Su Guedes)

Parabéns a todos profissionais que estão lutando por nós, e parabéns aqueles que estão fazendo a quarenta, infelizmente muitos ainda não levam a sério. (Regiane Kayla Sathler)

Me arrepiei com os moradores de condomínio da Serra rezando e cantando das janelas. Em meio ao caos, vendo essa cena de amor ao próximo, meu amor àqueles que estão obrigados a estarem de frente com o vírus, por nós. (Dayane Guimarães)

Que Deus proteja a todos, qualquer que seja o seu trabalho, mais ainda quem está neste momento fazendo o seu melhor em prol daqueles que do serviço necessitam, ainda que correndo mais riscos. Com toda certeza, Deus não os abandonará. (Alzira Camporez Raphaeli Balbi)

Até quando vão esperar para colocar todos em quarentena? Vão esperar o vírus se alastrar ainda mais? Em Fortaleza mandarem fechar tudo! Só supermercado, farmácia e unidades de atendimento abertas, vou lembrar disso na próxima votação, acho que nossos governantes querem que chegue a situação igual da Itália. (Marcos Silva)

Infelizmente haverá ainda muitas vítimas! Particularmente, não acredito que a China tenha divulgado o total correto de óbitos, basta considerar a população deles, penso que o real seja 4 a 6 mil. (Siberie Andrade)

Acho absurdo esconder a realidade, pois se um infectado passa para quem está próximo, como que aqui no Espírito Santo tem só 13 casos? (Neuma Ab)

São 13 casos no ES confirmados, mas tem muitos aí que estão infectados e levando na brincadeira, e isso fará aparecer centenas. Além disso tem pessoal com teoria da conspiração dizendo que o vírus não existe. Complicado. (Laxus Dreyar)

Gente, tem pessoas ricas fazendo compras de 8 mil reais, sim, 8 mil reais, em Praia da Costa e Praia do Canto. Imaginem se tivéssemos problema com abastecimento nos supermercados? Esse povo rico iria se abastecer e o pobre morreria de fome. O egoísmo das pessoas me assusta! (Juliana Santana)

Não vejo tanta necessidade de estocar produtos. Acho que as pessoas estão ficando fora de si e, ao mesmo tempo, criando uma grande bola de neve por egoísmo. Aqui na Inglaterra também virou um pandemônio com isso, de início uma única pessoa podia comprar o estoque todo… com o tempo começou a estipular não mais que 4 itens por pessoa… agora é 1 por pessoa e não tem discussão. A crise existe, mas quem está fazendo virar um pandemônio somos nós, seres humanos, que estamos passando de racionais para irracionais. (Herivelto Daré Salvador)

Quero ver mostrarem o morro descendo para ter mercado aberto, pão quentinho na padaria, carne no açougue... porque quarentena é privilégio sim! (Sérgio Alexandre)

O INSS não está liberando nem o benefício por afastamento de saúde, quem dirá novos benefícios em meio a uma pandemia. Meu namorado se acidentou, passou pela perícia, encostou e está sem receber há 2 meses. (Ingrid Carrafa)

Pessoal, levem a sério essa histeria em cima do coronavírus, pois aqui na Europa está tudo fechado. Os hospitais estão tendo que escolher quem eles atendem, porque não há leitos suficientes. Sendo assim, muitos estão sendo mandados para morrerem em casa. Há também o fato de que, quando morrem, a família nem sequer pode ver ou velar o corpo. Está um caos! (Jackson Guasti)

Espero que, ao fim desta pandemia de vírus, nós, seres humanos, aprendamos o quanto fazemos mal para a fauna ou a natureza em geral! (Emerson Rodrigues)

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.