ASSINE

Perto do eleitor e 100% digital, A Gazeta fará ampla cobertura das eleições 2020

Página de candidatos, vídeos explicativos, entrevistas, apuração em tempo real e pesquisas do Ibope são alguns dos conteúdos a que o capixaba poderá ter acesso para escolher em quem votar

Publicado em 13/10/2020 às 06h00
Homem a acessa o site A Gazeta
Site A Gazeta tem conteúdo especial sobre as eleições municipais de 200. Crédito: Freepik

A Gazeta fará uma cobertura jornalística ampla e robusta das eleições municipais de 2020.  O objetivo é estar sempre ao lado do (e)leitor, com informações em primeira mão, notícias exclusivas, agilidade e análise. Tudo distribuído de acordo com o perfil do público: das notificações no celular às redes sociais. A intenção é auxiliar o eleitor do Espírito Santo na escolha dos candidatos a prefeito e a vereador das suas cidades. Conteúdos que já fazem parte da tradição quase centenária do jornal, como as pesquisas de intenção de voto,  estarão ao lado de outros formatos, como os podcasts. 

Esta é primeira cobertura eleitoral com produção totalmente digital em A Gazeta. Entrevistas com candidatos, vídeos explicativos,  verificação de desinformação e podcasts com as histórias das cidades capixabas estão entre os produtos elaborados até novembro. Além disso, pela primeira vez, o Ibope, instituto de pesquisas mais tradicional do Brasil, fará todas as pesquisas de intenção de voto encomendadas por A Gazeta - em Vitória, Serra, Vila Velha, Cariacica, Cachoeiro de Itapemirim, Colatina e Linhares. 

Ao lado da preocupação com a produção de conteúdo de qualidade, outro objetivo é que os eleitores recebam, onde estiverem e no meio que preferirem, as informações úteis para embasar o voto.  O capixaba poderá acessar as notícias e os produtos no site e no jornal semanal A Gazeta, na Rádio CBN Vitória e nas redes sociais (FacebookInstagram e Twitter).  Os eleitores também poderão receber as informações nos aplicativos de mensagem que já estão acostumados, como o WhatsApp e o Telegram.

A realização do pleito deste ano é um desafio para toda a sociedade, devido à pandemia do novo coronavírus, frisou a editora-chefe de Redação A Gazeta/CBN Vitória, Elaine Silva. Neste contexto, explicou, a redação preparou uma cobertura completa e exclusiva, mas sem colocar em risco seus profissionais.

"Teremos três pilares importantes nesta cobertura: serviço para o eleitor votar bem, checagem dos fatos para combater a desinformação e iniciativas digitais para levar ao leitor o maior conteúdo jornalístico das eleições capixabas", disse Elaine. 

"Nosso compromisso é fazer um Espírito Santo melhor por meio de informação checada e relevante. É isso que os leitores e ouvintes vão encontrar nos nossos diversos canais", completou. 

O diretor-geral de Jornalismo da Rede Gazeta, Abdo Chequer, reforçou a missão da empresa de levar informações para o eleitor no período eleitoral e ao longo dos quatro anos de mandato dos eleitos. 

"A Gazeta tem o compromisso histórico com a sociedade e com a democracia de cobrar dos nossos representantes propostas que melhorem a vida das pessoas. O que farão pela nossa segurança? E pela saúde? E pela educação? E pelos empreendedores? Faremos isso agora, no período eleitoral, e vamos, ao longo dos próximos quatro anos, cobrar dos vencedores os resultados. Esta é a nossa missão", afirmou.

Ao todo, 150 profissionais da Rede Gazeta estarão envolvidos na cobertura eleitoral, devido à integração das equipes de A Gazeta, CBN Vitória e TV Gazeta. 

A preparação para a cobertura eleitoral deste ano começou ainda em 2019, como explicou a editora de Política de A Gazeta, Samanta Nogueira. "O processo eleitoral deste ano é completamente diferente dos anos anteriores, devido à pandemia e também ao número elevado de candidatos na maioria das cidades. Mas os desafios deste pleito são compensados pelo nosso planejamento, que começou ainda no ano passado, para que pudéssemos fornecer informações completas e precisas para os eleitores capixaba."

A editora de Política ressaltou que os produtos e os conteúdos foram pensados para aproximar o eleitor de um assunto considerado árido e complexo. "A política está no dia a dia das pessoas, mas muitas têm dificuldade em compreender ou rejeitam o tema. Por isso, decidimos aliar aos conteúdos mais densos a produtos mais leves, com história e humor, além de torná-los mais acessíveis no celular, que está o dia todo na palma das nossas mãos", finalizou Samanta. 

VEJA OS DESTAQUES DA COBERTURA ELEITORAL DE A GAZETA

  • Página de candidato - As informações prestadas pelos candidatos das 78 cidades capixabas à Justiça Eleitoral estarão concentradas numa ferramenta prática e fácil. Os eleitores poderão compartilhar esses dados via WhatsApp para os seus contatos. 
  • Combina com você? - Em uma ferramenta dinâmica, os eleitores vão responder a um questionário para saber qual candidato combina com o perfil dele e tem a ver com o que ele quer para a cidade onde mora. 
  • Vídeos explicativos - Para esclarecer alguns conceitos para os eleitores, como o papel do prefeito e o papel do vereador, serão publicados vídeos no site e nas redes sociais, com linguagem simples e clara.
  • Raposa política - A personagem, conhecida pelos leitores do jornal impresso desde outras eleições, vai ganhar vida neste ano. Em vez de uma coluna escrita, a raposa política falará com humor sobre episódios da campanha eleitoral em vídeo. 
  • Podcast "Da Vila ao Espírito Santo" - Os eleitores poderão conhecer as histórias das 78 cidades capixabas, desde a construção até os principais fatos políticos, em uma série de programas em áudio, que estarão disponíveis nas plataformas digitais. 
  • Comparador de propostas - Ferramenta desenvolvida por A Gazeta mostrará as propostas dos candidatos para as cidades do Estado, organizadas por temas. 
  • Entrevistas com os candidatos - Já tradicionais na cobertura eleitoral, as entrevistas com os candidatos serão realizadas para que os eleitores tenham acesso às principais propostas para as cidades do Estado. 
  • Checagem de discurso - Trechos dos discursos dos candidatos a prefeito serão verificados pela equipe de reportagem, que informará o que corresponde à realidade ou não. 
  • Apuração em tempo real - No dia 15 de novembro, os eleitores poderão acompanhar a contagem dos votos oficial da Justiça Eleitoral no site de A Gazeta. Em caso de segundo turno, a ferramenta também estará disponível em 29 de novembro. 
  • Resultado da eleição - Após a totalização dos votos, os eleitores de cada cidade capixaba poderão conferir quem foram os eleitos a prefeito e a vereador pelos próximos quatro anos. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.