ASSINE

Conheça o perfil dos candidatos a prefeito de Linhares nas eleições de 2020

No maior município do Norte do Espírito Santo seis nomes estão na  disputa pelo comando da prefeitura

Publicado em 13/10/2020 às 15h09
Prefeitura de Linhares decreta luto oficial de três dias pela morte de Nozinho Corrêa
Prefeitura de Linhares. Comando da cidade é disputado por seis candidatos. Crédito: Prefeitura de Linhares/Divulgação

Enquanto muitas cidades tiveram um aumento expressivo no número de candidaturas a prefeito, em Linhares essa evolução foi mais tímida. Quatro anos atrás, cinco candidatos disputaram o controle do Executivo linharense. Agora, seis nomes concorrem ao comando do maior município do Norte do Espírito Santo.

Vencedor em 2016, o atual prefeito Guerino Zanon (MDB) tenta a reeleição e o quinto mandato no cargo. Além dele, Eliana Dadalto (Podemos) é outra remanescente da última disputa pelo Executivo. Entre os outros nomes, aparecem o do deputado estadual Marcos Garcia (PV) e o do advogado e professor universitário Lucas Scaramussa (DC). Todos eles formaram chapas com outras legendas.

Outros dois candidatos estão concorrendo com chapas puro-sangue, ou seja, em que o partido disputa sozinho e tem os candidatos a prefeito e a vice da mesma sigla. Curiosamente, eles estão usando a profissão de professor no nome de urna: Antônio de Freitas (PT) e Igor Bellucio (PSOL).

Veja, em ordem alfabética, quem são eles, por onde já passaram e suas experiências na política:

ELIANA DADALTO (PODEMOS)

Eliana Dadalto (Podemos)
Eliana Dadalto . Crédito: Assembleia Legislativa do Espírito Santo

Eliana Dadalto (Podemos) é formada em Letras, especialista em Administração e Planejamento de Projetos Sociais. Ela já trabalhou como professora e também como empresária do ramo de confecções. Dadalto é a única mulher que disputa o comando do Executivo linharense em 2020.

Aos 60 anos, ela foi segunda colocada nas eleições 2016, com 14,38% dos votos. Para 2020, deixou o PTC e se filiou ao Podemos para tentar chegar ao comando do Executivo. Desde a pré-campanha, Eliana Dadalto aposta na alternativa de se colocar como principal força de oposição ao atual prefeito, uma clara tentativa de polarização com a gestão Zanon. 

Ela participava de movimentos da Igreja Católica. De 2005 a 2008, foi secretária de Assistência Social na gestão de José Carlos Elias, cunhado dela e então aliado. Em 2010, candidatou-se a deputada federal, mas não foi eleita.

Em 2012, foi eleita vice-prefeita com Nozinho Correa – segundo ela, sob a promessa de se tornar novamente secretária de Assistência Social. A promessa, relata, não foi cumprida e, escanteada por Nozinho, ela rompeu politicamente com ele logo no início do mandato.

Entre 2015 a 2018 ela foi deputada estadual pelo PTC, eleita com 12.345 votos. Na Assembleia Legislativa, assumiu a presidência da Comissão de Assistência Social, as titularidades das comissões de Saúde, Agricultura e Justiça e o cargo de Procuradora-adjunta da Procuradoria da Mulher na Assembleia Legislativa do Espírito Santo.

Nas eleições 2018, Eliana Dadalto tentou se reeleger para uma vaga na Assembleia Legislativa do Espírito Santo, mas não teve sucesso. Na oportunidade, obteve 13.568 votos.

Além do seu partido, Eliana Dadalto conta com o apoio de Avante e PSL.

O candidato a vice é o jornalista e radialista Ozéias Farias (Podemos).

GUERINO ZANON (MDB)

Guerino Zanon (MDB)
Guerino Zanon. Crédito: Divulgação/ Assessoria

Atual prefeito de Linhares, Guerino Luiz Zanon (MDB) é experiente na vida pública. Em 2020, ele tenta chegar ao comando do município pela quinta vez. Zanon é apontado como favorito para seguir na prefeitura. Nas últimas eleições, venceu com uma votação expressiva: 73,57% dos votos válidos

Aos 64 anos, o prefeito é professor licenciado de Física da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Guerino atuou como professor de 1977 a 1995. Também foi diretor do Colégio Cristo Rei, de 1983 a 1996, e diretor da Faculdade Unilinhares.

Ainda na educação, foi membro titular do Conselho Estadual de Educação, de 1990 a 1992, e  um dos fundadores da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis de Linhares, a qual presidiu de 1983 a 1996.

Começou na carreira política como secretário de Planejamento da Prefeitura de Linhares, de 1993 a 1996, e em seguida prefeito da cidade por quatro mandatos: 1997 a 2000; 2001 a 2004 e de 2009 a 2012, e o atual, de 2017 a 2020. O MDB é o único partido ao qual  ele se filiou em toda a carreira política. 

Foi deputado estadual por duas vezes, sendo eleito presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, cargo que ocupou de 2007 a 2008.

Ele também foi secretário estadual de Esportes e Lazer do governo Paulo Hartung em duas oportunidades: de 2005 a 2006 e de janeiro a junho de 2016.

Em sua gestão, o prefeito aposta na marca que o acompanha desde suas passagens anteriores pelo cargo: o desenvolvimento econômico da cidade, escorado principalmente em um trabalho maciço de atração de novas empresas e investimentos para o município.

Recentemente, o colunista de política de A GazetaVitor Vogas, trouxe a informação que Guerino Zanon é cotado como possível candidato ao governo do Estado em 2022, contra Renato Casagrande (PSB). Ele poderia ser lançado pelo grupo político do ex-governador Paulo Hartung (ex-MDB, hoje sem partido), com quem tem alinhamento histórico. Fontes da coluna confirmam que esse comentário já circula em gabinetes da Prefeitura de Linhares.

Além do MDB, Republicanos, Rede, PSC e PSDB apoiam Guerino Zanon.

Bruno Margotto Marianelli (Republicanos), ex-secretário de Planejamento e Finanças de Linhares, foi escolhido como vice na chapa.

LUCAS SCARAMUSSA (DC)

Lucas Scaramussa (DC)
Lucas Scaramussa. Crédito: Divulgação/ Assessoria

Lucas Scaramussa (DC), 41 anos, é graduado em Direito pelo Centro Universitário do Espírito Santo, em 2003, e pós-graduado em Direito Penal e Direito Processual Penal. Scaramussa é ex-conselheiro Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Com escritório próprio na cidade, o advogado atua nas áreas de direito público, criminal e ambiental. Desde 2005, também é professor de Direito da faculdade Pitágoras. Antes de começar a advogar, foi vendedor no comércio local. O advogado conta com o apoio de Solidariedade, PSD e PDT em sua coligação. O vice é o engenheiro Maurinho (PSD). 

Na política, ele foi secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Naturais da Prefeitura de Linhares em duas oportunidades (2009/2012) e (2017/2018). Esta é a segunda eleição da qual ele participa. Concorreu ao cargo de deputado estadual em 2018 pelo MDB e obteve 15.925 votos. Não se elegeu.

Durante essas experiências, era aliado do prefeito Guerino Zanon, mas após o pleito de 2018 eles se afastaram. Agora Scaramussa disputa contra ele.

MARCOS GARCIA (PV)

Marcos Garcia (PV)
Marcos Garcia. Crédito: Divulgação/ Assessoria

Marcos Garcia (PV) é deputado estadual desde 2019, em seu primeiro mandato neste cargo, eleito com 13.442 votos. Com 54 anos, a eleição de 2018, que o tornou parlamentar, foi a primeira que Garcia disputou.

Garcia é um empresário estabelecido em vários ramos em Linhares: construção civil, irrigação, cafeicultura. Também já foi dono de restaurante e de cerimonial, além de já ter empreendido no mercado imobiliário. Embora tenha vencido sua primeira eleição em 2018, atua nos bastidores da política há cerca de 20 anos, já tendo passado (inclusive como dirigente) pelo PP e pelo então PRB (atual Republicanos).

O deputado é técnico em contabilidade e graduando em Ciências Políticas. Marcos Garcia é um dos fundadores e foi o primeiro presidente da Associação de Meio Ambiente, Inovação e Sustentabilidade (Amais), de Linhares.

Na Assembleia, assume uma postura alinhada ao governo Casagrande. Ele faz parte das comissões de Agricultura, da qual é vice-presidente, de Meio Ambiente e de Finanças, e da Comissão Especial de Fiscalização da BR 101 da Assembleia Legislativa.

Para esta eleição, Marcos Garcia, tem uma ampla coligação com PV, PP, PSB, DEM, PTB e o Cidadania. Partidos que fazem parte da base do governo Casagrande. O vice de Marcos Garcia é o presidente licenciado do Sindicato Rural de Linhares, Antonio Roberte Bourguignon, do PP.

PROF. ANTONIO DE FREITAS (PT)

Professor Antônio (PT)
Professor Antônio. Crédito: Divulgação/ Assessoria

Antonio de Freitas tem 58 anos e disputa pela primeira vez uma eleição. Ele é formado em Matemática pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e possui mestrado em Estatística e Experimentação Agropecuária pela Universidade Federal de Lavras, em Minas Gerais.

O professor é natural de Linhares e já trabalhou em escolas da rede municipal de Vitória e escolas da rede estadual de Cariacica e Vila Velha, no período de 1987 a 1994. Desde 1994 ele leciona na rede federal de ensino. Sendo diretor-geral no Instituto Federal do Espírito Santo entre 2013 e 2017.

A vice de Antônio é a supervisora de vendas externas Juliana Ramalho (PT), de 37 anos.

PROFESSOR IGOR BELLUCIO (PSOL)

Igor Bellucio (PSOL)
Igor Bellucio . Crédito: Divulgação/ Assessoria

Aos 35 anos, Igor Bellucio (PSOL) é o candidato mais jovem na eleição para o Executivo linharense.  Atualmente ele atua como professor efetivo em uma escola de ensino médio da rede estadual. O vice na chapa é João Paulo Gusmão, do mesmo partido, que também leciona no ensino médio.  

Em 2012, ele se formou em Física na Universidade Federal do Espírito Santo. Em 2019 ele concluiu o mestrado em Ensino de Física pelo Instituto Federal do Espírito Santo.

O professor se filiou ao PSOL em 2013. Essa é a primeira vez que disputa uma eleição. Bellucio atuou no movimento estudantil quando era aluno da Ufes. Além disso, já foi presidente da Associação de Moradores do Parque Residencial Jardim Laguna e líder dos movimentos populares de 2013.

Bellucio destaca que não tem padrinhos políticos e nem articulação com grandes empresários, mas tem o apoio de alunos, ex-alunos e de colegas de trabalho por onde passou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Linhares Prefeitura de Linhares Eleições 2020 linhares ES Norte Política

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.