ASSINE

Com apoio de Chiabai, Podemos confirma Arnaldinho candidato em Vila Velha

Chapa com 26 vereadores também foi anunciada durante convenção do partido, realizada em modelo drive-in. Vice deve ser indicado por outro partido

Publicado em 10/09/2020 às 09h25
Ricardo Chiabai (Cidadania), Vitor Linhalis (Solidariedade)
No lançamento da candidatura de Arnaldinho Borgo (Podemos) estiveram reunidos dirigentes de outros partidos como Cidadania, PTC e Solidariedade. Crédito: Assessoria de Imprensa

O Podemos oficializou na noite desta quarta-feira (9) o nome do vereador Arnaldinho Borgo como candidato a prefeito de Vila Velha. O anúncio, que já era esperado, foi feito durante convenção partidária realizada em modelo drive-in, no estacionamento ao lado da Faculdade Novo Milênio, no bairro Coqueiral de Itaparica.

O evento não teve a participação do senador Marcos do Val, também do Podemos, que apoia outro candidato na cidade, o tenente-coronel Wagner Borges, mas contou com a presença do também vereador e pré-candidato a prefeito no município Ricardo Chiabai (Cidadania), que subiu ao palco para declarar apoio ao projeto de Arnaldinho. 

"Gostaria muito de contribuir para que a gente possa apresentar à cidade de Vila Velha uma alternativa a essa política atrasada, retrógrada", disse Chiabai. “Então, irmão, estamos à sua disposição para ajudar nesse processo." 

Durante a convenção, o Podemos também anunciou chapa completa de vereadores, com 26 candidatos: 18 homens e oito mulheres. O nome do vice ainda não foi definido, mas pode vir de alguma das legendas que já firmaram apoio ao partido na cidade, como o Solidariedade e o PTC, e até mesmo o Cidadania. 

"Até o momento, temos dois candidatos a vice: o Victor Linhalis, que foi apresentado pelo Solidariedade, e outro que deve ser indicado pelo PTC. Mas ainda precisamos debater para ver o que é melhor para o partido. Temos dialogado muito com o Cidadania. O Chiabai pode vir sim a ser uma composição da nossa chapa, caso a aliança seja firmada e haja interesse", disse Arnaldinho. 

Tanto Victor Linhalis, do Solidariedade, quanto o presidente estadual do PTC, Adriano Rocha, que deve ser o nome indicado para compor a chapa de Arnaldinho, estiveram na convenção.  

Chiabai, apesar de se dizer à disposição do colega parlamentar, não anunciou a retirada da pré-candidatura. A convenção do Cidadania em Vila Velha está marcada para o próximo dia 14. "O Cidadania está à disposição para construção de um projeto alternativo na cidade contra a atual gestão. A possibilidade de aliança com Arnaldinho não está descartada, mas continuo pré-candidato”, afirmou Chiabai à reportagem.

Arnaldinho tem 36 anos e está finalizando seu segundo mandato na Câmara de Vila Velha. Nas eleições de 2016, foi o vereador mais votado na história do município, com 5.932 votos válidos. É formado em administração de empresas e também já foi secretário de Assistência Social na administração de Rodney Miranda (DEM).

Na Câmara, destacou-se por ser um dos principais críticos à gestão do prefeito Max Filho (PSDB). Caso eleito, ele afirma que trará uma administração bem diferente do que já foi feito na cidade. 

Arnaldinho Borgo

Candidato a prefeito de Vila Velha

"Nosso propósito é fazer diferente tudo que o prefeito atual e os outros não fizeram. Uma gestão com tecnologia e inovação para planejar, executar e avaliar as políticas. Fazer política com assertividade, ouvindo o povo de Vila Velha"

SEM APOIO DE MARCOS DO VAL 

Havia interesse do senador Marcos do Val em lançar o tenente-coronel Wagner Borges pelo Podemos. O nome de Arnaldinho, contudo, já estava bem pavimentado entre os dirigentes da sigla.

"Nunca tive dúvidas da  palavra da presidente do Podemos nacional, dos dirigentes estadual e municipal. Por isso, sempre estive tranquilo sobre a minha candidatura, mesmo quando surgiram rumores. Fazemos política com transparência", declarou. 

Marcos do Val não esteve presente na convenção do Podemos, mas esteve ao lado de Wagner Borges no lançamento da pré-candidatura dele na última segunda-feira (07). O apoio do senador a outro candidato, contudo, não incomoda Arnaldinho. "Estamos em um projeto solo, não tem ninguém para abençoar a nossa cabeça", afirmou.

O presidente municipal do partido, Bruno Lorenzutti, diz que o Podemos aposta em Arnaldinho e acredita que o nome dele é o melhor para a cidade de Vila Velha.

A CONVENÇÃO

Devido aos protocolos de segurança necessários durante a pandemia de Covid-19, o Podemos optou por realizar a convenção em modelo drive-in. Um palco com telão foi montado para que as pessoas, de dentro dos veículos, pudessem acompanhar o evento. Houve restrição de quatro pessoas por carro, de acordo com o partido.

Segundo os organizadores, o encontro reuniu cerca de 340 carros. Entre os presentes, estiveram representantes do Podemos, como o presidente estadual e prefeito de Viana, Gilson Daniel, o presidente municipal Bruno Lorenzutti, e dirigentes do PTC e do Solidariedade. 

O nome de Arnaldinho foi aprovado por aclamação pelos filiados durante a convenção. O evento é uma exigência da Justiça Eleitoral, para escolha dos candidatos pelos membros dos partidos e registro em ata, antes do registro de candidaturas. Neste ano, além da convenção presencial, estão autorizados encontros em modalidade virtual.

À ESPERA DE DANILO BAHIENSE, PRTB LANÇA CHAPA APENAS DE VEREADORES 

Com expectativa de lançar o deputado estadual Danilo Bahiense (sem partido) como candidato a prefeito de Vila Velha, o PRTB anunciou na noite desta quarta-feira apenas a chapa de vereadores do partido para as eleições deste ano. Ao todo, 26 nomes foram apresentados para o Legislativo, sendo 18 homens e oito mulheres.

A ata do encontro ficará em aberto até o dia 26 de setembro, ou seja, a decisão referente à candidatura majoritária (de prefeito) pode ser tomada até o prazo final do pedido para registro de candidatos na Justiça Eleitoral.   

A convenção do PRTB ocorreu de forma presencial no Colégio Americano Batista, na Praia da Costa. Segundo os dirigentes do partido, foram seguidos os protocolos de segurança, como distanciamento social e uso de máscaras. Cerca de 50 pessoas estiveram presentes, entre elas Danilo Bahiense, o vice-presidente estadual do PRTB, Capitão Handerson Braga, e o presidente municipal do partido, José Augusto.

Danilo Bahiense está atualmente sem partido. Em agosto deste ano, ele conseguiu na Justiça o direito de se desfiliar, por justa causa, do PSL, legenda pela qual se elegeu deputado em 2018. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) entendeu que ele sofreu grave discriminação na sigla.

Apesar de ter dado aval para desfiliação, o TRE negou o pedido de Bahiense para filiação a outra legenda com data retroativa ao dia 4 de abril, prazo final para troca de sigla para quem quisesse disputar as eleições municipais em novembro. 

No entanto, o deputado entrou com um recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o objetivo de se filiar ao PRTB e disputar o pleito. O pedido ainda não foi julgado, mas as chances de Danilo Bahiense conseguir reverter a decisão são baixas, segundo especialistas em Direito Eleitoral.

Caso a candidatura dele não se viabilize, o partido deve lançar a candidatura da professora Cláudia Rodrigues.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.