Leitores opinam sobre carnaval não ser feriado

Data não consta no calendário oficial do governo federal ou estadual. Festas de rua, públicas ou privadas, estão proibidas este ano no Espírito Santo

Publicado em 21/01/2021 às 16h59
Comércio da Glória, em Vila Velha, na Black Friday 2020
Sem festas, comércio capixaba vai abrir as portas no carnaval . Crédito: Carlos Alberto Silva

Carnaval não é feriado: veja como ficam as folgas nos diferentes setores (Economia,20/01). Os trabalhadores do comércio já pagaram essa folga de carnaval, trabalhando no horário estendido no Natal, inclusive no domingo. Essa folga não sai de graça não, muito pelo contrário, as horas são pagas antes da folga de carnaval. Agora só falta dizer que a culpa do vírus é dos comerciários. Todos podem folgar, funcionários públicos, políticos, menos os comerciários... Ou trabalham todos ou folgam todos. (Vera Lúcia Barbosa Destro)

Se não é feriado então por que o Congresso, o Senado e os deputados estaduais não trabalham na semana de carnaval? (Jose Maria Lopes)

Nem todo mundo ficou em casa. Eu mesma trabalhei e continuo. Mercado, supermercado, farmácia e etc... Alguns desses fechou? Alguém foi trabalhar no lugar ? Por isso que o Brasil tá assim... Pois a maioria não tem empatia pelos outros. Aff... Ponto facultativo SIM. (Renata Felizardo)

Excelente! Tomara que acabe este carnaval! Já tiraram muita folga! Tá na hora de trabalhar dobrado! (Raquel Freitas)

Sempre foi ponto facultativo... Quero ver abrir o comércio de rua e bancos, repartições públicas e funcionários públicos trabalharem também... Porque não adianta abrir o comércio de rua e não ter ninguém para comprar... (Alessandro Laiber)

No réveillon também falaram que não iam fazer nada, que não ia ter nada nas praias kkkk os próprios comerciantes se juntaram e jogaram fogos pra cima kkkkk por que no carnaval vai ser diferente? O povo não precisa de político pra fazer alguma coisa não, a galera faz por conta própria kkkkk (Eduardo Soares)

Não faz mal trabalhar. Pior é não ter emprego. (Delson Bourguignon Braz)

Quem vive de turismo que lute, né. Várias reservas canceladas. Hotéis que seguem o protocolo. (Marcus Folhagem)

Queria muito ver essa indignação toda quando as pessoas veem os ônibus cheios sempre lotados, mas nos coletivos ninguém pega Covid, ali não tem problema estar aglomerado, aí ninguém reclama, tá tudo certo. Nojo desse povo que venda os olhos pra umas coisas e fica indignado com outras, cadê a empatia  Olhar só para o meu umbigo é fácil, né? (Diana Santos)

A única coisa que o carnaval ajuda é os empresários, que ganham dinheiro dobrado, o povo gasta até o que não tem e reclama depois que está sem dinheiro pra pagar suas contas. (Eirineu Correia)

Sem festas, comércio do ES vai abrir as portas no carnaval (Economia, 19/01). Lógica: Aglomerar para se divertir não pode, Aglomerar no "busão" lotado para trabalhar pode. Sendo q muitos utilizam o feriado para ficar em casa e descansar. (Jhony Martins)

Isso aí. Vamos trabalhar meu povo. Tomara que os órgãos públicos sigam o exemplo. Chega de tantos "pontos facultativos". (Alperson Fernandes)

Tá mais que certo! Todo mundo trabalhando, pelo menos teremos menos gente batendo perna nas praias como se o mundo estivesse normal. (Bruna Aiolfi)

Engraçado que só não é feriado pro comércio, vamos ver se as repartições públicas vão abrir no carnaval? Quero ver se os políticos irão fazer sessões partidárias, se INSS vai atender na segunda e na terça, Assembleia Legislativa e prefeituras vão funcionar, escolas com aula normalmente? Vamos ver, meu povo. Há, esqueci dos bancos também funcionando normalmente. (Lary Moraes)

Mas na semana do Natal funcionários trabalharam a semana inteira até tarde e cadê essa recompensa desses dias? (Juliana Frossard)

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.