ASSINE

Confira o horário de votação nas eleições municipais de 2020

Eleitores terão uma hora a mais para votar este ano. As primeiras três horas serão preferenciais, mas não exclusivas, para o público acima de 60 anos

Vitória
Publicado em 10/11/2020 às 17h27
Atualizado em 29/11/2020 às 11h56

O horário de votação nas eleições municipais de 2020 será das 7h às 17h. Os eleitores terão uma hora a mais, em relação aos pleitos anteriores, para votar. Em eleições passadas, a votação começava às 8h. A ampliação do horário foi determinada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para evitar aglomerações, em meio à pandemia de Covid-19.

Também como medida de prevenção à doença causada pelo novo coronavírus, as três primeiras horas do dia, ou seja, das 7h às 10h, serão preferencialmente, mas não exclusivamente, para eleitores acima de 60 anos. Ou seja, pessoas abaixo dessa faixa etária poderão votar nesse período, apenas terão que esperar ao final da fila, ou em uma fila separada, para dar preferência aos idosos. O que, na prática, também funciona no resto do dia, já que idosos são priorizados por lei.

  • Data:  29/11/2020 (domingo), segundo turno
  • Horário de votação: das 7h às 17h
  • Horário preferencial para idosos, mas não exclusivo para eles:  das 7h às 10h

De acordo com o TSE, o ideal é que se divulgue o horário prioritário e que os eleitores que não fazem parte do grupo de risco escolham ir aos locais de votação em outros horários, mas não há proibição: qualquer eleitor, de qualquer faixa etária, pode votar em qualquer horário do dia, desde que entre 7h e 17h.

Existe uma regra, no entanto, que pode deixar eleitores de fora das seções: o uso de máscara. O equipamento de proteção será requisito obrigatório para entrar nas zonas eleitorais e, por isso, quem não estiver usando não poderá votar.

Além da máscara, o TSE também recomenda, mas não obriga, que cada eleitor leve a própria caneta, já que não haverá biometria. Para evitar o manuseio de documentos físicos, será possível mostrar aos mesários, à distância, a edição digital do título de eleitor. Quem fez o recadastramento biométrico pode ter acesso pelo aplicativo e-Título, baixando pela Apple Store ou Play Store.

Também é possível votar apresentando um documento com foto, como a identidade. O ideal, no entanto, é evitar o contato físico ou compartilhamento de objetos.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.