ASSINE

Memórias: Cariê Lindenberg morou no Palácio Anchieta, sede do governo do ES

Empresário residiu em dois períodos no local, entre 1947-1951 e 1959-1962, quando o pai dele, Carlos Lindenberg, foi governador do Espírito Santo. Quando criança, não gostou da experiência

Vitória
Publicado em 07/04/2021 às 12h38
Atualizado em 07/04/2021 às 12h38
Palácio AN
O Palácio Anchieta foi a casa de Cariê por oito anos, quando o pai dele, Carlos Lindenberg, governou o Espírito Santo. Crédito: Divulgação Governo Estadual

O fundador da Rede Gazeta, Cariê Lindenberg, que morreu nesta terça-feira (6), aos 85 anos, devido a complicações de uma pneumonia, já morou no Palácio Anchieta, sede do governo capixaba. Isso aconteceu em dois períodos, entre 1947-1951 e 1959-1962, quando o pai dele, Carlos Lindenberg, foi governador do Espírito Santo. Cariê, contudo, não gostou da experiência.

Na primeira vez em que morou no Palácio, ele era uma criança. As frequentes visitas recebidas pelo pai deixavam Cariê sem espaço para brincar, como contou em depoimento na celebração dos 88 anos da Rede Gazeta, em 2016. 

"Era uma prisão. Em vez de ser motivo de alegria, você tinha problemas para jogar bola, tinha que ir lá para o terraço, e tinha também ocupações de terceiras pessoas que iam visitar o governador, era um negócio meio irreal."

Durante o período em que Carlos Lindenberg foi governador, o Palácio Anchieta hospedou figuras importantes, como os ex-presidentes João Goulart e Eurico Gaspar Dutra.

Cariê Lindenberg

Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, em retrato da infância
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, em retrato da infância. Arquivo pessoal
Carlos Fernando Lindenberg Filho, o Cariê, em retrato de 1984
Carlos Fernando Lindenberg Filho, o Cariê, em retrato de 1984. Gildo Loyola
Carlos Fernando Lindenberg Filho, o Cariê, em retrato de 1986
Carlos Fernando Lindenberg Filho, o Cariê, em retrato de 1986. Joaquim Nunes
Carlos Fernando Lindenberg Filho (Cariê) em retrato de 1987
Carlos Fernando Lindenberg Filho (Cariê) em retrato de 1987. Valter Monteiro
Carlos Fernando Lindenberg Filho (Cariê)
Carlos Fernando Lindenberg Filho (Cariê). Acervo A Gazeta
Carlos Fernando Lindenberg Filho (Cariê)
Carlos Fernando Lindenberg Filho (Cariê). Gildo Loyola
Carlos Fernando Lindenberg Filho (Cariê)
Carlos Fernando Lindenberg Filho (Cariê). Acervo A Gazeta
Carlos Fernando Lindenberg Filho, o Cariê, durante o trabalho, em retrato de 1996
Carlos Fernando Lindenberg Filho, o Cariê, durante o trabalho, em retrato de 1996. Arquivo
Cariê Lindenberg
Cariê Lindenberg. Guinaldo Nicolaevisky
Cariê, Carlos Lindenberg Filho, presidente do conselho administrativo da Rede Gazeta - 25/08/2008
Cariê, Carlos Lindenberg Filho, presidente do conselho administrativo da Rede Gazeta - 25/08/2008. Edson Chagas
Cariê, Carlos Lindenberg Filho, presidente do conselho administrativo da Rede Gazeta - 25/08/2008
Cariê, Carlos Lindenberg Filho, presidente do conselho administrativo da Rede Gazeta - 25/08/2008. Edson Chagas
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, em retrato de 2018, entrevistado sobre os 90 anos da Rede Gazeta
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, em retrato de 2018, entrevistado sobre os 90 anos da Rede Gazeta. Bernardo Coutinho
Cariê Lindenberg durante entrevista para A Gazeta
Carlos Fernando Lindenberg Filho, o Cariê, em retrato de 2017. Guilherme Ferrari/01/08/2017
Carlos Fernando Lindenberg Filho, o Cariê, em retrato de 2017
Carlos Fernando Lindenberg Filho, o Cariê, em retrato de 2017. Guilherme Ferrari
Cariê Lindenberg no lançamento do livro Vou te Contar
Cariê Lindenberg no lançamento do livro Vou te Contar. Ricardo Medeiros
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019. Vitor Jubini
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019
Carlos Fernando Lindenberg Filho, Cariê, durante lançamento do livro Vou te Contar, na Rede Gazeta, em 2019

Cariê também desconfiava que havia fantasmas no local. A ex-primeira-dama Maria Antonita Lindenberg relembrou, em reportagem exibida pela TV Gazeta em 2008, que o filho tinha medo de dormir sozinho em um dos quartos do Palácio.

"Diziam a ele que, de noite, a alma de Padre Anchieta passava por aqui arrastando as correntes. Ele ouvia isso e ficava com pavor de dormir sozinho no quarto", contou.

Carlos Fernando Monteiro Lindenberg foi deputado federal, senador e governador do Espírito Santo por dois mandatos. Foi um dos responsáveis por fundar o PSD no Estado. Em 1974, o pai de Cariê encerrou a vida na política, carreira que Cariê não quis seguir. Carlos Lindenberg morreu em 1991. 

MORTE DE CARIÊ LINDENBERG

Empresário, músico e escritor, Carlos Fernando Monteiro Lindenberg Filho, o Cariê, morreu nesta terça, em Vitória, aos 85 anos, após complicações de uma pneumonia. Responsável pelo surgimento da maior rede de comunicação do Espírito Santo, fundador da TV Gazeta e do site Gazeta Online – hoje A Gazeta – , ele presidia o Conselho de Administração da Rede Gazeta.

Durante quatro décadas, Cariê dedicou-se aos negócios na Rede Gaz. O que na década de 1960 era apenas um jornal impresso transformou-se em um conglomerado de comunicação que reúne quatro emissoras de TV, dois sites e quatro rádios, abrigando mais de 500 funcionários.

A morte de Cariê foi lamentada por autoridades e entidades do Espírito Santo, como o governador Renato Casagrande (PSB), que decretou luto oficial de três dias no Estado. Em vídeo, Casagrande ressaltou o legado deixado pelo fundador da Rede Gazeta aos capixabas.

"Recebo com muita tristeza a morte de Cariê Lindenberg. Cariê comandou a Rede Gazeta por muitos anos e comandou com isenção e profissionalismo. Formado em Direito, escritor, ajudou a projetar o nosso Estado para o Brasil todo. Aquilo que ele produziu aqui vai ficar como referência para muitos capixabas para a vida toda. Minha solidariedade aos amigos, em especial, à família. Parta com Deus, Cariê", disse.

Cariê deixa três filhos: Carlos Fernando (Café), Letícia e Beatriz; e cinco netos, Eduardo, Mariana, Carlos Fernando, Carolina e Antônio. Apaixonado pelo campo, ele tinha na Fazenda Três Marias, em Linhares, uma de suas paixões. Nos últimos anos, se dividia entre a leitura e a música em sua residência na Ilha do Frade, em Vitória.

As cerimônias de despedida aconteceram na tarde de terça e foram restritas à família devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.