ASSINE

Max Filho: "O povo e meu Deus quiseram que eu trilhasse outros caminhos"

Alguns apoiadores chegaram a comparecer ao Comitê Central do atual prefeito, no Centro de Vila Velha, mas começaram a se dispersar quando a eleição de Arnaldinho Borgo foi confirmada

Publicado em 29/11/2020 às 19h06
Atualizado em 29/11/2020 às 20h08
Apoiadores de Max Filho se reuniram em frente ao Comitê Central, em Vila Velha
Apoiadores de Max Filho se reuniram em frente ao Comitê Central, em Vila Velha. Crédito: Caroline Freitas

Após a divulgação do resultado das eleições para prefeito de Vila VelhaMax Filho (PSDB), atual gestor da cidade que saiu derrotado das urnas, agradeceu o apoio que recebeu durante a campanha e disse que Deus e o povo quiseram que ele trilhasse outros caminhos.

Max Filho não conseguiu votos suficientes para continuar no posto. Ele já tinha comandado a cidade outras duas vezes (2000-2004 e 2005-2009). A segunda fase, aliás, foi a única reeleição que ocorreu no município desde que a legislação autorizou a disputa por um segundo mandato.

Com 62.236 votos (30,97%), Max Filho foi ultrapassado com folga por Arnaldinho Borgo (Podemos), que passará de vereador a chefe do Executivo municipal em janeiro. Arnaldinho obteve 138.741 votos (69,03%).

Max acompanhou a apuração dos votos em casa, junto de sua família. Embora não tenha atendido à imprensa após a divulgação dos resultados, pronunciou-se por meio de nota, agradecendo a confiança dos eleitores.

Cerca de 25 apoiadores chegaram a comparecer ao Comitê Central de Max Filho, no Centro de Vila Velha, mas começaram a se dispersar quando a eleição de Borgo foi confirmada.

Vale ressaltar que o número de votos recebidos por Max foi ultrapassado não apenas por Arnaldinho, como pelas abstenções. No total, 90.645 eleitores (28,76%) do município deixaram de ir às urnas.

POSIÇÃO NAS PESQUISAS

  • Na última pesquisa eleitoral Ibope realizada a pedido da Rede Gazeta, para o segundo turno das eleições, Max Filho aparecia com 29% dos votos válidos, enquanto Arnaldinho tinha 71% das intenções de voto. A margem de erro da pesquisa, divulgada no dia 27, era de cinco pontos percentuais para mais ou para menos.
  • Na primeira pesquisa para o segundo turno, divulgada no dia 21, Max aparecia com 31% das intenções de voto, enquanto Arnaldinho tinha 58%. Outros 8% pretendiam votar em branco ou nulo, e 3% não souberam responder.

VOTAÇÃO NOS BAIRROS

No primeiro turno, Arnaldinho teve 73.122 votos em Vila Velha, e Max teve 46.523. O vereador e prefeito eleito alcançou 36% dos votos válidos no geral e o atual prefeito, 22,91%. O candidato do Podemos foi ainda o mais votado na maioria dos bairros do município.

Max Filho saiu vitorioso em oito bairros no primeiro turno. O atual prefeito foi o candidato que recebeu mais votos nos bairros próximos à Segunda Ponte e às Cinco Pontes, o que inclui Argolas, Ilha das Flores e São Torquato. Também se destacou em outras partes da cidade, como Barra do Jucu e Balneário Ponta da Fruta. Neucimar Fraga (PSD), o terceiro colocado no pleito no primeiro turno, foi o mais votado em sete. Já Borgo venceu 40 bairros em que há seções eleitorais.

VEJA A TRAJETÓRIA POLÍTICA DE MAX FILHO

  • Em 1988, aos 20 anos, Max Filho foi eleito vereador de Vila Velha.
  • Ao fim do seu mandato, em 1992, concorreu pela primeira vez ao cargo de prefeito, mas foi derrotado.
  • Foi eleito deputado estadual em 1994, assumindo uma vaga na Assembleia Legislativa, e foi reeleito por mais um mandato.
  • No ano 2000, foi eleito prefeito de Vila Velha pela primeira vez, tendo sido reeleito nas eleições de 2004.
  • Em 2012, chegou a tentar uma nova eleição, mas acabou derrotado.
  • Em 2014, foi eleito deputado federal.
  • Ele ocupou uma cadeira na Câmara entre 2015 e 2016, sendo que, nesse ano, concorreu novamente à Prefeitura de Vila Velha, e foi eleito pela terceira vez, abdicando do mandato como deputado para assumiu o cargo de prefeito.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.