ASSINE

Em 34 cidades do ES, mais de 70% dos vereadores foram trocados

Considerando todo o Espírito Santo, a renovação foi de 67,6%. Em São Mateus,  100% dos vereadores foram trocados

Publicado em 22/11/2020 às 20h54
Atualizado em 22/11/2020 às 21h55
Câmara Municipal da Serra
Câmara Municipal da Serra terá 78,23% de renovação em 2021. Crédito: Fernando Madeira

Em 34 cidades do Espírito Santo houve renovação de mais de 70% das cadeiras das Câmaras municipais. Esse grupo inclui, por exemplo, cidades como Vila Velha e Serra, que tiveram taxas de renovação de 70,59% e 78,23%, respectivamente. Em São Mateus, 100% dos vereadores foram trocados.

Ao todo, os eleitores do Estado escolheram 860 parlamentares no dia 15 de novembro. Entre eles, 287 já exerciam um mandato e 582 chegarão às Câmaras a partir do ano que vem, o que representa 67,6% de renovação.

A Serra, por exemplo, elegeu 18 novos vereadores do total de 23 parlamentares. Deles, 20 tentaram reeleição, mas somente cinco conseguiram garantir presença na nova legislatura.

Este vídeo pode te interessar

Dos três que não disputaram a reeleição, um deles é Fabio Duarte (Rede), que enfrenta Sergio Vidigal (PDT) na disputa pela  prefeitura da cidade, em segundo turno.

Em Vila Velha, 13 dos 17 vereadores atuais tentaram um novo mandato, mas apenas cinco conseguiram se reeleger. O presidente da Casa, Ivan Carlini (DEM), após 28 anos, vai ficar sem mandato.

Em São Mateus, em que a taxa de renovação chegou a 100%, apenas três dos 11 vereadores não tentaram retornar para um novo mandato. Os nove que tentaram se manter na Casa não conseguiram votos ou quociente eleitoral suficiente. Todos eles serão suplentes.

MUDANÇAS NO NÚMERO DE CADEIRAS

Considerando as 34 Câmaras com maior proporção de novos vereadores, em apenas duas houve alteração no número de cadeiras da legislatura atual para a próxima.

Em Linhares, a Câmara aprovou o aumento de 13 para 17 vagas em maio de 2019. Já em Afonso Cláudio houve o movimento contrário. A quantidade de cadeiras caiu de 13 para 11 em março deste ano.

Em Ibatiba, onde os vereadores também votaram pelo aumento no número de representantes na Casa (de 9 para 11), a taxa de reeleição ficou em 54%. O que significa que dos nove vereadores atuais, cinco retornarão para o próximo mandato.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.