ASSINE

Sergio Vidigal e Fabio Duarte disputam segundo turno na Serra

Com 98,53% das urnas apuradas, Vidigal, ex-prefeito da cidade, alcançou 47,45% dos votos válidos. Candidato que teve apoio do atual gestor da prefeitura, Audifax Barcelos, Fabio conseguiu 19,40%

Vitória
Publicado em 15/11/2020 às 20h28
Atualizado em 15/11/2020 às 21h00
Eleição 2020 - Vencedor Serra - Fabio e Sérgio Vidigal
Sergio Vidigal e Fabio Duarte disputam o segundo turno. Crédito: Facebook dos candidatos/Arte Geraldo Neto

Contrariando as previsões das pesquisas eleitorais, que indicavam que as eleições na Serra terminariam no primeiro turno, os moradores da cidade só vão conhecer o novo gestor da prefeitura no dia 29 de novembro. O deputado federal e ex-prefeito Sergio Vidigal (PDT) e o vereador Fabio Duarte (Rede) foram escolhidos pelos eleitores para disputar o segundo turno.

Com 100% das urnas já apuradas neste domingo (15), Vidigal teve 100.837 votos, o que corresponde a 47,46% dos votos válidos e Fabio alcançou 41.194 (19,39%).

A última pesquisa realizada pelo Ibope no município, divulgada na última sexta-feira (13), indicava Vidigal como ganhador já no primeiro turno, com 56% das intenções de voto.

Em análise sobre o resultado do levantamento do Ibope, o colunista de A Gazeta, Vitor Vogas, ressaltou, no entanto, a possibilidade de haver segundo turno no município, considerando a margem de erro, de cinco pontos percentuais para mais ou para menos.

Cidades que têm mais de 200 mil habitantes e em que o candidato mais votado não tenha alcançado ao menos 50% + 1 dos votos no primeiro turno passam por uma segunda etapa de votação.

O CANDIDATO DO AUDIFAX

Fabio Duarte, que também vai ao segundo turno, é apoiado pelo atual prefeito da Serra, Audifax Barcelos (Rede). Audifax é o principal adversário de Vidigal na Serra, mas desta vez não disputou o pleito diretamente, uma vez que já está no segundo mandato consecutivo. 

Vidigal votou na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Professora Maria Istela Modenesi, no Bairro das Laranjeiras, região da Grande Jacaraípe. Ele chegou à escola por volta de 10h30, ao lado da esposa, Suely Vidigal. Ele acompanhou a apuração dos votos em casa, com a família.

Já Fabio votou às 11h na Escola Judith Leão Castello Ribeiro, no bairro Pitanga, junto com a mãe, sua esposa e a filha mais velha, Rebeca. Ele acompanhou a apuração em casa com a família e, depois do resultado, foi ao comitê de campanha de seu partido.

Pela quarta vez consecutiva, Vidigal termina o turno inicial na frente. Em 2008, ele se elegeu prefeito da cidade, seu último mandato. Mas, mesmo vencendo na primeira etapa da disputa em 2012 e 2016, acabou perdendo no segundo turno para o prefeito da Serra em exercício, Audifax.

O terceiro colocado na votação, o deputado estadual Vandinho Leite (PSDB) teve 35.838 votos (16,87%). Procurado pela reportagem, ele não foi localizado para comentar o resultado ou dizer se vai apoiar um dos candidatos que chegaram no segundo turno.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.