ASSINE

Após 28 anos como vereador, Ivan Carlini não se reelege em Vila Velha

Demista, apelidado de "Ivan VI", também ocupa a presidência do Legislativo por seis biênios. Apesar de ter recebido boa votação, não foi eleito

Publicado em 15/11/2020 às 23h54
Ivan Carlini
Ivan Carlini (DEM) atua como vereador em Vila Velha há 28 anos. Crédito: Câmara de Vila Velha

Vereador de Vila Velha há sete mandatos e presidente da Câmara por seis vezes, Ivan Carlini (DEM) não conseguiu se eleger para mais um mandato no Legislativo. O parlamentar foi o terceiro mais votado do município, com 3.502 votos, mas mesmo assim não foi eleito. 

Carlini ficou como primeiro suplente do vereador reeleito Rogério Cardoso (DEM), que foi o mais votado da cidade, com 3.763 votos.

Completando 28 anos como vereador, até o início deste ano Carlini vinha dizendo que não iria mais se candidatar. Depois, mudou de ideia, e disse que disputaria "a pedido do povo" e para fortalecer o partido, como mostrou a coluna Leonel Ximenes. 

"Meu partido, alguns vereadores e muitas pessoas pediram para eu ser candidato. Moro há 52 anos em Cobilândia, um bairro carente, e sou muito acessível à população", disse o parlamentar, que tem 60 anos de idade e está prestes a se aposentar, após 36 anos como servidor federal do Incra.

EM VITÓRIA, PRESIDENTE DA CÂMARA TAMBÉM NÃO SE ELEGEU

Na Capital, o presidente da Câmara municipal, Cléber Félix (DEM), também não foi eleito. Ele obteve 677 votos e é o primeiro suplente do vereador reeleito por seu partido, Sandro Parrini (DEM), com 1.232 votos.

Presidente da Câmara de Vitória, Cleber Felix
Presidente da Câmara de Vitória, Cleber Felix. Crédito: Facebook/Cleber Felix

Clebinho chegou a ser colocado como pré-candidato a prefeito pelo partido, mas depois desistiu e optou tentar continuar na Câmara. 

Já os presidentes das Câmaras da Serra, Rodrigo Caldeira (PRTB) e de Cariacica, César Lucas (PV), foram reeleitos para os cargos. 

A Gazeta integra o

Saiba mais
Eleições 2020 Câmara de Vila Velha

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.