ASSINE

Arnaldinho e Max disputam o 2° turno para a Prefeitura de Vila Velha

O vereador Arnaldinho Borgo (Podemos) foi o candidato mais votado, com 36% dos votos válidos. Já Max recebeu 22,91% . Futuro prefeito será conhecido no dia 29 de novembro

Vitória
Publicado em 15/11/2020 às 22h46
Atualizado em 16/11/2020 às 01h19
Eleição 2020 - Vencedor Vitória - Arnaldinho Borgo e Max Filho
Arnaldinho e Max disputam o 2º turno para a Prefeitura de Vila Velha. Crédito: Facebook do candidato/Arte Geraldo Neto

A eleição para a Prefeitura de Vila Velha vai ser decidida no segundo turno entre o vereador Arnaldinho Borgo (Podemos) e o prefeito Max Filho (PSDB). Eles foram os candidatos mais votados neste domingo (15). Arnaldinho teve 73.122 votos, o equivalente a 36% dos votos válidos. Já Max foi o escolhido de 46.523 eleitores, o que corresponde a 22,91%.

A segunda etapa da eleição será realizada no dia 29 de novembro. No primeiro turno, 11 nomes disputaram a preferência dos eleitores da cidade canela-verde. Entre eles, o ex-prefeito de Vila Velha Neucimar Fraga (PSD). Ele ficou em terceiro lugar e conquistou 19,31% dos votos válidos, um total de 39.219.

A eleição em Vila Velha teve alta taxa de abstenção (25,18%). Os votos brancos e nulo foram 6,7% e 7,18%, respectivamente. 

Confira o resultado obtido por cada um dos concorrentes:


  • Arnaldinho Borgo (Podemos): 36%
  • Max Filho (PSDB): 22,91%
  • Neucimar Fraga (PSD): 19,31%
  • Coronel Wagner (PL): 6,73%
  • Amarildo Lovato (PSL): 3,75%
  • Doutor Hudson (Republicanos): 3,20%
  • Rafael Primo (Rede): 2,76% 
  • Mônica Alves (PSOL): 2,29% 
  • Dalton Morais (Novo): 2,25% 
  • Fernanda Martins (PV): 0.52% 
  • Claudia Autista (PRTB): 0,29%

Como Vila Velha é um município com mais de 200 mil eleitores e nenhum candidato a prefeito alcançou mais de 50% dos votos válidos na primeira votação, há realização do segundo turno. 

O embate entre Arnaldinho e Max é inédito e traz candidatos com perfil e experiência diferentes. Enquanto o vereador disputa sua primeira eleição para a prefeitura, o atual prefeito concorre ao cargo pela sexta vez.

Esse fato foi explorado pela campanha de Arnaldinho durante a corrida eleitoral. O vereador apostou em críticas a políticos mais tradicionais, com foco no tucano, e se colocou como um candidato que representa a renovação.

Ele, contudo, não é um rosto novo nas urnas. Arnaldinho exerce seu segundo mandato como vereador. Na Câmara Municipal, sempre se destacou por ser oposição a Max Filho. Os ataques aumentaram durante a campanha.

O prefeito, por sua vez, usa os feitos de suas gestões para tentar se reeleger. Na maior parte da campanha, Max se manteve distante de embates e explorou a parceria estabelecida com o governo estadual. Ele tem em sua coligação o PSB, partido do governador Renato Casagrande.

Apesar disso, não houve nenhuma declaração de apoio por parte do chefe do Palácio Anchieta.

CANDIDATOS VOTARAM PELA MANHÃ

Arnaldinho Borgo chegou ao local de votação, a escola João Calmon, na Praia das Gaivotas, junto com a esposa, Andressa, por volta das 10h15. O vereador acompanhou apoiadores e correligionários e afirmou após votar que tinha certinha que iria para o segundo turno. 

O prefeito Max Filho votou às 10h25 no Colégio Marista, no Centro. Acompanhado da esposa Simone, ele chegou cumprimentando eleitores e apoiadores de campanha. O tucano destacou o trabalho de campanha feito de forma diferente em meio a pandemia - ele contraiu o novo coronavírus e ficou 10 dias em isolamento.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.