Com apoio de Contarato, Rafael Primo é confirmado candidato em Vila Velha

Decisão sobre vice e aliança com os outros partidos foi delegada  à Executiva municipal da Rede. Partido quer construir frente progressista na cidade

Publicado em 12/09/2020 às 07h00
Contarato e Audifax estiveram presentes
Rafael Primo, candidato a prefeito pela Rede, e Giovani Rossoni, secretário municipal do partido. Crédito: Reproducão

Com uma convenção mais restrita a dirigentes do partido e com a presença de lideranças estaduais e nacionais, a Rede Sustentabilidade confirmou o nome de Rafael Primo como candidato a prefeito em Vila Velha. O anúncio foi feito virtualmente, na noite desta sexta-feira (11). A chapa com 26 vereadores também foi apresentada. 

Durante o encontro, o partido delegou à Executiva a decisão sobre a vaga de vice-prefeito e eventuais coligações. A Rede tem se articulado para formar uma frente progressista em Vila Velha. Conversas estão sendo realizadas com legendas como PV, PCdoB, PT e, principalmente PSB, partido do governador Renato Casagrande e com o qual Primo não nega ter interesse em selar uma aliança.

A expectativa do partido é que, assim como na Capital, onde a Rede lançou a porta-voz nacional feminina da Rede, Laís Garcia, como vice-prefeita para compor a chapa de Sérgio Sá (PSB), a aliança também seja firmada em Vila Velha. Na cidade canela-verdade, contudo, o PSB tem dialogado com outros dois pré-candidatos: Max Filho (PSDB) e Neucimar Fraga (PSD).

Representantes de outros partidos não participaram da convenção da Rede de Vila Velha. Primo, por sua vez, esteve na do PSB, realizada pouco antes no município.

Rafael Primo tem 39 anos, é administrador e tem passagem pelo PCdoB. Em 2018 disputou as eleições como candidato a deputado estadual, mas não foi eleito. A candidatura dele a prefeito tem como um dos principais apoiadores o senador Fabiano Contarato (Rede), a quem Primo agradeceu.

“Se hoje conto com a valiosa colaboração de todos, quem semeou isso lá trás, numa ideia ousada, foi Fabiano Contarato”, declarou. O candidato também aproveitou a convenção para agradecer aos dirigentes do partido e aos candidatos a vereador da chapa lançada.

Rafael Primo (Rede)

Candidato a prefeito de Vila Velha

"Nós temos um pacto, uma caminhada de lealdade, sou muito grato a cada um de vocês. Vamos disputar a eleição não para buscar uma cadeira ou por status, mas pela cidade, para trazer desenvolvimento e colocar Vila Velha no rumo que ela merece. A sociedade pede mudança e podemos ser essa mudança"

Contarato esteve presente na convenção e se colocou à disposição de Primo. “Quando eu olhei pra você e vi que era pré-candidato a vereador, pensei: ‘Por que não a prefeito?’ Você tem coragem, tem ética, um espírito visionário, por que não acreditar nessa candidatura? Vamos fazer uma campanha brilhante, não se preocupe com o resultado”. E afirmou: “Você pode contar comigo incondicionalmente."

Contarato e Audifax participaram
Convenção da Rede em Vila Velha aconteceu em formato virtual. Crédito: Reprodução

Um dos principais representantes do partido no Estado, o prefeito da Serra, Audifax Barcelos, elogiou Rafael Primo durante a convenção. E avisou que o "candidato desconhecido" vai surpreender nas urnas.

Audifax Barcelos (Rede)

Prefeito da Serra

"Você, Rafael, me passa muita confiança, é impressionante o seu estilo empreendedor, a vontade de fazer mudanças. Você tem planejamento, vamos trabalhar juntos"

“Escutem o que eu estou dizendo, vamos ficar surpresos com essas eleições, as pessoas querem o novo, e você é o novo, cacifes grandes não vão se eleger", completou.

Esta é a primeira vez que a Rede tem um candidato a prefeito em Vila Velha, fato que foi lembrado pela porta-voz nacional feminina do partido, Laís Garcia. Ela comemorou a homologação da candidatura de Primo. “Estamos apresentando uma alternativa à população de Vila Velha, de um partido sustentável. Eu acredito na sua candidatura e em você, Rafael, uma pessoa extremamente competente. Vamos fazer um belíssimo trabalho.”

Também estiveram presentes na convenção o porta-voz do partido em Vitória, Gean Jaccoud, o porta-voz nacional do partido, André Toscano, e Roberto Carlos, que disputou uma cadeira a deputado estadual em 2018. 

O encontro é uma exigência da Justiça Eleitoral, para escolha dos candidatos pelos membros dos partidos e registro em ata, antes do registro de candidaturas. Neste ano, além da convenção presencial, estão autorizados encontros em modalidade virtual.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.