Hotel é invadido em Itaúnas e hóspedes são feitos reféns

Madrugada de tensão em Itaúnas quando cinco homens armados invadiram um hotel, fizeram pelo menos 12 famílias  reféns e levaram diversos pertences dos hóspedes e do hotel, incluindo um carro

Rede Gazeta
Publicado em 24/01/2021 às 16h50
Atualizado em 24/01/2021 às 16h50
Segurança - Policial militar
Hotel é invadido em Itaúnas e hóspedes são feitos reféns . Crédito: Carlos Alberto Silva - Arquivo

O fim de semana, planejado para ser de descanso para cerca de 12 famílias, em ItaúnasConceição da Barra, Norte do Estado, acabou sendo marcado pela violência. Na madrugada deste domingo (24), cinco bandidos armados invadiram o hotel em que elas estavam hospedadas e fizeram as famílias reféns, levando diversos pertences pessoais das vítimas, incluindo um carro.

O hotel onde as famílias se hospedaram fica na entrada de Itaúnas, Litoral Norte do ES. Uma das vítimas, que não quis se identificar por medo de represálias contra a sua família, conta que estava hospedado no hotel com a esposa. Por volta da meia-noite, as 12 famílias estavam na área comum do prédio, quando cinco homens armados, usando toucas ninja no rosto, renderam todos, adultos e crianças, e os colocaram deitados, enquanto roubavam os pertences das vítimas e objetos do hotel. 

Após o roubo, os criminosos levaram as vítimas para dentro da recepção e foram para outros apartamentos do hotel, em busca de mais objetos que pudessem ser roubados. "Levaram um vídeo game e uma televisão", afirma a vítima.

Quando o arrastão terminou, os hospedes foram presos dentro de um quarto do hotel. As vítimas acordaram os outros hóspedes e ligaram para o 190, para registrar o boletim de ocorrência com a Polícia Militar.

Além dos objetos pessoais, os criminosos aproveitaram para pegar as chaves do carro de uma das vítimas. O veículo foi encontrado por volta das 10 horas da manhã deste domingo (24), em São Mateus. 

Parte das vítimas hospedadas acabaram trocando de hotel durante a madrugada, outros prefeririam regressar para casa. "Ninguém conseguiu dormir e permanecer no local. Mulheres e crianças ainda não se recuperaram e muitos voltaram para Vila Velha", conta o hóspede. 

Segundo informações da Polícia Civil, o boletim de ocorrência foi registrado com todas as informações das vítimas e os detalhes do ocorrido. Na tarde deste domingo (24), uma equipe de policiais da região foi encaminhada para o local para iniciar as investigações.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.