Caixa paga 1ª parcela do auxílio emergencial a 2,4 milhões de nascidos em janeiro nesta terça

Quem faz aniversário de janeiro a junho poderá movimentar os valores digitalmente pelo Caixa Tem. Já o saque só será liberado a partir do dia 6 de julho

Publicado em 15/06/2020 às 17h29
Atualizado em 15/06/2020 às 17h29
Aplicativo Caixa Tem onde o beneficiário recebe o auxílio emergencial
Aplicativo Caixa Tem em que o beneficiário recebe o auxílio emergencial. Crédito: Siumara Gonçalves

Caixa vai creditar nesta terça-feira (16) o pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal para mais 2,4  milhões de beneficiários. Os beneficiários do terceiro lote nascidos de janeiro a junho poderão movimentar os valores digitalmente pelo aplicativo Caixa Tem.  O saque, porém, só estará liberado a partir do dia 6 de julho. (Veja o calendário no final da matéria)

Segundo a Caixa, outras 2,5 milhões de pessoas devem receber a primeira parcela do auxílio na próxima quarta-feira (17). No total, serão disponibilizados mais R$ 3,2 bilhões para 4,9 milhões de pessoas.

Para evitar a aglomeração nos meios digitais e nas agências da Caixa para o recebimento do auxílio, a liberação dos valores será realizado em duas etapas, de acordo com o Ministério da Cidadania. 

Na primeira etapa, os beneficiários nascidos de janeiro a junho poderão movimentar digitalmente os valores pelo Caixa Tem a partir desta terça-feira (16), e os nascidos de julho a dezembro, a partir da quarta-feira (17). Já na segunda, eles poderão realizar o saque em dinheiro a partir do dia 6 de julho.

COMO USAR A CONTA DIGITAL DO CAIXA TEM

Os beneficiários podem consultar se o cadastro foi aprovado pelos canais oficiais da Caixa: site (clique aqui) e aplicativo Caixa - Auxílio Emergencial.

Em nota, a Caixa explicou que sua prioridade é manter o atendimento digital. "Dessa forma, o banco reforça a orientação de que os recursos do auxílio sejam movimentados por meio do aplicativo Caixa Tem. O beneficiário que recebe pela Poupança Social Digital pode emitir o cartão de débito virtual para compras pela internet em sites e aplicativos que aceitam débito. A emissão do cartão é gratuita e a compra é debitada diretamente da conta, sem precisar sair de casa", explicou.

Para gerar o cartão, basta acessar o app e selecionar a opção Cartão de Débito Virtual, logo na tela inicial, e seguir os passos. O aplicativo envia a imagem do cartão com os dados para o usuário utilizar na internet.

Já para usar o Cartão de Débito Virtual basta informar os dados disponibilizados pelo app nos sites e aplicativos que aceitam débito. As compras são seguras porque para cada transação é gerado um código de segurança, enquanto nos cartões normais o número é sempre o mesmo. Para as compras recorrentes, o número é salvo e não é preciso gerar um código a cada compra.

Desde o dia 9 de abril, quando teve início o pagamento do auxílio emergencial do governo federal, e considerando o terceiro lote da primeira parcela de pagamentos, serão atendidos 63,5 milhões de pessoas, sendo pago um total de R$ 79,8 bilhões.

SAQUE EM ESPÉCIE NA POUPANÇA DIGITAL

Os beneficiários que optarem por sacar o benefício em espécie deverão seguir o calendário escalonado por mês de aniversário. Nas datas indicadas, eventual saldo existente será transferido automaticamente para a conta que o beneficiário indicou, sendo poupança da Caixa ou conta em outro banco.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.