ASSINE

Entenda como transferir ou sacar o auxílio emergencial pelo PicPay

Pessoas podem migrar o dinheiro para o aplicativo sem custos ou taxas sem a necessidade de ir até uma agência lotérica ou da Caixa

Publicado em 25/05/2020 às 11h55
Atualizado em 27/05/2020 às 19h21
Auxílio emergencial do governo federal
Auxílio emergencial do governo federal. Crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil

Os beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal passaram a ter mais uma opção para usar o dinheiro sem precisar enfrentar filas. Desde o fim de abril, as pessoas que recebem o benefício podem transferir os valores para o PicPay sem custos adicionais ou taxas a serem pagas.

A transferência para o aplicativo permite que os beneficiários utilizem o dinheiro, ainda que de modo virtual, sem que tenham a necessidade de ir até as agências da Caixa, ou loterias, para fazer o saque em espécie. Para outras conta-corrente, a Caixa não autorizou a transferência dos recursos.

VEJA O PASSO A PASSO PARA TRANSFERIR O AUXÍLIO EMERGENCIAL PARA O PICPAY

  • Primeiro é preciso acessar o aplicativo da Caixa e selecionar a parte de cartões.

Aba de cartões do aplicativo
Aba de cartões do aplicativo. Crédito: Reprodução Caixa Tem
  • Na sequência, deve-se criar um cartão de débito virtual. Assim que o cartão for criado irá aparecer o nome do beneficiado, o número do cartão e a validade dele. No fim desta etapa a pessoa deve clicar em “ver código de segurança”. É recomendável anotar tais informações, já que elas serão utilizadas mais à frente.
Um cartão virtual deve ser criado pelo beneficiário
Um cartão virtual deve ser criado pelo beneficiário. Crédito: Reprodução Caixa Tem
  • Depois de gerado o cartão o beneficiário deve ir até o aplicativo do PicPay e clicar em “Carteira” e, depois, “adicionar dinheiro”. Na nova tela aparecerá a opção “Cartão de débito virtual Caixa”. Neste momento o beneficiário deverá informar os dados do cartão da Caixa que anotou.
Usuário deverá cadastrar o cartão da Caixa para
Usuário deverá cadastrar o cartão da Caixa para "transferir" o dinheiro para o aplicativo. Crédito: Reprodução PicPay
  • Depois que o cartão for adicionado ao PicPay a pessoa pode escolher quanto deseja transferir para o PicPay. Pode ser o valor completo – os R$ 600 – ou menos.
Usuário deve escolher quanto quer transferir
Usuário deve escolher quanto quer transferir. Crédito: Reprodução PicPay
  • Por fim, depois de escolhido o valor, a pessoa deverá informar ao aplicativo o código de segurança do cartão da Caixa para concluir a transação.
Usuário deverá digitar o código de segurança do cartão da Caixa
Usuário deverá digitar o código de segurança do cartão da Caixa. Crédito: Reprodução PicPay

Depois que o dinheiro for transferido para a carteira do aplicativo o usuário poderá realizar o pagamento de contas e boletos, transferir o dinheiro para outras pessoas e fazer saques pela rede Banco24Horas. O aplicativo também permite recarga de celular e de cartão para transporte público, além do pagamento de estacionamentos e compras online.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.