ASSINE

Cade aprova venda do app capixaba Shipp para o Grupo Lojas Americanas

Com atuação em Vitória e Vila Velha, a compra do aplicativo de delivery vai representar a entrada do grupo varejista no modelo de "Ultra Fast Delivery" (entrega em poucos minutos) na categoria de comida

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 24/05/2021 às 18h44
AShipp
Entregador da Shipp. Crédito: Shipp/Divulgação

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a venda do aplicativo de entregas Shipp, criado no Espírito Santo, para a SuperNow, empresa de e-commerce focada em supermercados subsidiária da B2W, que pertence ao Grupo Lojas Americanas. A decisão pela aprovação sem restrições foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (24).

negócio foi anunciado no início da abril, como mostrou A Gazeta. O Cade, autarquia federal responsável pela defesa da concorrência, entendeu que a aquisição não vai acarretar em concentração de mercado uma vez que diferentes empresas atuam no segmento de entrega de itens de mercado. 

A aquisição representa a entrada do Grupo Lojas Americanas no modelo de "Ultra Fast Delivery" (entrega em poucos minutos) na categoria de comida. Nesse sentido, a operação possibilitará a diversificação dos serviços de entrega prestados pelo grupo, que, atualmente, restringem-se apenas a uma pequena atuação no segmento de itens de mercado. O valor da transação não foi divulgado.

Em comunicado feito ao mercado em abril, a B2W afirmou que "a pretendida aquisição está em linha com a estratégia da B2W de ser mais relevante no dia a dia dos clientes, oferecendo: Tudo. A toda Hora. Em qualquer lugar". Atualmente, a Shipp atua apenas nas cidades de Vila Velha e Vitória.

"A Shipp é uma startup de delivery on demand que iniciou suas atividades em 2017, no Espírito Santo, como uma alternativa ao modelo tradicional de entrega, oferecendo mais conveniência para os clientes, que podem, por meio do app, fazer pedidos de supermercados, farmácias, restaurantes, petshops, ou qualquer outro estabelecimento. Com um modelo de negócios altamente escalável, a Shipp iniciou a expansão para novas localidades, com o objetivo de atender mais de 100 cidades", dizia o comunicado.

A plataforma também oferece um serviço de concierge, que permite a entrega de tudo o que o cliente desejar. A Shipp conta com 10 mil entregadores cadastrados e alto nível de serviço, realizando as entregas em aproximadamente 36 minutos. De acordo com a B2W, o app tem alta frequência de uso, com os clientes recorrentes fazendo em média três pedidos por mês.

Segundo o Grupo Lojas Americanas, a compra "possibilita a melhoria da experiência do consumidor na categoria de food delivery (iniciada em 2020 por meio de parcerias estratégicas), a expansão da categoria de mercado para novas localidades e a aceleração das soluções de O2O (Online to Offline), principalmente, o ship from store, que é operado pela Ame Flash, plataforma proprietária de crowdshipping com mais de 20 mil entregadores e presença em mais de 700 cidades".

A Shipp é uma empresa do Grupo Zaitt, que fundou a primeira loja autônoma do Espírito Santo. A negociação se deu por meio da Sapore, maior empresa de alimentação do Brasil, que adquiriu o companhia capixaba em dezembro de 2019.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Cade Comércio Negócios Delivery

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.