ASSINE

Pandemia faz tradicional armarinho fechar as portas em Vila Velha

Loja especializada na venda de obras de arte, artesanato e itens de armarinho alegou que sofreu com o fechamento total e parcial do comércio e que, ao mesmo tempo, as vendas pela internet cresceram

Publicado em 18/05/2021 às 17h46
Unidade da Celga no Shopping Vila Velha vai fechar as portas
Unidade da Celga no Shopping Vila Velha vai fechar as portas. Crédito: Divulgação/Celga

Tradicional empresa capixaba de venda de obras de arte, artesanato e itens de armarinho, o Espaço de Arte Celga comunicou nesta terça-feira (18) que vai fechar as portas de uma das suas duas unidades. A loja de Vila Velha, localizada em um shopping da cidade, será fechada nos próximos dias.

Segundo a empresa, a pandemia do novo coronavírus e seus reflexos econômicos são os principais motivos do fechamento do estabelecimento. A empresária Márcia Celga explicou que a loja sofreu com o fechamento total e parcial do comércio e que, ao mesmo tempo, as vendas pela internet cresceram.

"Tivemos um excelente resultado com as vendas on-line, o que não justifica termos um custo alto para manter uma loja tão grande em um momento de instabilidade financeira", diz. 

Márcio lembrou que a filial em Vila Velha foi aberta há cerca de dois anos. Trata-se de uma megaloja de 1.990 metros quadrados, uma das maiores do Shopping Vila Velha. 

"O empresário sempre deposita muitos sonhos e expectativas quando lança um novo empreendimento. Fechar uma loja após pouco mais de dois anos de funcionamento não estava nos planos, mas não vamos lamentar, afinal, conseguimos gerir com muita competência e alegria a loja", disse.

Com o fechamento da unidade, a empresa fará ao longo desta semana um saldão de produtos de armarinho, antiquário e também de cama, mesa e banho. Já o espaço de arte passará a ser totalmente virtual.

A loja na Praia do Canto, em Vitória, inaugurada há mais de 40 anos, vai manter as atividades.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.