ASSINE

Covid-19: com ocupação em 79%, ES reavalia receber pacientes de fora

Se taxa de ocupação de leitos para atender pacientes com Covid-19 no ES alcançar a marca de 80%, o governo pode suspender o atendimento a doentes vindos de outros estados. Governo de Santa Catarina já foi alertado

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 08/03/2021 às 20h31
Atualizado em 08/03/2021 às 20h31
Hospital Jayme Santos Neves, na Serra, recebe trinta e seis pacientes com Covid-19 vindos de Manaus
Profissionais da saúde recepcionam pacientes vindos de Manaus (AM). Crédito: Fernando Madeira

Se a taxa de ocupação de leitos para atender pacientes com Covid-19 no Espírito Santo atingir 80%, o governo do Estado pode suspender a oferta de tratamento a novos doentes vindos de outros estados. O índice atual é de 79,01%.

Até o momento, o Executivo estadual disponibilizou 80 leitos para pacientes vindos do AmazonasRondônia e Santa Catarina. No dia 1 de março, o governador Renato Casagrande anunciou que havia reservado 15 leitos para o estado do Sul do país.

Desse total, quatro pacientes foram transferidos de hospitais da Região Oeste catarinense para o Hospital Dr. Jayme Santos Neves, na Serra. Um deles, o motorista Daniel Pegoraro, de 34 anos, não resistiu às complicações da doença e morreu neste sábado (6).

"Devido a atual ocupação, no momento, não será possível o recebimento de mais pacientes de outros estados, exceto os que já estavam reservados para Santa Catarina. Na tarde desta segunda-feira (08) a unidade de referência em tratamento da Covid-19, o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, ainda conta com 28 pacientes transferidos de outros estados", informa a nota da Sesa.

Diante o cenário atual, a recepção de novos pacientes ainda é incerta. Dados do Núcleo Interinstitucional de Estudos Epidemiológicos (NIEE) indicam que o ritmo de contágio (Rt) do coronavírus aponta para um aumento de internações e óbitos.

Taxa de transmissão da Covid-19 no ES

Taxa de transmissão do coronavírus
Taxa de transmissão do coronavírus no interior. IJSN
Taxa de transmissão do coronavírus
Taxa de transmissão do coronavírus no Espírito Santo. IJSN
Taxa de transmissão do coronavírus
Taxa de transmissão do coronavírus na Grande Vitória. IJSN
Taxa de transmissão do coronavírus na Grande Vitória
Taxa de transmissão do coronavírus na Grande Vitória
Taxa de transmissão do coronavírus na Grande Vitória

"O Governo do Espírito Santo estabeleceu 80% de ocupação de leitos Covid-19 como um alerta para suspender a vinda de pacientes de outros Estados. Neste caso, foi informado ao Governo catarinense que a garantia da oferta estaria submetida a avaliação do comportamento da ocupação nos próximos dias", explica a Sesa.

Durante o evento de apresentação do aplicativo SOS Marias, realizado na manhã desta segunda-feira (8) no Palácio Anchieta, o governador Renato Casagrande disse que ele e um grupo de governadores estão preocupados com a realidade da pandemia no Brasil. Os chefes dos Executivos estaduais estudam a adoção de medidas coletivas para enfrentar o vírus.

"Muitos estados estão pedindo leitos para nós aqui no Espírito Santo, mas limitamos esse atendimento porque temos de dar prioridade ao atendimento local. Estamos preocupados porque a média de óbitos é a mais elevada de toda a história da pandemia e em outros estados os jovens estão sendo muito atingidos. Aqui no Estado, começou a crescer um pouco a ocupação de leitos, parou de cair a média de óbitos, começou a crescer um pouco o número de casos ativos", destaca.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.