ASSINE

Reveja live sobre oportunidades do mercado imobiliário

Estreia do Talk Imóveis trouxe panorama do mercado da construção civil no Espírito Santo e análises que apontaram por que este é um momento favorável para quem deseja investir

Vitória
Publicado em 25/05/2021 às 13h45

“Em termos de economia, o sinal é verde para seguir em frente e comprar um imóvel”. Foi o que  afirmou Teco Medina, economista e comentarista da CBN, na primeira live do evento Talk Imóveis 2021, realizada nesta quarta-feira (26), em A Gazeta. O encontro virtual apresentou o atual panorama do mercado imobiliário e discutiu como se organizar para um financiamento, quais as melhores opções de imóveis e os impactos da pandemia do coronavírus no setor.

Além do economista, participaram da live o consultor imobiliário Guilherme Machado e os presidentes da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Espírito Santo (Ademi-ES), Sandro Calesso, e do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Espírito Santo (Sinduscon-ES), Paulo Baraona.

“O imóvel sempre foi um investimento seguro. No ano passado, conseguimos nos manter apesar da pandemia, devido às baixas e atrativas taxas de juros. A procura não foi apenas pelos compradores do primeiro imóvel, mas também por investidores que começaram a apostar no segmento”, pontuou Paulo Baraona.

Segundo o presidente do Sinduscon, nos últimos 12 meses a construção civil teve um salto de cinco mil novos empregos na área. No âmbito nacional, o país bateu um recorde histórico de 1994, com 105 mil imóveis financiados.

De acordo com dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o mercado imobiliário registrou um aumento de 9,8% nas vendas de empreendimentos em 2020, em relação a 2019. Para 2021, o cenário é ainda mais animador: só no primeiro trimestre deste ano a alta apontada foi de 27,1% em comparação ao mesmo período de 2020.

“O brasileiro continua com o sonho da casa própria por diversas razões, mas também porque a pandemia provou que o imóvel é mais importante do que se imaginava. Hoje, estamos com fácil acesso a crédito disponível e o preço dos imóveis já não está mais tão absurdo. Acredito que estamos no segundo melhor momento em muito tempo. O primeiro melhor momento para a compra foi no Talk Imóveis do ano passado”, destacou Teco Medina.

Esse cenário não é positivo apenas para quem quer comprar, mas também para quem está interessado em vender o imóvel. Para o presidente da Ademi-ES, Sandro Calesso, a valorização sempre vai acontecer, mesmo com o investimento sendo de médio a longo prazo.

“As atuais oportunidades que a população tem de adquirir um empreendimento próprio nunca foram vistas antes. O imóvel sempre será seguro e rentável e, com a pandemia, vimos as pessoas buscarem esse investimento pessoal”, avaliou Carlesso.

As mudanças comportamentais impulsionadas pela pandemia foram refletidas pelo consultor imobiliário Guilherme Machado. Segundo ele, os pontos de consumo foram alterados porque agora o indivíduo passa mais tempo dentro de casa. Isso porque os imóveis são símbolos sociais que representam desejos e anseios do consumidor. Por isso, é importante garantir a informação no processo de compra e venda.

“Precisamos trazer de forma mais clara e transparente que estamos nos socializando por meio dos imóveis. O grande erro é a desinformação. O consumidor não quer ser visto apenas como potencial cliente, mas como promotor daquela região“, ressaltou.

Na próxima quarta-feira (02), o Talk Imóveis segue com a programação de lives discutindo o passo a passo na hora de comprar um imóvel para morar ou investir. O encontro é apresentado pela editora adjunta de Imóveis de A Gazeta, Lara Rosado, e transmitido no site, a partir das 16 horas.

CONFIRA ABAIXO A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Passo a passo: como comprar um imóvel para morar ou investir

Data: 2/06, às 16h

Como tornar o lar um lugar de aconchego. O que as famílias buscam?

Data: 9/06, às 16h

Tecnologia e sustentabilidade: como transformar seu imóvel em uma casa inteligente.

Data: 16/06, às 16h

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.