ASSINE

Caminhoneiros são parados por manifestantes em pontos da BR 101 no ES

Depoimentos e flagrantes foram registrados na tarde desta quarta-feira (8). A PRF e a Eco101 apontam outros pontos de manifestação, mas sem interdição

 Caminhoneiros protestam em rodovias do ES
Caminhoneiros protestam na BR 101, em Viana, no Espírito Santo. Crédito: Fernando Madeira

Depois dos protestos registrados nesta terça-feira, dia 7 de setembro, alguns caminhoneiros estão sendo impedidos por manifestantes de seguirem viagem na BR 101 nesta quarta-feira (8). Durante a tarde, a situação foi flagrada em três pontos pela reportagem: em Viana, na Grande Vitória, em Linhares, no Norte do Espírito Santo, e em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado.

No município da Região Metropolitana, há dezenas de caminhões parados na altura do quilômetro 306 da rodovia, em ambos os sentidos. O fotógrafo Fernando Madeira, de A Gazeta, colheu depoimentos de motoristas que se sentiram obrigados a parar. Um deles está há dois dias no local.

X.

Caminhoneiro com destino a cidades do Sul do ES

"Bateram na porta do carro, como se fôssemos bandidos, e nos mandaram encostar. Estamos sem infraestrutura, sem banheiro e sem chuveiro. Está uma baderna danada"

Outro caminhoneiro, que também não será identificado por questões de segurança, disse que se sentiu ameaçado com a abordagem feita pelos manifestantes. "Falaram que eu sabia que não era para rodar", contou. Descontente com a situação, ele aguardava dentro do veículo para saber se poderia continuar trabalhando.

Y.

Caminhoneiro parado em Viana

"Eu não sou obrigado a ficar parado se eu não quero participar do movimento. A estrada não é de nenhum caminhoneiro. Até onde eu sei, ela é pública. Para quem quer e continua quem quer"

Já em Linhares, a concentração ocorre no km 137, na altura da entrada do distrito de Farias. No local, uma equipe da TV Gazeta Norte registrou o momento em que os manifestantes pararam uma carreta e pegaram o documento do motorista para que ele aderisse ao movimento. Caminhões e carretas que não transportam alimentos perecíveis ou remédios estão sendo parados.

Em Cachoeiro de Itapemirim, uma fila de caminhões ocupa as margens da BR 101 (sentido Vitória), na região de Safra.

Registro de longa fila de caminhões às margens da BR 101

A reportagem da TV Gazeta Sul esteve na região de Safra e apurou com caminhoneiros, durante a tarde desta quarta-feira, que manifestantes estariam coagindo os motoristas de caminhões para que aderissem ao ato.

PRF INFORMA MANIFESTAÇÃO EM 13 CIDADES

Apesar dos registros, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) garantia, desde a terça-feira (7), que não havia interdição em nenhum trecho onde foram identificadas mobilizações. No final da tarde desta quarta-feira (8), o posicionamento foi reforçado pelo órgão, que voltou a afirmar que não há bloqueios ao longo das rodovias federais do Espírito Santo.

No entanto, na nota mais recente, a PRF confirmou que alguns motoristas que queriam seguir viagem foram obrigados pelos manifestantes a parar e garantiu ter agido. "Os agentes negociaram em todos os pontos de concentração e solicitaram que veículos que estejam transportando produtos perecíveis, combustíveis, cargas vivas e medicamentos sejam liberados", afirmou. 

O órgão informou ainda que "as manifestações acontecem de maneira pacífica" e que "manterá o reforço no policiamento e fiscalização das BRs enquanto durarem os eventos". Além de Viana, Linhares e Cachoeiro de Itapemirim, há manifestações em Vila VelhaSerraAracruzJoão NeivaIbiraçuIconhaAtílio VivácquaMimoso do SulItapemirimIbatibaAlegre. Veja a relação:

Concessionária que administra a principal rodovia federal do Espírito Santo, a Eco101 também garante, desde as 16h, que apesar dos pontos de manifestação, não há interdição na BR 101.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.