ASSINE

Ibope: Coser e Gandini empatados com 22% em Vitória

Apesar de aparecer entre os líderes, o petista João Coser é também o mais rejeitado. Capitão Assumção (Patriota) tem a segunda maior rejeição

Publicado em 13/10/2020 às 18h49
Atualizado em 13/10/2020 às 23h32
Pesquisa eleitoral 2020 Ibope - Vitória
Em Vitória, 14 candidatos solicitaram registro à Justiça Eleitoral. Crédito: Felipe Mota/Fly Now/Arte Geraldo Neto

O deputado estadual Fabrício Gandini (Cidadania) e o ex-prefeito de Vitória João Coser (PT) aparecem rigorosamente empatados na disputa pela Prefeitura da Capital do Espírito Santo, com 22% cada um. Esse é o resultado da primeira pesquisa realizada pelo Ibope a pedido da Rede Gazeta nas eleições 2020.

O recorte é na intenção estimulada de voto, quando os nomes dos candidatos são previamente apresentados aos entrevistados. Quando o olhar é para a intenção espontânea, sem que os nomes sejam mostrados, pouca coisa muda: Coser tem 13% e Gandini, 12%. É um empate técnico, já que a margem de erro da pesquisa é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos.

É na rejeição, no entanto, que vem a diferença: quando o questionamento é sobre em quem os eleitores não votariam em hipótese alguma, Coser é o mais rejeitado entre todos os candidatos a prefeito de Vitória, com 35%. Gandini, por sua vez, é rejeitado por 18%.

O deputado estadual é o candidato do atual prefeito, Luciano Rezende (Cidadania), que já está no segundo mandato consecutivo e, assim, não disputa a reeleição.

Coser, por sua vez, foi prefeito da cidade por dois mandatos, de 2005 a 2012, e é uma das principais lideranças do PT no Espírito Santo. O último pleito que disputou, em 2018, foi para deputado federal. Não foi eleito.

INTENÇÃO ESTIMULADA:

OS TRÊS DE CASAGRANDE

O PSB do governador Renato Casagrande tem candidato em Vitória, é o atual vice-prefeito da cidade, Sergio Sá, que rompeu com Luciano Rezende. Sá tem 5% das intenções de voto estimuladas.

Mas tem digital do PSB também na candidatura de Gandini. O Cidadania, presidido pelo deputado no Espírito Santo, é um dos principais aliados do governo estadual. A convenção do Cidadania em Vitória contou com nomes de peso do Palácio Anchieta, como o secretário de Governo, Tyago Hoffmann (PSB).

JOGO EMBOLADO

Os demais candidatos estão embolados na disputa. Após Coser e Gandini aparece Lorenzo Pazolini (Republicanos), com 10% das intenções de voto estimuladas. Neuzinha de Oliveira (PSDB), com 7%, e Capitão Assumção (Patriota), com 6%, aparecem em seguida. Mais uma vez, considerando que a margem de erro é de 4 pontos percentuais, estão bem próximos uns dos outros.

O cenário é parecido na intenção espontânea. Sem serem avisados sobre quem são os candidatos a prefeito de Vitória, 43% não souberam dizer em quem devem votar. Mas quem lembrou de um nome preferido manteve a disputa apertada.

INTENÇÃO ESPONTÂNEA:

REJEIÇÃO

Quando questionados sobre em qual candidato não votariam de jeito nenhum, o mais rejeitado, depois de Coser (35%), é Assumção, com 31%.

O menos rejeitado é Halpher Luiggi (6%), afilhado político do ex-senador Magno Malta. Mas Halpher não foi mencionado quando a pergunta era sobre em quem o entrevistado pretendia votar. Veja os resultados:

O 1º turno da eleição será em 15 de novembro. Vitória, por ter mais de 200 mil eleitores, pode ter segundo turno, marcado para 29 de novembro. O segundo turno ocorre quando nenhum dos candidatos alcança a metade dos votos válidos mais um.

EXPECTATIVA DE VITÓRIA

Os entrevistados também foram questionados pelo Ibope, "independentemente da sua intenção de voto, na sua opinião, quem será o próximo prefeito de Vitória?". Veja os resultados:

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.