ASSINE

Apoiadores de Bolsonaro fazem atos em 24 cidades no ES no 7 de Setembro

Na Grande Vitória, manifestantes fecharam a Terceira Ponte e pediram a destituição do STF, voto impresso e "criminalização do comunismo"

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 07/09/2021 às 18h56
Manifestantes ocupam os dois sentidos da Terceira Ponte
Manifestantes ocupam os dois sentidos da Terceira Ponte. Crédito: Ricardo Medeiros

O 7 de Setembro teve atos a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em 24 cidades do Espírito Santo, segundo balanço feito pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp). O maior deles foi realizado na Capital, onde manifestantes atravessaram a pé a Terceira Ponte, de Vila Velha para Vitória, e realizaram um protesto na Praça do Papa. De acordo com a Sesp, o público estimado em Vitória era entre 80 mil e 100 mil pessoas. No total, somados todos os eventos, a estimativa é de que 108.645 pessoas foram as ruas a favor do presidente neste feriado.

A Rodosol interditou os dois sentidos da Terceira Ponte durante a tarde. A concentração para a manifestação começou em um posto de combustível, na Praia da Costa, por volta do 12h e a dispersão dos participantes teve início por volta das 16h30. A Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, na Enseada do Suá, também foi interditada, após ser ocupada pelos manifestantes.Ambas as vias já foram liberadas.

Resumo da manifestação pró-Bolsonaro em Vitória

Com cartazes pedindo a destituição dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) – ou até mesmo a morte deles, em alguns casos –, os manifestantes direcionaram suas críticas principalmente ao ministro Alexandre de Moraes, responsável pelo inquérito das fake news no STF, que investiga ataques ao Supremo e já levou à prisão algumas lideranças bolsonaristas.

Manifestantes defendem pautas antidemocráticas e inconstitucionais
Manifestantes defendem pautas antidemocráticas e inconstitucionais. Crédito: Ricardo Medeiros

Em Brasília e em São Paulo, Bolsonaro subiu o tom contra o Poder Judiciário em discursos nesta terça-feira. "Ou o chefe do Poder enquadra o seu ministro ou esse Poder pode sofrer aquilo que nós não queremos", em uma mensagem direcionada ao presidente do STF, o ministro Luiz Fux.

Na Capital, os manifestantes trouxeram cartazes com mensagens pedindo mais "liberdade de expressão", ao mesmo tempo que também defendiam a "criminalização do comunismo no Brasil", esta última considerada uma medida inconstitucional, já que o pluripartidarismo está previsto na Constituição Federal. No protesto, também houve menção ao ex-deputado federal Carlos Manato (sem partido), uma dos principais representantes do bolsonarismo no Estado.

Manifestações de 7 de setembro

Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Ricardo Medeiros
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Ricardo Medeiros
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Ricardo Medeiros
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Ricardo Medeiros
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro

A maioria dos manifestantes não usava máscaras ou mantinha distanciamento, como recomendam as autoridades sanitárias para evitar a circulação do coronavírus, que causa a Covid-19.

Além da manifestação nas ruas de Vitória e Vila Velha, caminhoneiros e outros grupos a favor do presidente fizeram atos em diversos pontos da BR 101. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) identificou manifestações na rodovia nas cidades de LinharesJoão NeivaVianaItapemirimAracruz, IconhaPedro Canário e Cachoeiro de Itapemirim.

Em Cachoeiro, inclusive, houve uma confusão envolvendo um caminhoneiro que se recusou a aderir ao movimento. Segundo relatos de outros caminhoneiros, os manifestantes não permitiam que os demais motoristas de caminhões e carretas prosseguissem viagem, a não ser aqueles que estavam carregados de alimentos perecíveis. Um carreteiro se recusou a parar e teve objetos lançados contra o seu veículo. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento da confusão.

Confusão na BR 101, em Cachoeiro de Itapemirim

De acordo com a Sesp, houve manifestações nas cidades de Guarapari, Barra de São Francisco, Viana, São Mateus, Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Nova Venécia, Pinheiros, Águia Branca, Boa Esperança, Venda Nova do Imigrante, Muqui, São Domingos do Norte, Colatina, Anchieta, Conceição do Castelo, Muniz Freire, Serra, Iúna, São Gabriel da Palha, Mimoso do Sul e Alegre.

PROTESTOS CONTRA BOLSONARO

Mais cedo, em Vitória, também houve o tradicional Grito dos Excluídos, que em 2021 chegou a sua 27ª edição. O evento, organizado por movimentos sociais, sindicatos e pastorais ligadas à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), é realizado anualmente no dia 7 de setembro.

Neste ano, os manifestantes, em sua maioria usando máscaras, caminharam da Praça Getúlio Vargas, no Centro da Capital, até a Prefeitura de Vitória. Em pauta, estava a defesa do SUS, respeito às religiões de matrizes africanas, à manutenção dos territórios indígenas, a preservação do meio ambiente e pedidos pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com a Sesp, o evento reuniu 1 mil pessoas.

Manifestações de 7 de setembro

Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Ricardo Medeiros
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Ricardo Medeiros
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Ricardo Medeiros
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Ricardo Medeiros
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro. Fernando Madeira
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro
Manifestações de 7 de setembro

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.