ASSINE

Vitória prevê 4 novas ciclovias para os próximos anos; veja os locais

Prefeitura de Vitória prevê construção de quatro ciclovias em trechos importantes da cidade. Duas dessas estruturas ficam prontas até 2024, segundo a administração municipal

Vitória
Publicado em 22/09/2021 às 09h27
Data: 12/09/2019 - ES - Vitória - Ciclista passando pela nova ciclovia da Av Leitão da Silva, em Vitória - Editoria: Cidades - Foto: Ricardo Medeiros - GZ
Ciclista passando pela nova ciclovia da Av Leitão da Silva, em Vitória. Crédito: Ricardo Medeiros

A construção da ciclovia que vai ligar a Praça dos Namorados até o Tancredão, anunciada na última semana, não é a única que está nos planos da Prefeitura de Vitória. A malha cicloviária da capital do Espírito Santo será ampliada em pelo menos outros três trechos, que passam por avenidas importantes da cidade. 

No total, serão quase 15 quilômetros de extensão que contemplam a avenida Marechal Campos, a porção noroeste da Beira-Mar e a avenida Rio Branco. A previsão é que pelo menos duas das quatro novas ciclovias fiquem prontas até 2024.

“Vamos ter um anel cicloviário que vai ligar toda a Ilha de Vitória, do Noroeste da cidade até o Norte, passando por vias dentro dos bairros da Capital”, destacou o secretário de Desenvolvimento da Cidade e Habitação, Marcelo de Oliveira. 

Com exceção da Rio Branco, o recurso que será usado para as obras está contemplado no pacote de investimento de R$ 1 bilhão divulgado pela prefeitura. 

AVENIDA MARECHAL CAMPOS

Uma das avenidas mais movimentadas de Vitória, a Marechal Campos deve contar com uma ciclovia multidirecional na lateral da pista. A estrutura vai conectar um trecho de 1,5 quilômetros entre Tabuazeiro e a Avenida Vitória. A prefeitura de Vitória informou que ainda não é possível dar um prazo para conclusão da obra, que está na fase de projeto.

BEIRA-MAR/ORLA NOROESTE

A implementação de uma ciclovia de 1,6 quilômetros na Avenida Beira-Mar, entre os bairros São Pedro e Resistência, faz parte do projeto de revitalização da Orla Noroeste. A estrutura será anexa ao deque e visa a retirar o fluxo que hoje existe na Rodovia Serafim Derenzi.

Orla de Ilha das Caieiras e São Pedro terá ciclovia e deques
Orla da Ilha das Caieiras e São Pedro terá ciclovia e deques. Crédito: Divulgação/PMV

AVENIDA RIO BRANCO

Depois de um período de longa discussão com a comunidade, a parte final da ciclovia da Avenida Rio será executada. A construção é prevista para o canteiro central da via, preservando as vagas de estacionamento e com a substituição de quatro árvores no local.

A ciclovia da Rio Branco compreende um trecho de 1,8 quilômetros que vai da Ponte Ayrton Senna, na Praia do Canto, até a Avenida Nossa Senhora da Penha (Reta da Penha). O edital será lançado ainda este ano e a previsão é que a obra termine até 2024.

AVENIDA MARECHAL MASCARENHAS DE MORAES

Nova ciclovia

Já anunciada pelo prefeito, a ciclovia que liga a Praça dos Namorados até o Tancredão vai compreender um trecho de 9 quilômetros. Parte dele já possui uma malha cicloviária, que vai ser revitalizada. Em outra, que passa pela Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, a obra vai começar do zero.

O projeto está na fase final de elaboração, com início das obras previstas para o ano que vem e previsão de conclusão em 2024. Outras vias também serão contempladas com a ciclovia nesse trecho.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.