ASSINE

Serra: Planalto Serrano vai contar com novo posto da Guarda Municipal

O objetivo, segundo a prefeitura, é reforçar as ações de combate à violência na região, especialmente o tráfico de drogas. Em seis meses, bairros registrou cinco assassinatos e vários episódios de tiroteios entre gangues

Publicado em 22/07/2021 às 16h26
Planalto Serrano agorat
Agentes da Guarda Municipal vão reforçar segurança na região. Crédito: Divulgação/Sedes-PMs

O bairro Planalto Serrano, na Serra, vai ganhar um posto da Guarda Municipal. O objetivo, segundo o prefeito Sérgio Vidigal,  é reforçar as ações de combate à violência na região, especialmente o tráfico de drogas. O projeto, tocado pela secretaria de Obras, foi iniciado na última segunda-feira (19).

“Essa é uma das ações implementadas em Planalto Serrano para devolver a tranquilidade aos moradores do bairro. A população precisa ter a garantia do ir e vir no bairro. Estamos investindo em saúde, educação e qualificação, mas é importante mostrar a presença da prefeitura para garantir a segurança. Estamos reformando a praça e garantindo que ali tenha um posto da guarda”, afirmou Vidigal.

De acordo com o secretário de Defesa Social da Serra, Fabrício Dutra, o patrulhamento da Guarda Municipal na região já foi reforçado. “Continuamos intensificando o patrulhamento. Na praça do Bloco A temos uma viatura de apoio permanente”, disse.

Polícia Militar reforça o patrulhamento no bairro Planalto Serrano após tiroteios entre traficantes e ameaças à jornalistas que faziam matéria sobre a onda de violência na região
Polícia Militar reforça o patrulhamento no bairro Planalto Serrano após tiroteios entre traficantes e ameaças a jornalistas que faziam matéria sobre a onda de violência na região. Crédito: Fernando Madeira

INSEGURANÇA

De janeiro a junho deste ano, Planalto Serrano registrou cinco homicídios. Houve também registros de troca de tiros entre gangues, ameaças a moradores e até a equipes de reportagem. 

No último dia 8 de julho, um intenso tiroteio entre traficantes foi registrado no Bloco A. Com medo, algumas pessoas se esconderam dentro do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro, que em seguida precisou ser fechado. 

Nos meses de maio e junho, vários tiroteios foram relatados por moradores. "Estamos vivendo na Faixa de Gaza, no terror. Não tem horário ou dia certo para ter tiroteio", contou uma moradora na época. Os ônibus do Sistema Transcol chegaram suspender parte do itinerário e circularam apenas na parte baixa do bairro. 

Em março, equipes de reportagem, entre elas a da TV Gazeta, foram ameaçadas ao vivo por criminosos armados no bairro Planalto Serrano. Os repórteres foram ao local após reclamação de moradores que relataram que, após um tiroteio, os ônibus pararam de subir no bairro, afetando quem mora nos blocos B e C. 

A Gazeta integra o

Saiba mais
Serra guarda municipal planalto serrano serra

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.