Covid-19: veja as regras nas praias do ES para o feriado do ano-novo

Municípios que administram regiões litorâneas definiram regras para evitar aglomeração e o contágio da doença no Estado

Publicado em 30/12/2020 às 05h00
Atualizado em 30/12/2020 às 05h01
Vila Velha, ES - Movimentação na Praia da Costa no último domingo do ano
Vila Velha, ES - Movimentação na Praia da Costa no último domingo do ano. Crédito: Vitor Jubini

Com a previsão de que a quinta-feira (31) e a sexta (1) serão dias de sol no Espírito Santo, as praias devem ser ponto de encontro de muitos capixabas. Mas no período de enfrentamento ao coronavírus, os municípios que administram regiões litorâneas definiram regras para evitar aglomeração e o contágio da doença no feriado prolongado de ano-novo.

De acordo com o 37º mapa de risco da Covid-19, oito cidades do Estado estão em risco alto de contaminação. Dessas regiões, GuarapariLinhares e São Mateus contam com praias em seus territórios. 

Na Grande Vitória, os municípios de SerraVitória e Vila Velha estão no risco moderado. Na Capital, as praias estão liberadas. Mesmo assim, a prefeitura suspendeu a queima de fogos e a reserva de tendas na areia. A administração promete monitorar os locais com a Guarda Municipal e fiscais de posturas.

“As praias estão liberadas com restrições como o uso de máscaras, álcool gel, manter distanciamento, evitar aglomeração e observar os protocolos de higiene e segurança sanitária. Em função da pandemia e pensando na segurança sanitária da população, a prefeitura suspendeu a tradicional queima de fogos que marca a virada de ano em Vitória e, consequentemente, a instalação de tendas na areia”, informa um trecho da nota enviada por Vitória.

Na Serra, a prefeitura vai realizar operações integradas com emprego da Guarda Civil Municipal, Departamento de Operações de Trânsito e equipes da fiscalização municipal, em parceria com a Polícia Militar. As ações serão focadas em festas clandestinas e aglomerações.

“Nas praias, equipes de guarda-vidas atuarão para orientar a população a evitar aglomerações, trabalho que será realizado também por agentes de trânsito e Guardas Civis Municipais durante abordagens a veículos nos balneários”, destaca o documento.

A prefeitura de Vila Velha foi procurada pela reportagem para saber quais ações serão feitas no município, mas até o momento não houve retorno. 

GUARAPARI

Em Guarapari, a prefeitura vai publicar nesta quarta-feira (30) um decreto que determina o fechamento de bares até o próximo domingo (3) e a suspensão da entrada de ônibus de turismo.  Confira algumas regras estabelecidas: 

  • Fica permitido o funcionamento dos quiosques até as 20h, desde que obedeçam as medidas contidas no decreto. 
  • Estão vedadas as atividades de boates, shows, casas de shows e afins.
  • Bares, que não possuem características de restaurante, não poderão funcionar até domingo (3). Em caso de descumprimento da norma, o bar será interditado e aplicada multa de aproximadamente  R$ 2.410.
  • Somente será permitida a venda de produtos e alimentos por ambulantes devidamente licenciados pela Secretaria Municipal de Postura e Trânsito, até às 20hs. Sendo proibida a venda de bebidas alcoólicas no calçadão das praias. Caso haja descumprimento das medidas contidas no decreto, o ambulante estará sujeito à cassação da licença.
  • Fica proibido o consumo presencial de bebidas alcoólicas em distribuidoras de bebidas e lojas de conveniência.
  • Fica proibida a visitação pública ao Parque Natural Municipal “Morro da Pescaria”.

LINHARES

Diante do aumento do número de casos de Covid-19 no município, a prefeitura de Linhares, no Norte do Estado, suspendeu a queima de fogos nas praias e a promoção de shows musicais em Pontal do Ipiranga, Regência e Povoação. 

Além disso, carros de som vão passar pelos bairros da sede com mensagem de alerta para que os moradores cumpram o isolamento e o distanciamento social, e demais medidas de prevenção contra o avanço do novo coronavírus (Covid-19).

As ações também contarão com a presença de agentes do Departamento Municipal de Trânsito e da Polícia Militar. Como prevenção, o governo também deve implantar barreiras sanitárias nas áreas de acesso às praias.

Praia de Pontal do Ipiranga
Praia de Pontal do Ipiranga, em Linhares. Crédito: Felipe Reis/Prefeitura de Linhares

SÃO MATEUS

Ainda no Norte do Estado, o secretário de Saúde de São Mateus, Henrique Follador, disse que o Ministério Público expediu notificação recomendatória para que o município reforce as fiscalizações entre o dia 16 de dezembro de 2020 até 1° de janeiro de 2021. O objetivo é conter ações que possam provocar aglomeração.

Assim como aconteceu no Natal, a administração municipal pretende instalar barreiras sanitárias antes da ponte que dá acesso ao balneário de Guriri.  Também não haverá queima de fogos e atrações musicais na praia do município. 

Praia de Guriri
Praia de Guriri, em São Mateus. Crédito: Eduardo Dias

RISCO BAIXO, MODERADO, ALTO E EXTREMO

Nos primeiros meses da pandemia pelo novo coronavírus, o governo do Estado divulgou uma série de medidas para a classificação de cada município do mapa de risco — levando em consideração a matriz de risco, que estipula sobre o funcionamento de bares, restaurantes, shoppings, do comércio em geral, das escolas, academias, eventos e outros. Relembre.

RISCO BAIXO

  • Lojas de rua podem funcionar sem restrição de horário. Entretanto, devem atender apenas um cliente por 10m². 
  •  O distanciamento social em filas e uso de máscaras é obrigatório. 
  •  As academias podem funcionar sem restrição de horário e sem agendamento prévio de alunos nas cidades com risco baixo. As atividades aeróbicas também estão liberadas, mas mantendo o distanciamento social. Também está autorizado a prática de pilates para maiores de 60 anos e prática de atividades coletivas aeróbicas em locais abertos sem público. 
  • Funcionamento de bares e restaurantes sem restrições de horários e dias da semana em cidades de risco baixo. Mas é preciso respeitar o distanciamento social e a presença de um cliente a cada 10m². 
  • Os parques têm o funcionamento liberado em cidades de risco baixo e moderado. Nos municípios de risco baixo, a abertura pode ocorrer, inclusive, aos finais de semana. 
  • Boates e casas de shows seguem com o funcionamento suspenso em todo o Espírito Santo.

RISCO MODERADO

  • O comércio fica liberado para funcionar durante a semana, das 10h às 16h, sem o rodízio por segmentos. 
  • Bares e restaurantes só poderão funcionar até as 22 horas de segunda a sábado, e até as 16 horas aos domingos. 
  • Escolas de ensino infantil, fundamental e médio deverão ter as aulas presenciais suspensas no risco moderado. A regra vale para instituições públicas e particulares. As faculdades e universidades poderão seguir com as atividades presenciais. 
  • Eventos corporativos também serão limitados a 300 participantes em uma área mínima de 1.500 m², ou seja, será preciso prever pelo menos 5m² por convidado.

RISCO ALTO

  • Suspensão do atendimento ao público em todas as agências bancárias, públicas e privadas. 
  • Suspensão das atividades presenciais em todos os estabelecimentos de ensino, da rede pública e privada, com exceção de cursos livres. 
  • Suspensão dos atendimentos em alguns órgãos e repartições públicas. 
  • Suspensão do atendimento presencial ao público em concessionárias prestadoras de serviço público.
  • Suspensão da realização de eventos em geral, corporativos, acadêmicos, técnicos e científicos, sociais, esportivos e competições esportivas. 
  • Suspensão da visitação de unidades de conservação ambiental e o funcionamento de todos os parques municipais.
  • Suspensão do funcionamento dos cinemas, teatros, circos e similares, exceto em formato drive-in. 
  • Suspensão da realização de eventos sociais, tais como casamentos, aniversários e outros tipos de confraternizações. 
  • Suspensão de funcionamento de espaços de lazer e recreação infantil. 
  • Suspensão do funcionamento dos parques de diversões e similares. 
  • Somente é admissível o atendimento presencial nos estabelecimentos comerciais, galerias e centros comerciais, de segunda a sexta-feira, limitado ao horário até às 20h, e, no sábado, até às 16h. 
  • Somente é admissível o atendimento presencial nos shopping centers de segunda a sexta-feira, limitado ao horário até às 20h, e, no sábado, até às 16h. 
  • Funcionamento de restaurantes, inclusive os de shopping center, lojas de conveniência e distribuidoras de bebidas alcoólicas, deverá ser de segunda a sexta-feira, limitado ao horário até às 20h, e, no sábado, até às 16h. 
  • Suspensão do funcionamento de bares. 
  • Funcionamento das academias com liberação apenas das atividades não aeróbicas. 
  • Proibição do consumo presencial em distribuidoras de bebidas. 
  • Implantação de barreira sanitária, pela autoridade municipal, nos limites dos municípios e nas rodovias. 

RISCO EXTREMO

  • Proibição de circulação entre 21h e 5h, exceto por emergências essenciais. Profissionais de saúde, incluindo farmácias, segurança pública, privada, assistente social, funcionários de estabelecimentos essenciais estão autorizados a circular. Essa autorização será emitida pelo empregador no site da prefeitura. 
  • O cidadão que transitar sem máscara será multado. 
  • Todas as pessoas devem transitar com identidade e CPF e serão divididos em dois grupos. 
  • As pessoas ficarão proibidas de frequentar praias, calçadões, praças e similares. 
  • Cultos e missas só poderão ocorrer online.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.