ASSINE

Covid-19: ES terá mutirão da segunda dose com 360 mil vacinas

Segundo o governador Renato Casagrande, ação está programada para acontecer em dois dias nesta semana, na sexta-feira (27) e no sábado (28)

Vitória
Publicado em 25/08/2021 às 15h43
Atualizado em 26/08/2021 às 10h03
São 120 doses, que estarão disponíveis na Policlínica Municipal Bolívar de Abreu (Centro Municipal de Saúde) a partir das 12h desta terça (10)
Intensificação na aplicação da segunda dose contra a Covid-19 será na sexta (27) e sábado (28). Crédito: Márcia Leal/PMCI

O governador do Espírito SantoRenato Casagrande, anunciou nesta quarta-feira (25) que acontecerá, ainda nesta semana, uma intensificação na aplicação da segunda dose contra a Covid-19. Ele afirma que o governo do Estado já distribuiu aos municípios um total de 360 mil doses, recebidas do Ministério da Saúde. O mutirão de vacinação está programado para acontecer em dois dias, na sexta-feira (27) e no sábado (28).

Em entrevista à TV Gazeta nesta quinta-feira (26), o subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, deu mais informações sobre o mutirão. Desta vez, o foco será dado na aplicação da segunda dose em pessoas que estão em atraso e no grupo que completará o prazo nesta semana.

“Neste fim de semana nós temos o objetivo de vacinar principalmente a D2, a segunda dose da vacina contra Covid. Então, aqueles que estão com a segunda dose atrasada, aqueles que estão dentro do período para tomar a segunda dose, façam o seu agendamento. Verifique na sua cidade qual será o modelo de agendamento, qual será o modelo de aplicação e compareça para tomar a segunda dose”, disse. 

PRAZO DA D2 REDUZIDO PARA 10 SEMANAS

Sobre as pessoas que estão aguardando o prazo do cartão de vacinação, é preciso muita atenção: o subsecretário anunciou que os municípios já foram informados que o prazo para a segunda dose das vacinas da Pfizer e Astrazeneca foi reduzido de 12 para 10 semanas. Portanto, as pessoas devem verificar a data da primeira dose e checar se já podem ser imunizadas neste mutirão.

Além disso, o site vacinaeconfia.es.gov.br já está atualizado com o novo prazo. Por isso, a ferramenta é útil para o cidadão que quiser saber se já está apto para receber a segunda dose. Para isso, basta acessar o site e se cadastrar.

“Nós acabamos de comunicar os municípios que, tanto na vacina Pfizer quanto na Astrazeneca, o prazo da segunda dose vai agora para 10 semanas. Então, todos devem verificar no cartão e contar 10 semanas a partir da primeira dose. Ou então, entrar no site vacinaeconfia.es.gov.br e fazer o cadastro, que lá vai aparecer automaticamente se a pessoa já está na janela para a segunda dose”, informou, em entrevista à TV Gazeta, nesta quinta-feira (26).

Ainda de acordo com o subsecretário, o Estado vai receber mais uma carga de vacinas nesta quinta-feira (26). Isso vai abastecer o estoque dos municípios para o mutirão. "Vai ter vacina para todo mundo que está com a vacina atrasada e também para quem tem que tomar a segunda dose nesta semana. Nós já temos 360 mil doses nos municípios. Com o que chega hoje e ainda será entregue, nós teremos cerca de 580 mil doses para este fim de semana", completou.

PRIMEIRO MUTIRÃO VACINOU 150 MIL

No último sábado (21), o Estado capixaba anunciou o primeiro "Dia D", com 213 mil vacinas, com o objetivo de imunizar pessoas acima de 18 anos. Segundo informou o secretário de Estado da Saúde em coletiva de imprensa realizada na última segunda-feira (23), ao realizar um levantamento individual com os municípios foi constatado que 150 mil doses foram aplicadas.

Atualização

26 de Agosto de 2021 às 10:02

Em entrevista à TV Gazeta, nesta quinta-feira (26), o subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, deu mais informações sobre o mutirão. O texto foi atualizado com as informações. 

SEGUNDA DOSE EM ATRASO

Na segunda-feira, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informou que 146.927 pessoas estão com o esquema de vacinação em atraso no Espírito Santo. Na ocasião, o subsecretário em Vigilância e Saúde, Luiz Carlos Reblin, afirmou:

Luiz Carlos Reblin

Subsecretário em Vigilância e Saúde do Espírito Santo

"Estamos em uma condição de aumento de casos, mas estabilidade das internações. Além da segunda dose da vacina, lembramos que tem uma grande quantidade de pessoas com a segunda dose atrasada. Estamos fazendo uma busca ativa dessas pessoas"

O secretário Nésio Fernandes também aproveitou para reforçar que o avanço da vacinação da D2, para quem tem mais de 40 anos, é fundamental para consolidar a queda das internações e óbitos. "O Espírito Santo irá persistir nessas estratégias", garantiu.

A VACINAÇÃO NO ES

Atualmente, mais de 2,5 milhões de pessoas receberam a primeira dose de um imunizante contra a Covid-19 no Espírito Santo – o que equivale a 63,74% da população. Dessas, mais de 1 milhão já tomaram a segunda dose. Além delas, quase 114 mil se vacinaram com o imunizante da Janssen, de dose única.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.