ASSINE

Lavar o arroz antes de cozinhar: certo, errado ou tanto faz?

Há quem diga que lavar os grãos elimina nutrientes importantes, interferindo nas propriedades desse alimento. Saiba se é mito ou verdade

Publicado em 20/05/2020 às 13h08
Atualizado em 09/08/2020 às 15h50
Panela de arroz: aprenda a fazer uma receita de arroz bem soltinho em casa
Panela de arroz: aprenda a fazer uma receita de arroz bem soltinho em casa. Crédito: Shutterstock

Ele está praticamente todo dia no nosso prato. Um arrozinho não pode faltar, né? Mas aqui vai uma pergunta: você lava os grãos antes de cozinhá-los?

Muita gente tem esse costume sem se questionar se ele é realmente necessário. E há quem acredite que lavar o arroz é um erro porque faz com que ele perca nutrientes importantes junto com aquela água branca que desce pelo ralo da pia.

O tema é controverso. Basta ver a quantidade de referências existentes no Google sobre isso. Por isso, fomos atrás de especialistas.

A resposta é: você pode lavar o arroz antes de levá-lo para a panela.  Isso, porém, não elimina os nutrientes desse alimento.

A professora de Nutrição e pesquisadora da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) Maria Del Carmen Bisi Molina explica que o hábito de enxaguar esses grãos vem da época de nossos avós.

“É uma prática adquirida. As pessoas faziam isso por causa do pó de amido, que deixa o grão mais grudento. Mas hoje tem arroz muito bom no mercado”, destaca ela.

Maria Del Carmen diz que o arroz branco é rico, principalmente, em vitamina B1 e carboidratos.

E que nunca há perda de nutrientes numa lavada rápida. “Sabemos que se perde mais no refinamento do arroz que numa lavada de um minuto. Nesse processo, perde-se fibra, por exemplo. O que não ocorre no arroz integral”.

Lavar ou não o arroz vai do gosto de quem está no comando do fogão. “Cada um faz o que quer. Fica a gosto de cada um. Mas não se pode dizer que a lavada faz perder nutrientes. Quando se coloca verduras na solução de água com hipoclorito por 15 minutos se perde nutrientes? Não. Então, é o mesmo argumento”, ressalta a professora.

A nutricionista Beatriz Gaudio também defende essa linha. “Se fosse por essa lógica não lavaríamos nenhum alimento. Nenhuma fruta, nenhum legume, nenhuma verdura. No processo de embalar o arroz, ele já passa pela lavagem. Diferente da época de nossos avós, que compravam o produto a granel. Então, teoricamente, não tem necessidade de lavar na sua casa de esse for o ponto”, frisa.

Fabiana Sales, nutricionista, diz que gosta de lavar o arroz em casa. “Eu lavo por higiene. Porque vem da indústria. Não tem como eliminar nutrientes apenas em uma lavagem. Porque a lavagem é rápida. Não tem imersão”, observa.

Com relação ao arroz integral, ela recomenda que ele seja posto de molho por um tempo antes do cozimento porque isso ajudaria na eliminação de toxinas como os fitatos. Fitatos são substâncias presentes na casca do arroz que podem atrapalhar a absorção de nutrientes como cálcio, zinco e magnésio pelo organismo.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.