ASSINE

Reveja live com dicas de como comprar imóvel para morar ou investir

Especialistas do mercado imobiliário orientam o que ficar de olho para fechar um bom negócio e como conseguir crédito para adquirir a casa própria

A compra de um imóvel, na maioria das vezes, é uma decisão muito importante na vida de uma pessoa. Seja para morar, seja para investir, é preciso, antes de assinar o contrato, saber quais os melhores caminhos, as melhores oportunidades e o que se encaixa no bolso de cada um dentro do que se imaginou adquirir. O tema foi assunto da segunda live do projeto Talk Imóveis, que foi ao ar nesta quarta-feira (2), em A Gazeta.

O encontro teve como debatedores o empresário e conselheiro da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Estado (Ademi/ES), Juarez Gustavo Soares; o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Espírito Santo (Creci/ES), Aurélio Dallapícula; o diretor de Negócios e Recuperação de Ativos do Banestes, Hugo Gaspar; e a jornalista e colunista de Economia de A Gazeta, Beatriz Seixas.

Juarez Gustavo Soares, Hugo Gaspar, Beatriz Seixas e Aurélio Dallapicola são os convidados do Talk Imóveis desta quarta-feira (02).
Juarez Gustavo Soares, Hugo Gaspar, Beatriz Seixas e Aurélio Dallapiíula foram os convidados da segunda live do  Talk Imóveis. Crédito: Divulgação

Beatriz explicou que é importante observar o cenário econômico. Segundo a jornalista, a economia do Espírito Santo tem desenvolvido um cenário bastante favorável para a atração de novos negócios, principalmente a instalação de empresas, contribuindo para o desenvolvimento de outras regiões além da Grande Vitória, como Linhares, São Mateus e Aracruz.

“Na Grande Vitória, as cidades da Serra, Viana e Cariacica têm possibilidade de receber galpões logísticos, principalmente com o aumento das compras pela internet. Aumenta então a necessidade de ter centrais de distribuição e o Espírito Santo tem sido sondado para que sejam instalados alguns desses centros”, afirma.

Na busca por um imóvel, é importante tomar alguns cuidados, visando dois propósitos: mitigar riscos e identificar oportunidades. Em relação aos riscos, os maiores cuidados estão relacionados às questões legais. Assim, verificar toda a documentação e tirar todas as certidões do bem e dos vendedores é crucial, observa Juarez Soares.

“O mercado é cíclico e vive, atualmente, um momento de expansão. As taxas de juros mais baixas tornam a possibilidade de adquirir um imóvel mais atrativa. No entanto, é preciso identificar as oportunidades com a ajuda de um consultor da área de confiança, que vai auxiliar nessa jornada de forma clara e transparente e cuidar da tramitação dos documentos. A compra do imóvel é algo muito valioso e essa experiência tem que ser muito boa para o comprador”, ressalta.

Ele destaca que há, hoje, diferentes opções para se fazer um investimento imobiliário como compra direta ou participação em fundos imobiliários. Para fugir da burocracia e custos indiretos de aquisição ou venda, bem como redução de alguns impostos, os fundos são interessantes. No entanto, Juarez alerta: “Para quem gosta de estudar o mercado e ter mais autonomia nas decisões, a compra direta funciona melhor.”

FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO

O financiamento bancário tem sido uma das principais opções para adquirir um imóvel. Mas é importante avaliar tudo o que compõe uma taxa de crédito e não apenas os juros, atenta Hugo Gaspar. “O custo do crédito não são apenas taxas de juros, por isso, quando se faz um financiamento, é preciso prestar atenção ao custo efetivo total e ao valor final da prestação”.

Por outro lado, Gaspar afirma que o financiamento é uma barreira de segurança quanto à documentação de um imóvel, se ela está regularizada ou não, principalmente por conta de todo o trâmite relacionado à liberação do financiamento. “Uma das fases mais importantes do financiamento é a simulação. É a partir daí, com toda a família reunida, que vão ser analisadas as instituições de crédito, a busca pelos juros menores e o valor que consegue financiar. Quando chegar na fase da proposta, dependendo de quanto o financiamento cobre, é que vai ser definido o valor da entrada”, diz.

Buscar corretores e construtoras confiáveis também são atitudes importantes na jornada de compra do imovel, para morar ou investir. Afinal, por ser um produto de alto valor agregado, o investidor deve ter sempre o cuidado, ao avaliar as condições de compra junto a instituições financeiras, além de fazer uma ampla pesquisa.

Para Aurélio Dallapícula, o papel do corretor de imóveis é intermediar as relações entre o vendedor e o comprador. “O profissional do mercado imobiliário atingiu um nível de preparo para que possa oferecer uma consultoria. Todo o conhecimento adquirido irá orientar o comprador rumo a um bom negócio”, observa.

SOBRE O EVENTO

O objetivo do projeto Talk Imóveis é levar para a sociedade informações relevantes sobre o mercado imobiliário. A primeira live foi realizada no último dia 26 e teve a participação do CEO do Instituto QR, Guilherme Machado; do economista e comentarista da Rádio CBN, Teco Medina; do presidente da Ademi/ES, Sandro Carlesso; e do presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado (Sinduscon/ES), Paulo Baraona. Os próximos encontros acontecem nas quartas-feiras subsequentes, sempre às 16 horas, até o dia 16 de junho.

Além da série de quatro lives, A Gazeta também lançou na última semana a revista digital e interativa "Boom Imobiliário". A publicação reúne as principais informações do mercado imobiliário capixaba, trazendo perspectivas e tendências, além de dicas para quem vai reformar ou decorar. 

PRÓXIMAS LIVES

Como tornar o lar um lugar de aconchego. O que as famílias buscam?

Data: 9/06, às 16h

Tecnologia e sustentabilidade: como transformar seu imóvel em uma casa inteligente.

Data: 16/06, às 16h

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.